WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "o-que-o-ensino-das-ciencias-naturais-pode-possibilitar-ao-aluno" ()

Professor - como ensinar bem para os alunos aprenderem mais em sala de aula

Em sala de aula, o ensino deve ser visto como um processo dinâmico, no qual a participação do aluno nas aulas é fundamental para o seu aprendizado. Para auxiliar os professores nesta tarefa, atingindo principalmente aqueles que menos aprendem, existe uma grande variedade de formas de como uma informação pode ser levada até o aluno, nas quais diversos canais representacionais podem ser combinados.

Metodologia de ensino individual livre

O ensino individual livre é a forma mais autônoma que aluno tem para desenvolver. Entretanto, o estudo livre não pode ser encarado como atividade sem nenhum tipo de direção ou orientação. Sem direcionamento, o estudo livre tem resultados muito menos satisfatórios. Se os estudos supervisionados podem ser encarados como a forma mais básica de ensino centrado no aluno, porque são rotineiros e de aplicação simples, os estudos livres podem ser vistos de forma contrária. Isso ocorre porque, enquanto os estudos supervisionados representam o primeiro passo para o desenvolvimento da autonomia dos alunos, tendo como característica a supervisão constante do professor, os estudos livres ocorrem quase sem supervisão.

Avaliação do aluno nos ensinos fundamental e médio

O exercício de dar aulas é uma atividade complexa. Além de exigir conhecimento dos professores, essa prática exige outra série de habilidades. Primeiramente, é preciso ter uma boa didática. Na profissão, é necessário que o professor passe o conhecimento que ele possui ao aluno de forma eficiente. Muitas pessoas sabem muito mas não conseguem passá-las adiante.

Professor: quando adotar os métodos de ensino individualizados e por quê?

A adoção dos métodos de ensino individualizados parte do pressuposto de que, nem sempre, é necessário que o professor ensine para que o aluno aprenda, já que a aprendizagem é realizada pelo estudante e não causada diretamente pelo professor, em função do caráter individual do processo de aprendizagem.

Ensino centrado no aluno: estratégia boa ou ruim? Utilizar ou não?

Instrução centrada no estudante é uma abordagem ampla de ensino que inclui substituir aulas expositivas por aprendizagem ativa, responsabilizando os estudantes por sua própria aprendizagem e usando aprendizagem em ritmo pessoal e, ou aprendizagem cooperativa (em grupos). “Outra maneira de centrar o nosso ensino no estudante inclui passar problemas abertos e do tipo que requer raciocínio criativo e crítico, exercícios de redação reflexivos, envolvendo os estudantes em simulações e desempenho de papéis”

Saiba identificar os estilos de aprendizagem dos alunos

As dimensões aparentemente dicótomas dos inúmeros estilos de aprendizagem são, na verdade, contínuas e não categorias de este/aquele. A preferência de um estudante, em uma dada escala, por exemplo, por apresentação indutiva ou dedutiva, pode ser forte, moderada ou quase inexistente, pode mudar no tempo e pode variar de um assunto ou ambiente de ensino para outro.

Professor: 3 práticas que comprometem a aprendizagem dos alunos

Se você, professor, ama sua profissão e anseia pela aprendizagem dos seus alunos, saiba que existem três erros cruciais que comprometem a eficiência do ensino em geral dos alunos e, particularmente, das metodologias ativas. São eles: propor atividades triviais, propor atividades muito longas e chamar voluntários para as respostas.

Ensino individual por módulos - o mínimo de intervenção do professor

O programa de estudo em módulos é elaborado pensando na autoinstrução do aluno. Isso será feito de forma que cada aluno realize sua própria instrução, considerando que a fonte primária de informação para o estudante deixa de ser o professor e passa a ser o material que compõe o módulo. Entretanto, para que o processo funcione, o professor, além de elaborar os módulos e testá-los previamente, deverá acompanhar o desenvolvimento dos alunos no estudo, orientando-os sempre que necessário.

Invista na metodologia de ensino e alcance o aprimoramento de suas aulas

Especial - Os métodos e práticas empregados na condução das aulas do ensino (infantil, fundamental ou médio) são oportunidades grandiosas para melhorar significativamente o ensino-aprendizagem. Para isso, os educadores devem elaborar iniciativas que respondam às novas demandas da escola e às de seus estudantes.

Ensino individual por módulos - qual a estrutura do módulo

Ter objetivos instrucionais bem claros é de grande importância no ensino de qualquer conteúdo, pois, conscientes desses objetivos, os alunos saberão o que se espera deles ao final do estudo de cada módulo e do conjunto dos módulos. Se estes objetivos não são claros, todo o desenvolvimento da atividade poderá ser prejudicado. Por exemplo: em determinadas situações, um aluno gasta muito tempo e energia com elementos de menor importância, quanto ao aprendizado de um dado conteúdo, justamente por falta de um bom direcionamento.

Fique por dentro das novidades!