WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "pr0cesso-de-manuseio-de-palmito-pupunha-in-natura" ()

Saiba como produzir palmito de pupunha

A pupunha é uma espécie de palmeira típica da região amazônica que tem sido cultivada por grandes e pequenos produtores rurais para fornecer palmito ao mercado alimentício. O comércio desse produto é bastante promissor, pois além das vantagens relacionadas à produção, ele é saudável e saboroso. O palmito é bastante apreciado no Brasil e no exterior, cujos mercados encontram-se em constante expansão. Essa palmeira pode chegar a 20m em poucos anos, fato que permite a comercialização também como planta ornamental.

Produção de palmito de Pupunha - cuidados antes do plantio, plantio e adubação

A Pupunha é uma palmeira nativa da região Amazônica, que produz frutos ou palmito, desde as épocas pré-colombianas. É uma palmeira de clima tropical, de rápido crescimento, que pode atingir mais de 20 metros de altura em poucos anos. Por essa razão, é usada também como uma palmeira ornamental. Nos últimos anos, a importância dessa palmeira cresceu consideravelmente, no Brasil, por ser uma excelente alternativa de cultivo para a agricultura. O consumo dos frutos da pupunheira, cozidos em água e sal, é tradicional na região Amazônica. Mas no Sudeste e no Cento-Oeste, cultiva-se a Pupunha para a produção de palmito.

Uma alternativa de renda - Cultivo de palmeira real para a produção de palmito

A palmeira real da Austrália está proporcionando renda a médio prazo para pequenos e médios produtores do Brasil. Suas qualidades como planta ornamental para enfeitar jardins são conhecidas há muito tempo, porém seu maior potencial está no palmito de alta qualidade que ela rende.

Champignon - comercialização do cogumelo Agaricus spp in natura dá renda ao produtor

Cogumelo mais consumido no Brasil e no mundo, o Agaricus spp, popularmente conhecido como Champignon, é uma alternativa viável de renda para o pequeno produtor, principalmente se comercializado "in natura". O que faz da produção de champignon um atrativo para os empreendedores é o fato de existir no mercado um crescente público à procura de alimentos saudáveis, produzidos sem a adição de agrotóxicos ou outros produtos químicos. Para o consumidor, por sua vez, adquirir cogumelos comestíveis em seu estado natural é muito melhor que em conserva, já que 2 kg de cogumelo fresco equivalem a apenas 1 kg de cogumelo em conserva, não se perde o sabor quando em estado natural e, principalmente, por não se ingerir compostos à base de enxofre utilizados na operação de branqueamento, quando em conserva.

O preço do tomate in natura está baixo? Venda-o em compotas!

Não fique no prejuízo. Se o valor de mercado pago pelo tomate in natura está baixo demais, agregue valor a sua produção antes de vendê-la. Além disso, o processamento caseiro do tomate é uma maneira de aproveitar o excedente da produção e os frutos que não deram classificação para o mercado. “Permite aproveitar os baixos preços da matéria-prima na época de safra e aumentar a renda extra, com a venda do produto processado”, afirma Maria da Graça Lima Bragança, professora do Curso a Distância CPT Processamento de Tomate, em Livro+DVD e Curso Onlin

Cosméticos naturais, os efeitos da natureza transformados em beleza e saúde

Desde a remota antiguidade, o homem tem buscado na natureza substâncias que o possam auxiliar na conservação da juventude, retardando o aparecimento dos sinais da idade. Plantas, sementes, mel, cereais, argila, são usados como cosméticos há muito tempo. Os produtos naturais são cada vez mais procurados, não só pela consciência da necessidade do respeito à natureza, mas também por causa dos benefícios ao próprio corpo.

Agricultura natural: máximo proveito do potencial da natureza

A agricultura natural é definida como um sistema de exploração agrícola que se fundamenta no emprego de tecnologias alternativas, que procuram tirar o máximo proveito da potencialidade da Natureza, isto é, da ecologia e dos recursos naturais locais. Este novo sistema tem como princípio a reciclagem dos recursos naturais e enriquecimento do solo com matéria orgânica e microrganismos, considerando que este é o único caminho que pode tornar a exploração agrícola duradoura e racional.

Café orgânico é livre de agrotóxicos, não agride o meio ambiente e preserva a natureza

O mercado para o café orgânico tem crescido sensivelmente. A preferência pelo consumo de produtos naturais, revela um número cada vez maior de pessoas que visam alimentos cultivados por meio de práticas que não agridam o meio ambiente, ou seja, alimentos especialmente produzidos sem o recebimento de agrotóxicos e cultivados por meio de tecnologias que não contaminam o ambiente, não causam erosão do solo e açoreamento de rios, dilapidando os recursos naturais. A produção de café orgânico, então, passa a ser uma filosofia de vida ética. É também uma busca contínua pela qualidade de vida do ser humano e da natureza como um todo.

Palmito da Palmeira-Real - qualidade, rendimento e valores nutricionais

O palmito é um produto comestível, tenro, macio e com forma cilíndrica. Ele é extraído no interior da extremidade superior do estipe (caule) de algumas espécies de palmeiras. Apesar de poder ser extraído de várias palmeiras, apenas as do gênero Euterpe predominam nesta atividade extrativa, por serem mais saborosas. Atualmente, o palmito extraído da Palmeira-Real vem sendo bem aceito no mercado, pois é saboroso, macio e nutritivo. Além disso, é uma cultura fácil de ser conduzida, pois adapta-se bem a diferentes condições de solo, é resistente ao ataque de pragas e doenças e é pouco exigente em tratos culturais. Quando a planta se encontra com três a quatro anos de idade, o palmito é extraído do interior da cabeça da planta, que é a parte verde superior do seu estipe.

Produção de Palmito - da colheita da palmeira real ao mercado

A colheita da palmeira-real para produção de palmito deverá ocorrer quando as plantas tiverem de três a quatro anos de vida. Com esta idade, o diâmetro médio do estipe, a uma altura de 50 cm acima do solo, em geral, medem de 12 a 14 cm e a altura do mesmo, medida a partir da base das plantas, deverá estar em torno de dois metros.

Fique por dentro das novidades!