Resultados da busca para "propagacao-dos-citrinos"

Estaquia, um processo eficiente de propagação de plantas frutíferas

O cultivo de plantas frutíferas é opção econômica, viável para boa parte dos produtores rurais, principalmente nas pequenas e médias propriedades. Além de ser uma alternativa econômica, ele contribui para a melhoria de qualidade na alimentação da família rural. Entretanto, para um perfeito planejamento do pomar, é preciso dar total atenção às mudas das espécies que pretende-se plantar. Sem esquecer é claro, de outros detalhes como a área, o local, o clima, a qualidade do solo e o manejo cultural.

Produção de lírios - propagação, plantio, adubação e cultivo

Estrelícias, Hemerocale, também conhecido como Lírio, e Agapanto são três grupos de plantas ornamentais cujo processo de propagação comercial é feito pelo rizoma. É importante destacar que qualquer porção de rizoma, desde que possua gemas, pode ser usada na propagação.

Pimenta-do-reino - propagação, substrato, escolha das matrizes e manutenção do viveiro

A pimenta-do-reino é usada em larga escala como condimento, proporcionando sabor agradável e facilitando a digestão dos alimentos, sendo consumida também pelas indústrias de carnes e conservas e, ainda, nas indústrias farmacêuticas.

Cultivo de Bromélias - propagação por meristemas

Assim como a maioria das plantas ornamentais, as bromélias também podem ser propagadas por meristemas. Neste tipo de multiplicação, também conhecido por micropropagação, clonagem ou cultura de tecidos, são obtidas novas plantas a partir de grupos de células (meristemas). Este tipo de propagação apresenta as seguintes vantagens: obtenção de mudas uniformes, com alta qualidade e grande quantidade num tempo relativamente curto, total ou parcialmente livre de doenças.

Cultivo de Bromélias - propagação por sementes

De modo geral, as bromélias possuem dois tipos de frutos: baga e cápsula. As bagas produzem sementes lisas, sem apêndices, envoltas em mucilagem. Estas devem ser colhidas, para extração das sementes, quando começarem a soltar da inflorescência. Neste estágio, normalmente, apresentam-se com cores fortes. As sementes são obtidas espremendo as bagas em uma peneira de tela fina, logo após, são lavadas em água corrente para extrair a mucilagem.

Orquídeas - formas de propagação

Uma das maneiras mais fáceis de se reproduzir as orquídeas é por meio de mudas. As mudas de orquídea, formadas na parte superior do caule, logo produzem raízes. Quando elas chegarem ao comprimento de 8 a 10 cm, podem ser separadas da planta-mãe e colocadas em vasos individuais. Isso é feito retirando-se a muda com uma tesoura, previamente esterilizada, com bastante cuidado para não prejudicar a orquídea e propiciar a sua propagação.

Amaryllis: tipo de propagação e composição dos bulbos

O Amaryllis é originário do Sul da África, onde o clima é mediterrânio, ideal para o pleno desenvolvimento de seus bulbos e flores. Esta flor pode ser plantada o ano todo, contanto que o clima seja quente e úmido. Após 20 a 30 dias do plantio ocorre o seu florescimento. Para isso, deve-se cultivá-lo em solos leves, arenosos e com boa aeração. Assim que surgem as belas flores do Amaryllis, inicia-se um outro processo, o da dormência dos bulbos. Nessa fase, a planta perde as suas folhas e o seu escapo floral, ou seja, o caule que sustenta as flores. Mas com as primeiras chuvas, a planta ganha uma nova vida e todo o ciclo se inicia novamente.

Produção comercial de Strelítzia - propagação, cultivo e tratos culturais

Strelitzia reginae é o nome científico da Strelítzia, também conhecida como ave do paraíso na maioria das vezes, ou, ainda, como bananeirinha de jardim. Cresce em touceiras e sua propagação se dá a partir de um caule rizomatoso. e apresenta folhas de coloração verde-escura. Sua inflorescência cresce a partir de uma haste que atinge quase a mesma altura das folhas. São várias flores que vão se abrindo sucessivamente no ápice dessas hastes e, cujas sépalas são de cor laranja e as pétalas de cor azul em formato de seta. Esta espécie de planta vem conquistando cada vez mais o mercado, abrindo oportunidades de negócios para quem trabalha com plantas ornamentais.

Produção comercial de Hemerocale (Lírio-de-São-José) - propagação, plantio, adubação e cultivo

Apesar da beleza de suas flores, comparado com a Strelítzia, o hemerocale é bem menos conhecido, mas apesar disso seu potencial para utilização na implantação de jardins é muito grande. Geralmente, espécies ornamentais que produzem flores são muito exigentes em manejo, não sendo esse o caso do hemerocale, resiste bem a ambientes adversos e em geral não sofre com pragas e doenças de importância econômica. Por tudo isso, exige manutenção muito simples o que leva muitos paisagistas a utilizá-las frequentemente em projetos de jardins.

Produção comercial de Agapanto - propagação, cultivo, tratos culturais e cultivo em vasos

Planta ornamental, apesar de sua rusticidade, o Agapanto é uma nativa da África do Sul. Possui características de clima subtropical e é muito encontrado em jardins do sul e do sudeste por gostar e tolerar climas frios. Para se desenvolver satisfatoriamente, o Agapanto precisa de solo rico em matéria orgânica. O nome Agapanthus, em latim, significa "flor do amor" e chama mesmo a atenção no jardim, por suas hastes florais de quase 1 m de altura. No auge da beleza, que acontece durante a primavera e o verão, o Agapanto apresenta inflorescências globosas, compostas por inúmeras flores azuladas. A planta é perfeita na separação de plantas altas em jardins e também para embelezar paredes exeternas e muros.

Atendimento Online
Quer Facilidade