WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "quais-diferencas-entre-acude-viveiro-e-tanque" ()

Viveiros para a criação de peixes: qual o melhor tamanho e formato?

A área de um tanque ou viveiro é a superfície do espelho de água. Por isso, no sistema de viveiros, utiliza-se metro quadrado (m2), enquanto, em sistemas de tanque-rede e recirculação, a área de cultivo é dada em metros cúbicos (m3). Vê-se que, na prática, não é aconselhável construir tanques e viveiros demasiado pequenos ou grandes

Além de tanques escavados, em quais estruturas recriar tilápias?

A recria de tilápias pode ser feita em outras estruturas diferentes dos tanques escavados, podendo ser destacados os hapas, os tanques elevados ou suspensos de fluxo contínuo ou com recirculação de água, afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

Produção de mudas ornamentais - 12 dicas que o levarão ao sucesso

O primeiro ponto a se considerar na implantação do viveiro é a sua capacidade produtiva, em termos de quantidade de mudas nas diferentes épocas. Isso irá definir o tamanho e a estrutura do viveiro. São considerados viveiros médios e grandes aqueles que produzem cerca de 50.000 mudas, no mínimo. Na implantação do viveiro, alguns passos devem ser seguidos com atenção, com vistas a favorecer uma boa produção futura, gerando o sucesso do viveiro de mudas e lucro ao viveirista. Em viveiros grandes, onde esteja previsto um trânsito considerável de pessoas e movimentação constante de materiais é recomendável a construção de um galpão para armazenagem e manipulação de materiais, o qual deve estar localizado preferencialmente na entrada do viveiro.

Criação de tilápias - dimensionamento dos tanques

O dimensionamento, isto é, a determinação do número de tanques que será necessário, bem como a capacidade de cada um deles, deverão ser estabelecidos em função do volume de produção de peixes que se deseja obter. Essa é uma etapa que deve ser feita com critérios, pois, trabalhar com um número de tanques além do necessário elevará o custo de implantação da piscicultura, além de ocupar maior área do terreno, sem necessidade. E, por outro lado, se o número de tanques for inferior ao necessário, não será possível produzir a quantidade de peixes desejada.

Como esvaziar tanques de terra para uma nova remessa de alevinos

Precisa esvaziar tanques de terra para receber uma nova remessa de alevinos? Então, faça-o corretamente. “Após a captura e transferência dos peixes do tanque de recria para os de engorda, será preciso esvaziá-lo para fazer a sua preparação correta, visando ao recebimento de nova remessa de alevinos”, afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso a Distância CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

Como construir tanques para criação de tilápias

Para quem quer investir em criatórios de tilápia, dois tipos de tanques são essenciais. Entretanto, a construção e instalação de cada tipo de tanque são distintas. Os tanques de terra são escavados no terreno, mais adequados para a fase de recria da tilápia. Já os tanques-rede são instalados em lagos, rios ou açudes, próprios para a fase de engorda da tilápia

Vai produzir alevinos? Construa ótimos viveiros!

Os viveiros são tanques escavados no solo, onde vivem os peixes que fazem parte da piscicultura de produção de alevinos, ou seja, as matrizes, as pós-larvas e os alevinos. A água deve circular constantemente pelos viveiros, sendo a vazão de entrada ligeiramente superior à de saída para compensar as perdas por evaporação e por percolação.

Criação de tilápias - características e finalidade dos tanques-rede

Na criação comercial de tilápias, os tanques-rede são estruturas apropriadas para serem utilizadas na fase de engorda dos peixes. São gaiolas de telas especiais, que podem ser colocadas dentro de represas ou rios. No interior dessas gaiolas, os peixes serão mantidos em confinamento durante um período de aproximadamente 120 dias (quatro meses), quando, então, atingirão o ponto ideal de abate. Para utilizar os tanques-rede de forma correta, será necessário que o piscicultor tenha conhecimento a respeito dos aspectos construtivos dos mesmos e das formas corretas de instalação nas represas.

Como deve ser um viveiro de mudas ornamentais?

Na produção de plantas ornamentais, o viveirista tem entre seus desafios a escolha do local de instalação de seu viveiro. Isso é de fundamental importância para o sucesso do seu empreendimento, pois pode, nessa escolha, evitar problemas futuros e prejuízos. Há alguns critérios para a escolha do local, como o fácil acesso a ele, a mão de obra bem treinada para o manejo das plantas, a disponibilidade de água de boa qualidade para a irrigação, a temperatura ambiente adequada às plantas, entre outros.

Produção de alevinos: como desinfetar o viveiro de manutenção

Após o período da desova, as matrizes deverão retornar para o viveiro de manutenção, corretamente desinfetado, para receber novamente os peixes. Portanto, a desinfecção do viveiro de matrizes deve ser feita anualmente. “Viveiros de larvicultura e de alevinagem também devem ser previamente desinfectados antes de serem utilizados”, afirma Manoel Braz, professor do Curso a Distância CPT, Produção de Alevinos, em Livro+DVD e Curso Online.

Fique por dentro das novidades!