WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"o-que-fazer-p-tirar-o-cheiro-forte-da-carne-de-capivara"

Como marinar carnes - seleção da carne, temperos utilizados e passo a passo da marinação

A marinação de carnes faz com que elas tenham uma sobrevida maior, o que facilita o seu consumo. Há 5000 anos, este método era utilizado somente para a preservação de alimentos. Hoje, o ato de marinar é utilizado, acima de tudo, para conferir sabor, amaciar, adicionar ou retirar umidade; e preservar as carnes. A marinação, então, confere as seguintes vantagens: padronizar totalmente os temperos com as carnes , obtendo sabor igual, tanto no seu interior quanto em sua parte periférica; tornar as carnes mais macias e suculentas; aumentar a vida de prateleira, conservação, das carnes; e aumentar a tolerância ao assamento em altas temperaturas, sem que as carnes desidratem excessivamente. A grande curiosidade é que por possuírem sabor ácido, as carnes marinadas combinam com pratos como purês, suflês, polenta, saladas, batatas, não podendo faltar, é claro, o arroz branco.

Como maturar carnes - saiba mais sobre o processo de amadurecimento da carne à vacuo

A maturação da carne é um processo em que ela fica submetida, por um certo tempo, a condições controladas de umidade relativa e temperatura. O amadurecimento permite acentuar a maciez, a suculência, o sabor e a desenvolver o aroma característico da carne, sem perda em seu valor nutricional. As melhores carnes para maturação são aquelas consideradas de primeira, geralmente a parte traseira do animal. No entanto, com a maturação as diferenças qualitativas de vários tipos de carne, são minimizadas, ou seja, carnes mais duras adquirem um grau de maciez quase comparável às carnes de primeira. A princípio, toda a carne de bovinos, ovinos, suínos, caprinos e de caça podem ser maturadas. Nunca maturar, no entanto, a carne de pescados, pois se deteriora com facilidade e a carne de coelhos, rãs e outros tipos de carnes tenras, pois já são macias por natureza.

Criação de capivara - 9 dicas para a criação em cativeiro

Independente do tipo de sistema, intensivo, semi-intensivo ou extensivo, existem alguns cuidados que deverão ser mantidos pelo criador para o sucesso da criação de capivara em cativeiro. Um desses cuidados diz respeito ao comedouros, que deverão estar em locais devidamente protegidos por cobertura de sapé, folha de coqueiro, cimento, telhas de zinco ou outros. Também há a necessidade de um tanque com rampa suave em pelo menos um de seus lados, para que os animais possam banhar-se.

Capivara - sistemas de criação e manejo para a produção de carne

O manejo de capivaras para a produção de carne tem-se mostrado uma importante alternativa pecuária no Brasil, pois a elevada eficiência reprodutiva aliada a uma dieta constituída de gramíneas faz da capivara o mamífero silvestre mais indicado para sistemas de produção ?ecologicamente corretos?. Esses sistemas de criação e manejo podem beneficiar as populações humanas com proteínas de boa qualidade e, ao mesmo tempo, proteger os animais silvestres da dizimação descontrolada.

Criação de capivara - instalações necessárias para o sistema semi-intensivo de manejo

Em geral, observa-se, na maior parte das propriedades agrícolas, áreas abandonadas consideradas "marginais". Caso essa área apresente um lago ou açude com superfície de pelo menos 100 m2 e vegetação arbórea e, ou arbustiva, provavelmente, ela é apta para uma criação de capivaras em manejo semi-intensivo.

Carne assada na panela de pressão - aprenda a fazer

Sem ideia do que servir no almoço de domingo? Que tal preparar uma deliciosa carne assada na panela de pressão? A receita é super fácil, leva pouco ingredientes e fica pronta rapidinho. Você poderá servi-la acompanhada de arroz branco e salada da vovó. Gostou da ideia? Então, inspire-se e mãos à obra.

Quer fazer seu próprio presunto para consumo e também vender? É muito fácil!

Quer fazer seu próprio presunto? Acredite: é muito fácil! Basta apenas alguns cuidados no momento de manipulação da carne e atenção ao processo de fabricação, afirma Newton de Alencar, professor do Curso CPT Industrialização de Carne Suína. Para fazer presunto, o pernil de porco deve ser temperado em salga úmida, ou seja, na imersão da carne em uma solução salina saturada, na qual, inicialmente, o sal passa da salmoura para os fluídos da carne e, posteriormente, uma certa quantidade de água da salmoura também passa para o interior da carne.

Capivara - organização social, genitália e comportamento social em cativeiro

A organização social das capivaras, tanto em cativeiro quanto em seu habitat natural, é típica, a hierarquia é muito forte, o macho é dominante, por exemplo, é extremamente agressivo contra elementos estranhos ao grupo, o que inviabiliza a introdução de indivíduos de outros grupos, especialmente outros machos.

Além de exótica, a carne da Capivara é muito apreciada pelo mercado consumidor

Atualmente, nos grandes centros consumidores, observa-se a formação cada vez maior de um mercado de carnes exóticas. A carne de capivara, dentro deste contexto, tem-se mostrado uma promissora alternativa por possuir várias características muito apreciadas pelo público consumidor, como qualidade e baixo teor de gordura.

Cordeiros - sistema de confinamento tem forte influência na qualidade da carne

Não existem dúvidas quanto à influência do confinamento na qualidade da carne: a maciez, a suculência, a cor, o odor, e o sabor da carne caprina e ovina são atributos que estão diretamente relacionados com a satisfação do consumidor. Considerando que cordeiros terminados em confinamento são abatidos em idade precoce (cinco a seis meses), sua carne ainda apresenta todas as características organolépticas e sensoriais desejáveis em uma carne de elevada qualidade. Nessa idade, a carne apresenta-se da seguinte maneira:

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!