Resultados da busca para "onde-estao-localizados-os-maiores-produtores-no-brasil"

Dica de excelente negócio? Plante, processe e comercialize pimentas!

De acordo com Avelar (2008), o agronegócio da pimenta no Brasil é maior do que muita gente imagina. Envolve produtores rurais, pequenas fábricas artesanais de conservas e pimentas decorativas, indústrias que fabricam molhos, geleias e até a exportação de páprica por empresas multinacionais. Minas Gerais é dos maiores produtores de pimenta do Brasil.

Biomas do Brasil - Amazônia

Com uma área de aproximadamente 4,2 milhões de quilômetros quadrados, a amazônia, maior formação florestal do planeta, é o maior bioma brasileiro e dona da maior biodiversidade do mundo. Só neste bioma há quase 30 mil espécies de plantas ou metade das espécies vegetais existentes no país, e 20% das espécies de plantas da Terra. É formada por distintos ecossistemas, como florestas densas de terra firme, florestas estacionais, florestas de igapó, campos alagados, várzeas, savanas, refúgios montanhosos e formações pioneiras. Trata-se de uma das últimas regiões do planeta que ainda seduzem pela exuberância de uma natureza primitiva, hoje extremamente ameaçada por sua devastação.

Princípios básicos seguidos pelos maiores produtores de café orgânico

Os produtores de café orgânico acatam severamente dois princípios básicos: I. Não utilizam agrotóxicos, que desequilibram o solo, a planta e eliminam os inimigos naturais; II. Os sistemas de produção orgânica geram um equilíbrio solo/planta pelo uso da matéria orgânica, produzindo plantas mais resistentes a pragas e doenças. Os principais países produtores de café orgânico certificados são México, Peru, Guatemala, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador, Brasil e Colômbia. A produção mexicana foi a primeira a ter a certificação orgânica e, atualmente, é o com maior produção mundial. Segundo o Conselho Mexicano do café, os produtores de café orgânico são principalmente camponeses indígenas dos Estados de Chiapas, Oaxaca, Vera cruz e Guerrero. No Brasil, as principais regiões produtoras de café orgânico são o Espirito Santo, o sul de Minas e o interior de São Paulo, além dos Estados da Bahia, do Ceará e Paraná.

Novas tecnologias trazem benefício no cultivo do café Conilon

Dentre as espécies conhecidas de café, a Coffea arabica ou Coffea canephora (robusta) e o café conilon, são as de maior interesse econômico, pois representam praticamente todo o café produzido e comercializado no mundo, constituindo respectivamente, 70 e 30% da produção mundial. O Brasil é o maior produtor e exportador de café e o segundo maior consumidor, após os EUA. É o terceiro produtor mundial de café robusta, sendo que cerca de 1/3 do café produzido nacionalmente é dessa espécie. O Estado do Espírito Santo é o principal produtor do Conilon, detendo 70% da produção nacional da espécie, seguido por Rondônia, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro e outros.

Peixes de água doce do Brasil - Pirarucu (Arapaima gigas)

O peixe Pirarucu é o maior peixe de escamas de água doce do Brasil e um dos maiores do mundo. Possui corpo em forma cilíndrica, cabeça achatada e mandíbulas salientes. Seus olhos são amarelados e de pupila azulada, um tanto salientes. Sua coloração é marrom-esverdeada, escura no dorso a avermelhada nos flancos, sendo a intensidade variável de acordo com o tamanho do individuo e com o tipo de água em que vive. É uma espécie que tem respiração acessória, utilizando-se do oxigênio dissolvido na água, mas principalmente do ar e, por isso, tem que subir frequentemente à superfície d´água. Pode viver mais de 18 anos. Devido à sua excelente carne, é considerado o Bacalhau Brasileiro. Pode atingir comprimento máximo de 2,10 m e 112 Kg de peso.

Produção de morango - dicas para o sucesso da produção de mudas

É constatado que no Brasil muitos produtores de frutos, entre eles o morango, produzem as mudas que usam. Para que tenham sucesso na iniciativa, os produtores podem contar com a cooperação do Instituto Agronômico, já que este vem fornecendo matrizes básicas de morangueiro livres de vírus desde 1968 para os produtores interessados. Além disso, é necessário que o produtor siga à risca algumas medidas básicas que garantem o sucesso da sua produção de morangos.

Tomate industrial: o Brasil está entre os dez maiores produtores da hortaliça no mundo

O tomateiro tem grande adaptabilidade climática, podendo ser cultivado em climas tipo tropical de altitude, subtropical e temperado, o que permite seu cultivo em diversas regiões do mundo. Como alimento, na forma in natura ou processado, agrada ao paladar de povos de todos os continentes. Por isso, o tomate é considerado a hortaliça mais universal dentre todas. É, também, a que oferece maiores opções de industrialização, produzindo diversos tipos de derivados, tendo, por isso, elevada importância econômica.

Zebuínos no Brasil - raça Guzerá

O Guzerá dominou a primeira fase do Zebú no Brasil, de 1870 a 1920. Após a abolição da escravatura, além de fatores econômicos diversos, o Guzerá surgiu como uma alternativa viável para substituir a mão de obra escrava no transporte do café, na íngremes montanhas. Além disto, ele também contribuía com o fornecimento de leite e carne às casas grandes. Começaram aí, as grandes importações do Guzerá no Brasil, engrandecendo a pecuária. Prontamente o Estado de Minas Gerais assumiu a dianteira do comércio do zebu, bem como das importações diretas da Índia. Com a grande seca nordestina (1978-83), que dizimou boa quantidade do rebanho regional, ficou comprovada a grande superioridade do Guzerá em termos de grande bravura e resistência, já que conseguiu superar as intempéries climáticas com mais facilidade que as outras raças de gado.

Zebuínos no Brasil - raça Nelore e Nelore Mocho

O primeiro casal de Ongole ao chegar ao Brasil foi em 1875. A princípio, o Nelore era cruzado com o Guzerá, tanto quanto com outras raças que chegavam da Índia, pois na concepção antiga "tudo era Zebu". Devido ao fato de os criadores gostarem de orelhas grandes, característica que diferenciava o gado europeu do indiano, ganhavam destaque os produtos que mais se assemelhavam ao Guzerá (Guzonel). Com isto, o Nelores, de curtas orelhas caía em depreciação e menos prestígio. Apenas na década de 1950, o Nelore passou a frequentar as Provas de Ganho de Peso nos concursos, mostrando ser um animal realmente precoce e de alta velocidade de ganho de peso. Por se tratar de um gado rústico, exigir pouca mão de obra, ser resistente, precoce e também pelo fato de as vacas não precisarem ser recolhidas aos currais no momento da parição, o Nelore começou a ?ganhar o mundo?, desbravando fronteiras agropecuárias antes inimagináveis. Com isto, a vaca Nelore garantiu o predomínio da raça no país inteiro. Pela primeira vez, o pecuarista podia ter um gado que exigia pouco trabalho, permitindo que a atenção ficasse voltada para o melhoramento zootécnico. Desde 1955, o Nelore nunca mais parou de aumentar seu efetivo e hoje predomina na maior parte do território pecuário nacional.

O Brasil recebe pouca radiação solar durante o ano. Verdade ou mentira?

O Brasil é um país que possui 90% do seu território localizado na região do globo considerada de alto potencial de energia solar. “Quando se pensa que o nosso país está geograficamente localizado em uma posição privilegiada do globo, fatos como a necessidade de se buscar uma fonte alternativa de energia; redução de custos; e, principalmente, a busca por fontes de energia que não agrida o meio ambiente ganham mais incentivos”

Atendimento Online
Quer Facilidade