WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "peru"

Peru ao vinho, mel e canela: aprenda fazer

E quem disse que peru assado só pode ser servido no Natal? Nananinanão!!!! Em momentos especiais, podemos rever nossos amigos queridos que há muito não vemos, nossos familiares distantes e, ainda, várias outras pessoas que por algum motivo especial estão longe de nós. Quer brilhar nessas ocasiões? Convide-os para cear em sua casa e prepare, SIM, um delicioso Peru ao vinho, mel e canela. Afinal, nada melhor que uma delíca gastronômica para unir as pessoas que agente ama, não é mesmo?

Criação de perus - período de engorda, forma de abate e raças comerciais

Os perus comem, em média, desde o nascimento até o abate (28 semanas), 35 kg de ração e o período de engorda dura de 20 a 60 dias. Quando filhotes, período pós-nascimento, os perus devem ficar 24 horas sem comer. Passado esse tempo, a alimentação deve ser, preferencialmente, com ração balanceada composta por 26% de proteínas, até os 30 dias de idade. A partir de 1 mês de vida, o criador deverá fornecer a ração de crescimento, composta com 18 a 20% de proteína, mas, na falta desta, podem receber a de adultos. O "verde", encontrado nas pastagens, não deve faltar nunca, além de os filhotes poderem receber, ainda, quirera de milho (canjiquinha de milho), ovos cozidos picados, verduras picadas, pão com leite e aveia.

Superalimento - maca peruana

A maca peruana é uma erva anual, glabra. Apresenta a raiz principal engrossada (tubérculo semelhante ao nabo - napiforme) de 4-5 cm de diâmetro por 5-8 cm de comprimento. Seu fruto é uma siliqua (seco e deiscente), mais comprido do que largo, de 4-5 mm de comprimento por 2-3 mm de largura. A planta desenvolve-se entre 4 e 5 mil metros de altitude, nos Andes Centrais do Peru, com temperaturas que oscilam entre 20ºC e ?25ºC, de acordo com o período do dia e a época do ano.

Criação de perus - reprodução, postura de ovos, incubação e sexagem

A proporção entre aves deve ser de 1 macho para 8 a 10 fêmeas. Os perus selecionados para a reprodução podem ficar em liberdade até que se formem os lotes destinados à postura. Definida esta etapa, as aves devem ser presas em cercados, já que necessitam de maior assistência e para que, futuramente, seja mais fácil a colheita dos ovos.

Coturnicultura, mercado em expansão

Dentro da avicultura tem surgido um ramo de extraordinário interesse, a Coturnicultura, isso porque, além de ser uma alternativa para a alimentação humana, é uma atividade que possibilita uma rápida reversão de capital investido. Seus principais produtos são a carne de alta qualidade e os ovos cada vez mais apreciados. Socialmente, torna-se uma alternativa na produção animal, pela rapidez no retorno de capital, baixo investimento, utilização de pequenas áreas e baixos gastos com mão-de-obra.

Superalimento - castanha-do-Pará

A Bertholletia excelsa, castanha-do-Brasil, castanha-do-Pará, castanha-do-Acre, tocari e tururi é uma árvore da família botânica Lecythidaceae, nativa das Guianas, Venezuela, Brasil (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Rondônia), leste da Colômbia, leste do Peru e leste da Bolívia. Ocorre em árvores espalhadas pelas grandes florestas, às margens do Rio Amazonas, Rio Negro, Rio Orinoco, Rio Araguaia e Rio Tocantins.

Tomates em estufa - partes do tomateiro e exigências climáticas

O tomate vem da região dos Andes, originário da Colômbia, do Equador, do Peru, da Bolívia e do Chile. É uma planta Solanácea, da mesma família do pimentão, da berinjela, da batata e do fumo. A espécie comumente cultivada é denominada Lycopersicon esculentum Mill. No entanto, para obter sucesso no cultivo é imprescindível que o produtor conheça bem a planta que pretende cultivar, desde as partes da planta até o ambiente em que melhor se adapta.

Princípios básicos seguidos pelos maiores produtores de café orgânico

Os produtores de café orgânico acatam severamente dois princípios básicos: I. Não utilizam agrotóxicos, que desequilibram o solo, a planta e eliminam os inimigos naturais; II. Os sistemas de produção orgânica geram um equilíbrio solo/planta pelo uso da matéria orgânica, produzindo plantas mais resistentes a pragas e doenças. Os principais países produtores de café orgânico certificados são México, Peru, Guatemala, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador, Brasil e Colômbia. A produção mexicana foi a primeira a ter a certificação orgânica e, atualmente, é o com maior produção mundial. Segundo o Conselho Mexicano do café, os produtores de café orgânico são principalmente camponeses indígenas dos Estados de Chiapas, Oaxaca, Vera cruz e Guerrero. No Brasil, as principais regiões produtoras de café orgânico são o Espirito Santo, o sul de Minas e o interior de São Paulo, além dos Estados da Bahia, do Ceará e Paraná.

Receitas salgadas - sanduíches que dão água na boca!

Rápidos, deliciosos e fáceis de se fazer, os sanduíches vieram há muito fazer parte do nosso cardápio e é para sempre. É muito comum encontrarmos pessoas que devido às atribulações do dia a dia substituem suas refeições diárias por sanduíches, apesar de ser esta uma prática nada saudável e aceitável. Muito pelo contrário, médicos e nutricionista não a aprovam e garantem que o correto a se fazer é manter três refeições completas diárias, com pequenos lanches entre elas. No entanto, caso não seja possível fazê-las, disponibilizamos abaixo quatro receitas deliciosas de sanduíches para você. Confira!

Canário-da-terra: habitat, reprodução, alimentação, instalações, torneios e principais doenças

O canário-da-terra ou canário chapinha, cujo nome científico é Sicalis flaveola, pertence à ordem dos Passeriformes, que engloba todos os passarinhos. Recentemente, foi classificado na família dos Emberizidae e subfamília Emberizinae, que engloba quase todas os pássaros canoros (canto melodioso) mais conhecidos. Embora seja a espécie mais comum no Brasil, parece-se muito com outros canários, tais como o canário-do-Amazonas (Sicalis columbiana), o Tipio (Sicalis luteola) e, principalmente, o canário do Peru (Sicalis lutea). A semelhança entre as espécies é tamanha que existe possibilidade de cruzamentos entre eles com formação de crias férteis (híbridos).

Fique por dentro das novidades!