WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"o-que-fas-o-cavalo-ficar-abrindo-a-boca-toda-hora"

Criação de cavalos: equipamentos necessários à montaria

Antes de o cavaleiro partir, de fato, para a montaria, deve ter conquistado a confiança do cavalo. Somente assim, o animal permitirá a aproximação e a monta. Esse início de convivência é uma relação de ganho e confiabilidade, afirma Dr. Haroldo Vargas Leal Júnior, professor do Curso a Distância CPT Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos, em Livro+DVD e Curso online.

Comprando o cavalo ideal para você

Todo mundo já conhece aquele velho ditado: “Cavalo dado, não se olha os dentes!”. Porém, quando você decide comprar, é seu dever “olhar os dentes” e todo o resto. Ao decidir adquirir um cavalo, não é só o preço que deve ser levado em conta. Uma boa escolha será optar por um animal que atenda a todos os requisitos que você pretende que ele tenha. Mas, é preciso levar em conta também que boa parte das habilidades do animal também depende do cavaleiro.

Higiene básica em cavalos: como fazer?

O cavalo é um ser vivo que geralmente causa o fascínio da grande maioria das pessoas. Independentemente da pelagem, da raça e do porte, dificilmente conheceremos pessoas com restrições aos cavalos. A sua beleza e imponência torna-o uma unanimidade. "É muito importante, no entanto, saber como fazer a higiene básica do cavalo antes de montá-lo, pois não se deve selar o animal sem que ele esteja totalmente limpo", afirma Dr. Haroldo Vargas Leal Júnior, professor do Curso a Distância CPT Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos, em Livro+DVD e Curso Online.

Como alimentar frangos corretamente. Confira e aprenda!

Ainda pintinhos, em fase de crescimento, adultos em fase de postura ou adultos em fase de corte, os frangos precisam ser bem e corretamente alimentados todos os dias para que a criação tenha sucesso e gere lucros. Restos de comida, grãos e rações são os produtos mais utilizados para a alimentação dessas aves; no entanto, isso ainda não é o suficiente para garantir a nutrição dos frangos, há de se considerar ainda alguns pontos para que nada falte a eles em cada fase por que passam e bom exemplo disto é fornecer altos níveis de cálcio quando frangos de postura e nível maior de proteína quando frangos destinados à produção de carne.

Dicas imperdíveis de alimentação para cavalos

A alimentação de animais de grande porte, como cavalos, deve ser balanceada e suprir todas as suas exigências nutricionais. Dessa forma, eles são capazes de realizar todas as tarefas de rotina com bom desempenho. Além de rações de qualidade, cenoura, aveia e feno são indispensáveis à dieta dos equídeos.

Qual o maior custo na criação de cavalos?

Qual o maior custo na criação de cavalos? A alimentação. Nos últimos anos, tem crescido muito o número de pessoas que se interessam pelo esporte equestre e, consequentemente, a equideocultura vem ganhando cada vez mais espaço. Nesse contexto, “a alimentação representa um fator econômico significativo na criação do cavalo”, afirma Orlando Marcelo Vendramini, professor do Curso a Distância CPT Alimentação de Cavalos.

Fases da criação de pavões - cria, recria, crescimento, jovem e adulto

As fases pelas quais passam os pavões, desde o seu nascimento até a sua morte ou comercialização, quando criados em cativeiro são: cria, recria, crescimento e jovem. A fase de cria tem seu início no primeiro dia de vida e vai até o 30º. A recria inicia-se a partir do 30º e perdura até o 60º dia. A fase de crescimento dura dos 2 meses de vida ao 6º mês de idade dos pavões. A partir de então, os pavões entram na fase jovem. Esta, por sua vez, inicia-se no sexto mês de vida da ave só termina quando os pavões completam 2 anos de idade. A partir de então, ou seja, dos 2 anos de idade, os pavões entram na fase adulta.

Equiterapia - motivo da utilização do cavalo e seus benefícios

A equiterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo como mecanismo essencial para o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas portadoras de deficiência ou de necessidades especiais. Na equiterapia, essas pessoas não são consideradas "clientes" ou "pacientes". Mas, sim, o sujeito do processo. Elas participam de sua própria reabilitação da maneira direta; são "agentes" de sua própria reabilitação, logo são um praticantes de equiterapia. O cavalo, por sua vez, é utilizado na equiterapia por vários motivos: no campo psicológico, o cavalo transmite uma sensação de força e poder, ou mesmo nos reporta a lembranças inconscientes de embalo e proteção. No cavalo, o cavaleiro participa como um todo, contribuindo para o aprimoramento da força muscular, relaxamento, conscientização do próprio corpo, desenvolvimento do equilíbrio e da coordenação motora, essenciais para o indivíduo se manter de pé, ou andar. Essa terapia também contribui para a melhora dos distúrbios da fala e comunicação, auxilia na articulação dos sons e linguagem, melhora a atenção e concentração, além de proporcionar uma harmonização através de um melhor conhecimento de si mesmo, melhorando a percepção da realidade externa e a maneira de se posicionar em relação ao mundo.

Vai comprar um cavalo? Faça a escolha certa!

Vai comprar um cavalo? Faça a escolha certa! Antes de comprar um cavalo, faça uma avaliação honesta da sua capacidade de montar, tendo em mente que a maioria das pessoas tende a superestimar suas habilidades. “Cavaleiros talentosos e experientes tiram o melhor de todos os tipos de cavalos, até os de temperamento mais difíceis

Inspeção e palpação da boca de gatos. Como fazer?

Ao iniciar a inspeção e palpação da boca de felinos, o Veterinário deve conter previamente o animal para que o exame seja feito de forma rápida, precisa e eficiente, minimizando o estresse para o animal e os riscos para o examinador. “O exame se inicia com a inspeção da parte externa da boca do gato para verificar a presença de úlceras ou erosões labiais. Em um segundo momento, utiliza-se o dedo indicador e o polegar, posicionando-os atrás dos caninos para fazer o levantamento labial e observar toda a gengiva em ambos os lados”

Fique por dentro das novidades!