Resultados da busca para "peixe-cascudo-maior-tamanho"

Peixes de água doce do Brasil - Pirarucu (Arapaima gigas)

O peixe Pirarucu é o maior peixe de escamas de água doce do Brasil e um dos maiores do mundo. Possui corpo em forma cilíndrica, cabeça achatada e mandíbulas salientes. Seus olhos são amarelados e de pupila azulada, um tanto salientes. Sua coloração é marrom-esverdeada, escura no dorso a avermelhada nos flancos, sendo a intensidade variável de acordo com o tamanho do individuo e com o tipo de água em que vive. É uma espécie que tem respiração acessória, utilizando-se do oxigênio dissolvido na água, mas principalmente do ar e, por isso, tem que subir frequentemente à superfície d´água. Pode viver mais de 18 anos. Devido à sua excelente carne, é considerado o Bacalhau Brasileiro. Pode atingir comprimento máximo de 2,10 m e 112 Kg de peso.

Peixes carnívoros, herbívoros e onívoros: intestino

No intestino dos peixes é onde efetivamente ocorre o processo digestivo. Apresenta muitas variações quanto ao tamanho e a forma. Nos carnívoros, por exemplo, normalmente são pequenos, enquanto nos herbívoros são de maior tamanho, podendo chegar a ser de 2,5 a 5 vezes o comprimento do corpo.

O mercado de peixes ornamentais no Brasil

Para entrar no mercado de peixes ornamentais, é necessário saber quais as exigências governamentais, ou seja, qual a legislação específica que dispõe sobre a comercialização desses peixes. Antes de iniciar no ramo, o empreendedor deve fazer o Cadastro Ambiental Rural, para obter o licenciamento ambiental, e o registro no Ministério da Aquicultura e Pesca, para transportar os peixes

Peixe Pirarucu, o Gigante Amazônico

Maior peixe de água doce do Brasil, o pirarucu (pira: peixe; urucum: vermelho, devido à cor da cauda) pode chegar a 3 m de comprimento, bem como pesar até 250 kg. Geralmente, encontrado na bacia Amazônica, no Norte do país, esse peixe habita as águas rasas mais calmas das várzeas de rios e lagoas, pois eles sobem à superfície para respirar ar, mais ou menos a cada 20 minutos. Outro aspecto bastante peculiar é que este gigante prefere águas claras e, ligeiramente alcalinas, com temperaturas entre 24 a 37ºC.

Processamento de pescado - etapas e tipos ideais de peixe para o beneficiamento

Os peixes escolhidos para o processamento de pescados devem ser, de preferência, aqueles de carne mais branca, magra, firme, sem gosto "forte", e sem mioespinhos, principalmente para a produção de filés. Alguns exemplos de peixes que podem ser utilizados no processamento de pescados são a merluza, a tainha, o cação, o namorado, a tilápia. Para defumar ou filetar, podem-se usar peixes mais "nobres" como o salmão e o surubim (pintado).

Nutrição de peixes - características dos alimentos

O alimento fornecido aos peixes pode ser natural ou artificial. Os alimentos naturais são aqueles produzidos no viveiro e que são consumidos pelos peixes, como fitoplâncton - algas, zooplâncton - microrganismos animais e matéria orgânica morta. Já os alimentos artificiais são as rações balanceadas para peixes ou similares, extrusadas, peletizadas ou em pó e todos os subprodutos agropecuários locais que o piscicultor possa oferecer aos peixes, a exemplo de raízes, grãos e farelos, verduras, legumes e frutas.

Especialista: a temperatura da água é muito importante no cultivo de peixes

Os peixes não têm capacidade de manter a temperatura corporal constante; eles a ajustam em função da variação da temperatura da água. “Por isso, a temperatura da água é um dos parâmetros mais importantes no cultivo de peixes, sendo que tem influência direta em processos fisiológicos importantes para o desenvolvimento dos peixes, como respiração, digestão, crescimento, reprodução e comportamento”, afirma Giovanni Resende, professor do Curso a Distância CPT Nutrição e Alimentação de Peixes, em Livro+DVD e Curso Online.

Peixes de água doce do Brasil - Cascudo (Hypostomus affinis)

O peixe Cascudo é um peixe que possui uma couraça recobrindo o seu corpo. Na verdade, são pequenas placas ósseas adaptadas à maneira de escamas, que percorrem o corpo em várias fileiras (de três a quatro), o que confere ao Cascudo aparência visual e sensação tátil de lixa. Seu corpo possui coloração parda com algumas manchas escuras. Sua região ventral é geralmente nua. Tem boca inferior (ventral). Pode atingir os 39 cm e alcançar 1,5 kg de peso.

Nutrição de peixes - formas de fornecimento de ração

Existem três maneiras de se fornecer a ração aos peixes: manualmente, pelo uso de comedouros ou de máquinas automáticas. O fornecimento manual é interessante para manter um contato visual com os peixes, no tanque. Observam-se, por exemplo, possíveis problemas de saúde dos animais, porém, requer maior mão de obra, quando comparado ao sistema de comedouros. A alimentação em comedouros pode ser feita em cochos, ou mecanizada, no qual o alimento é lançado por um equipamento acoplado a um trator. Esse método permite uma alimentação rápida de grandes áreas, apesar de limitar o contato entre o tratador e os peixes.

Processamento de peixes - conheça as etapas e o passo a passo para a filetagem da truta

A truta é um peixe de formato alongado, de até 60 cm de comprimento total e 2 kg de peso. A cor do dorso varia do esverdeado ao castanho, possui pintas escuras nas nadadeiras e no corpo, suas laterais são acinzentadas e a parte inferior esbranquiçada. Pertencente à família do salmão, a truta é um peixe muito exigente e só atinge o tamanho e o vigor necessário em ambientes saudáveis. Água pura, oxigenada, de temperatura entre 13 e 17 graus C, cristalina e corrente, são essenciais para que a Truta tenha bom desenvolvimento comercial. Por isso, ela é considerada como um dos poucos peixes cujo consumo pode ser feito sem o risco de contaminação.

Atendimento Online
Quer Facilidade