Resultados da busca para "o-tronco-da-mangueira-esta-saindo-casca"

Cascos de cavalos regeneram? Eles voltam a crescer?

Cascos de cavalos regeneram? Eles voltam a crescer? Sim, regeneram! O crescimento do casco acontece porque as células do corpo mucoso proliferam de maneira contínua e vão se queratinizando, de tal maneira, que a córnea vai se renovando sem cessar, por justaposição de novos elementos. “Cada nova camada de córnea que se forma empurra a camada formada antes, determinando o crescimento do casco. Esse crescimento se processa de cima para baixo e é de 8,5 milímetros por mês, no cavalo. No fim de um ano, os talões terão crescido um centímetro mais que a pinça

Vacas leiteiras - patologias de casco, mastite e problemas reprodutivos são intensificados no periparto

Entre as doenças que acometem o bovino leiteiro, as patologias de casco estão entre as de maior relevância e isto se deve, principalmente, ao fato de os confinamentos estarem cada vez mais intensificados. Mas estes não são os únicos problemas observados pelo produtor, observa-se juntamente com os problemas reprodutivos, a presença de mastite, constituindo assim as três principais causas de descarte de vacas leiteiras nas fazendas leiteiras. Sendo assim, para evitar transtornos maiores e prejuízos, devido a doenças antes e pós-partos, os produtores devem ficar atentos e manter condições mínimas nutricionais, de manejo, de limpeza e de espaçamento nos currais.

Tire sua dúvida: Por que os cascos dos cavalos se desgastam?

O gasto do casco ocorre por causa do atrito da parede ou muralha com o solo. Esse desgaste acontece no bordo plantar da parede, ou seja, na beirada do casco. Isso se dá, principalmente, quando não há proteção por ferraduras nos pés dos cavalos.

Cuidados na escolha e na colocação de ferraduras

A ferradura modifica as condições mecânicas da região, aumenta a tração dos pés e protege os cascos de rachaduras, corrige defeitos de conformação do casco, as irregularidades da marcha e auxilia no tratamento de inúmeras enfermidades do casco. Para muitas doenças, a ferradura é o único recurso de cura. Ela serve de proteção para o casco e evita o desgaste em excesso

Ferrageamento de cavalos

A utilização de ferraduras evita a inutilização temporária dos equinos, em consequência do desgaste do casco. Um cavalo desferrado, para compensar o desgaste de seus cascos, em um dia de trabalho, terá que descansar por, no mínimo, dois dias, dependendo das condições do solo. Além disso, o uso de ferraduras modifica as condições mecânicas da região dos pés, diminuindo o espaço de sustentação do corpo na estação e aumentando a velocidade das alavancas durante a marcha.

Inseminação artificial em bovinos - seringa, tronco de contenção e sala de apoio

A seringa é uma estrutura que normalmente é composta de várias réguas de madeira, fixadas em angulação variável com o tamanho do próprio curral de manejo de bovinos. Em outras palavras, a seringa é o local de afunilamento da cerca, em um dos cantos do curral de manejo, para fazer o gado entrar mais rapidamente. Essa estrutura conduz bois e vacas ao tronco coletivo ou ao embarcadouro. Entretanto, deve apresentar a área na forma de um trapézio, com um dos lados retos, ou semicircular, ou ainda se apresentar como ¾ de círculo, evitando, com isso, que os bovinos se comprimam para entrar no tronco.

Casqueamento previne problemas nos membros dos bovinos

Nos bovinos adultos, o casqueamento tem como principal objetivo prevenir doenças dos cascos em animais estabulados e mesmo mantidos em piquetes. Eventualmente, é possível corrigir pequenas imperfeições nos aprumos, amenizando o problema de membros com pequenos defeitos. Já em animais em crescimento, a partir da desmama até a idade de aproximadamente 20 meses, o casqueamento pode ser utilizado para a correção de aprumos.

Ferrageamento de cavalos - identificação e tipos de ferraduras para cavalos de corrida e de raça

Animais colocados em estábulos, baias, ou utilizados para trabalhos contínuos, onde quase sempre os pisos são duros, o desgaste do casco é exagerado, chegando, em alguns casos, a causar lesões profundas no pé. Nesses casos, a ferradura se torna indispensável, principalmente quando os trabalhos com os animais são realizados em terrenos pedregosos, em paralelepípedos ou no asfalto.

Orquídeas - como plantá-las em vasos, árvores ou cascas de árvore

Independente de ser plantada em árvores vivas, em cascas de árvore, ou ainda em vasos, a orquídea deverá estar com suas raízes aparadas, principalmente as raízes da parte traseira. Os vasos devem ser proporcionais ao tamanho da planta. Uma maneira bem prática para estabelecer o tamanho do vaso é colocando a traseira da planta encostada na borda interna. Deixa-se sobrando dois dedos da outra borda.

Por que algumas galinhas comem os próprios ovos?

Quando bem alimentadas e em condições favoráveis e adequadas de manejo, as galinhas têm excelente produção de ovos. Já o contrário, ou seja, quando há uma carência de nutrientes na alimentação das galinhas, é possível notar que a casca dos ovos ficam moles, com aparência de plástico, flexíveis e vulneráveis à quebra. Tendo contato com o conteúdo dos ovos e descobrindo que ele é rico em proteínas e gordura e que a casca é uma boa fonte de cálcio, as galinhas começam a quebrar e comer os ovos de propósito. Para piorar a situação, as outras aves passarão a imitar a companheira.

Atendimento Online
Quer Facilidade