WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"parasito"

Febre maculosa, causada pelo carrapato estrela, mata! Saiba mais

O carrapato estrela (Amblyomma cajennense) é um parasita dos equinos, mas também pode parasitar bovinos, outros animais domésticos e animais silvestres. É o principal vetor no Brasil, explica Prof. Marcelo Dias da Silva, do Curso CPT Saneamento e Zoonoses em Medicina Veterinária.

Quer acertar no controle de parasitas bovinos? Aprenda aqui!

Você sabia que os pecuaristas brasileiros têm se adequado ao mercado, praticando um gerenciamento profissional, investindo em nutrição, melhoria genética e sanidade dos animais, e que isto tem aumentado a produtividade do rebanho e incrementado a produção de leite e carne? Pois é tudo verdade!

Parasitas bovinos afetam a eficiência da pecuária leiteira

Os três parasitas externos de maior importância econômica para pecuária de leite são o carrapato, o berne e a mosca do chifre, contudo, é o carrapato que propicia mais prejuízos, mas também pode ser controlado com maior eficiência. Os bernes apresentam processo de disseminação complexo e são tratados apenas localmente, e a mosca do chifre também é atingida enquanto se controlam os carrapatos.

Doenças e parasitas em abelhas? Como assim? Existe mesmo isso?

O apicultor deve estar atento a doenças. As abelhas, assim como todos os demais animais, sofrem com doenças variadas, e com a presença de parasitas. “Apesar de poucas e não muito frequentes, algumas delas podem ocorrer no Brasil e o apicultor deve buscar apoio para controlá-las”, afirma Paulo Sérgio Cavalcanti Costa, professor do Curso a Distância CPT Produção de Pólen e Geleia Real, em Livro+DVD e Curso Online.

Parasitas e bovinos. Como explicar esse relacionamento?

A maioria dos parasitos internos dos bovinos está no abomaso ou intestino delgado e possuem um ciclo de vida simples, direto e rápido, explica Prof. Dr. Jackson Victor de Araújo, do Curso CPT Curso Prevenção e Controle de Doenças em Bovinos - Verminose. No interior do tubo digestivo ou nos pulmões vivem os vermes adultos: machos e fêmeas produzem milhares de ovos que são lançados no meio ambiente.

Doenças aviárias causadas por parasitoses

Parasitoses são doenças infecciosas causadas por parasitas ou protozoários. No caso das aves, as mais comuns são: Coccidiose A coccidiose causa a despigmentação da pele 1) Coccidiose Os parasitas provocam lesões no intestino. As irritações podem ser pequenas, ou até, muito graves, causando hemorragias, necrose e, consequentemente, altos índices de mortalidade.

Pulga: parasita causador de desconforto e transmissor de doenças aos cães

As pulgas, nome popular dado aos sifonápteros (Siphonaptera), são uma ordem de insetos sem asas. Parasitas externos, elas se alimentam do sangue de aves e mamíferos, principalmente cães, podendo perfeitamente transmitir perigosas doenças, como o tifo e a peste bubónica aos animais. Sua maior incidência se dá sobre animais de estimação, também chamados de hospedeiros, como o gato, o cachorro, entre outros.

Canários da terra: parasitas e doenças mais comuns

A criação de canários da terra é uma prática prazerosa e antes de tudo rentável. Obviamente, como toda criação de animais, o que irá ditar o sucesso ou não de um criador é a sua capacidade técnica, ou seja, de nada adianta adquirir excelentes matrizes se o criador não as mantêm de maneira adequada, seguindo parâmetros básicos e cuidando de pequenos detalhes. Entre os detalhes mais importantes, que quando ignorados põem a perder todo o sucesso da criação, estão os cuidados veterinários e as principais pragas e doenças que acometem estas aves.

Pulgas causam dermatite em cães? Sim, causam!

Parasitas externos são aqueles que vivem ou invadem a pele ou o pelo do cão. Estes parasitas além de causar irritação, também podem acarretar algumas doenças, não só para o animal como também para as pessoas que com ele convivem. “Os principais parasitas externos dos cães são as pulgas e carrapatos, mas também podem ser atacados por mosquitos, moscas e outros animais indesejados”, afirma Alessandra Sayegh Arreguy Silva, Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa. Especialista em Clínica e Cirurgia em Pequenos Animais.

Florais de Bach: como extrair a essência das flores

Seguindo as orientações do Dr. Bach, as plantas a serem utilizadas devem ser de elevada vibração magnética, contendo apenas vibrações benéficas. Devem ser sadias e vigorosas e não podem estar afetadas por doenças ou ter parasitas. As plantas contendo substâncias venenosas devem ser evitadas. Considerando essas recomendações, deve-se colher as flores em locais harmoniosos, que não recebam a influência de energias deletérias, por exemplo, plantas produzidas com uso de agrotóxicos ou que fiquem próximas a lavouras que sejam tratadas com esses produtos.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!