WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"os-quatros-principios-da-agricultura-natural"

Agricultura familiar aliada à agricultura natural

Agricultura familiar refere-se ao cultivo da terra em pequenas propriedades rurais, realizado com mão de obra familiar, diferente da agricultura tradicional, que utiliza mão de obra fixa ou temporária. Esse sistema visa à erradicação da fome e da pobreza, à provisão da segurança alimentar, ao aprimoramento dos meios de subsistência, à boa gestão dos recursos naturais, ao cultivo sem agredir o meio ambiente e ao desenvolvimento sustentável das áreas rurais.

Agricultura natural: o que é e em que se baseia?

Tecnicamente, a agricultura natural é definida como um sistema de exploração agrícola que se fundamenta no emprego de tecnologias alternativas. Essas alternativas procuram tirar o máximo proveito da natureza, isto é, da ecologia e dos recursos naturais locais. Tecnicamente, a agricultura natural é definida como um sistema de exploração agrícola que se fundamenta no emprego de tecnologias alternativas. Essas alternativas procuram tirar o máximo proveito da natureza, isto é, da ecologia e dos recursos naturais locais. “Em outras palavras, a agricultura natural tirará o melhor proveito das ações edafo-climáticas, envolvendo os solos, os seres vivos, a energia solar, os recursos hídrico, etc.”, afirma Kunio Nagai, professor do Curso CPT e Agricultura Natural.

Principais tipos de agricultura no Brasil

O termo latim agri significa campo. Nesse sentido, a palavra agricultura quer dizer cultivo no campo. Em outras palavras, trata-se de todas as atividades agrícolas para a implantação de culturas. No Brasil, as particularidades regionais e a extensão territorial fizeram com que surgissem vários tipos de agricultura, desde a convencional e orgânica até a biológica e biodinâmica.

Agricultura orgânica: definição, princípio, objetivo e benefícios

A agricultura natural, também conhecida como agricultura orgânica, é definida como um sistema de exploração agrícola que se fundamenta no emprego de tecnologias alternativas que procuram tirar o máximo proveito da potencialidade da natureza, isto é, da ecologia e dos recursos naturais locais. Trata-se de um sistema de produção agrícola que privilegia a qualidade de vida do ser humano e a preservação do meio ambiente, utilizando-se sempre, e a qualquer custo, de práticas ecologicamente corretas, a fim de atender à demanda dos consumidores por produtos mais saudáveis e à de agricultores, que buscam condições de trabalho favoráveis à qualidade de vida e à preservação do meio ambiente.

Agricultura natural: máximo proveito do potencial da natureza

A agricultura natural é definida como um sistema de exploração agrícola que se fundamenta no emprego de tecnologias alternativas, que procuram tirar o máximo proveito da potencialidade da Natureza, isto é, da ecologia e dos recursos naturais locais. Este novo sistema tem como princípio a reciclagem dos recursos naturais e enriquecimento do solo com matéria orgânica e microrganismos, considerando que este é o único caminho que pode tornar a exploração agrícola duradoura e racional.

Agricultura natural ou agricultura orgânica: qual escolher?

O que ocorre com a agricultura natural é que o processo de modernização desvaloriza os processos naturais e biológicos, dando prioridade para a mecanização e a utilização de adubos minerais e de agrotóxicos que, a princípio, elevam a produtividade das culturas, porém, geram sérios problemas ao meio ambiente.

Práticas e vantagens da agricultura regenerativa

A agricultura, a pecuária e o desmatamento causam um quarto da emissão de gases de efeito estufa no mundo. Para minimizar esses impactos, o homem tem adotado práticas agropecuárias sustentáveis, que reduzem as pegadas de carbono no planeta. Uma dessas práticas é a agricultura regenerativa. Seu principal objetivo é manter e regenerar o sistema de produção de alimentos.

Como usar o fosfato natural e qual a sua função para as plantas?

O fosfato natural conta com um importante elemento: o fósforo. Ele capta a luz solar e a transforma em energia, contribuindo diretamente com o bom desenvolvimento e crescimento das plantas. Os solos brasileiros apresentam acidez elevada e baixa quantidade de fósforo, o que o torna pouco fértil. Isso compromete a produtividade da lavoura e a rentabilidade do produtor.

Conheça a agricultura natural

Especial - A busca por um sistema de produção agrícola marcado pela sustentabilidade fez nascer a agricultura natural, que visa aproveitar as potencialidades da natureza por meio do emprego de tecnologias alternativas. Ela está enraizada em princípios de reciclagem dos recursos naturais e enriquecimento do solo com matéria orgânica e microrganismos. Assim, atende à demanda dos consumidores por produtos mais saudáveis e à de produtores rurais que buscam condições de trabalho favoráveis à qualidade de vida e à preservação do meio ambiente.

Café Orgânico - agricultura convencional x agricultura orgânica

Os processos biológicos na agricultura orgânica, na qual está inserida a produção de café orgânico, substituem os insumos tecnológicos. Um exemplo disso são as monoculturas, que são apoiadas no uso intensivo de fertilizantes sintéticos e de agrotóxicos na agricultura convencional. Já na agricultura orgânica, essa monocultura é convertida em uma rotação de culturas, na diversificação, no uso de bordaduras, consórcios, entre outras práticas.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!