WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

BLACK FRIDAY TESTE SUA SORTE E GANHE SUPER DESCONTOS

"o-primeiro-registro-historico-brasileiro-de-uma-politica-publica-em-favor-do-idoso-foi"

Cuidador de idosos - tipos de banho e sua importância para a hidratação da pele dos idosos

A pele é o revestimento externo do corpo, integrante do sistema tegumentar (junto ao cabelo e pelos, unhas, glândulas sudoríparas e sebáceas). Nem todos sabem, mas a pele é o maior órgão de nosso corpo e o mais pesado, constituindo 15% do peso corporal. Sua função é nos proteger contra microrganismos e contra substâncias estranhas; atua na termorregulação do nosso organismo, protegendo-nos contra a desidratação; atua na reserva de nutrientes e, ainda, contém terminações nervosas sensitivas. À medida que ficamos mais velhos, nossa pele fica mais fina, menos elástica e mais ressecada. O banho, então, aumenta a resistência da pele fazendo com que a mesma consiga recuperar-se mais rápido em caso de lesões, por exemplo. Por essa razão, o primeiro objetivo ao cuidar da pele da pessoa idosa, afim de manter ao máximo suas propriedades, é mantê-la hidratada, o que explica a grande importância do banho para os idosos.

Cuidador de idosos - competências pessoais necessárias para o exercício da profissão

O cuidador de idosos, devidamente capacitado para executar essa função, deverá possuir algumas habilidades básicas, necessárias e fundamentais para o trabalho com os idosos. Segundo a CBO (Classificação Brasileira de Ocupações), as competências pessoais do cuidador são:

Cuidador de idosos - perfil profissional e ética no trabalho

Em virtude de a população brasileira estar envelhecendo, a previsão em relação ao número de idosos para 2050 será de 63 milhões de idosos, ou 172 idosos para cada 100 jovens ? contra apenas 10 idosos para 100 jovens em 1980. Sendo assim, para cuidar devidamente da pessoa idosa, é necessário vê-la num todo, mas, para isso, é vital conhecer a si próprio, o que não se desenvolve apenas em treinamentos ou reciclagens técnicas, mas também por meio de uma relação de emoção e razão entre o cuidador e o idoso. Daí a extrema necessidade deste profissional ter o perfil exato para desenvolver, com competência, sua profissão.

Por que apostar em um curso de cuidador de idosos?

A expectativa de vida do brasileiro é de 71,9 anos, mas apesar disto ele tem, em média, apenas 56,6 anos de vida livre de incapacidades e doenças crônicas. Isso mostra que o brasileiro vive 21,3% do seu tempo de vida, convivendo com alguma incapacidade. “O grande desafio proposto aos idosos pela longevidade é a preservação da qualidade de vida, na presença das ameaças de restrição da autonomia e da independência, causadas pela deterioração da saúde e empobrecimento da vida social”, afirma Renan Sallazar, professor do Curso a Distância CPT Capacitação de Cuidador de Idosos.

Comunicação entre o cuidador de idosos e o idoso

Comunicar envolve, além das palavras que são expressas por meio da fala ou da escrita, todos os sinais transmitidos pelas expressões faciais, pela postura corporal e também pela proximidade ou distância que se mantém entre as pessoas; a capacidade e jeito de tocar, ou mesmo o silêncio em uma conversa. No caso do idoso, algumas vezes ele pode ficar irritado por não conseguir falar ou se expressar, embora entenda o que falam com ele.

Pequenas empresas - dicas para sobreviver aos primeiros dez primeiros anos de vida

Pesquisas recentes do Sebrae e do GEM (Global Entrepreneurship Monitor) mostram que mais de 40% dos brasileiros gostariam de ter o seu próprio negócio, porém, 35% deles têm medo de fracassar nos primeiros dez anos de vida. Medo válido e justificável, visto que as estatísticas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) comprovam que 48% das pequenas empresas brasileiras, de fato, não conseguem sobreviver até os três anos das empresas. Mesmo assim, apesar de tantos dados negativos, a taxa de empreendedorismo no país vem crescendo muito nos últimos anos e a cada cinco minutos, um novo negócio é aberto em território brasileiro.

Uma profissão promissora? Cuidador de idosos!

Diante da escassez de profissionais no mercado de trabalho, muitas pessoas têm disponibilizado a realizar a atividade de cuidador de idosos, aproveitando a referida condição para obter trabalho remunerado. Daí surge um problema. “Embora existam muitos cuidadores de idosos atuando na sociedade, muitos desses não apresentam capacitação adequada para prestar um atendimento seguro, e livre de danos durante a assistência”, afirma Renan Sallazar, professor do Curso a Distância CPT Capacitação de Cuidador de Idosos. Essa falta de capacitação pode levar o cuidador a cometer erros que podem comprometer a saúde do idoso em vez de proporcionar cuidado.

Cuidador de idosos - como arrumar a cama e evitar as escaras

Muitos idosos passam grande parte do dia deitados em suas camas, seja por debilitações físicas, invalidez ou, ainda, por outros fatores alheios à sua vontade. Sendo assim, é imprescindível deixá-los bem confortáveis, sobre um colchão adequado ao seu problema de saúde, com roupas de cama cheirosas, limpas, bem passadas e esticadas, evitando qualquer tipo de desconforto ao seu corpo. Neste sentido, a arrumação da cama é muito importante, pois irá ajudar a prevenir complicações, como as úlceras por pressão, mais conhecidas como escaras.

Cuidador de idosos - você sabe como gerenciar o tempo de idosos portadores de Alzheimer?

Ocupar o tempo ocioso, manter-se em atividade constante, ativar constantemente o desenvolvimento cerebral, seja em qual idade for, é muito importante para a mente, para o humor e para a manutenção da saúde de qualquer ser humano. Quando o foco são as pessoas idosas há uma maior necessidade dessa ocupação, já que geralmente elas se sentem incapazes de exercer suas atividades normais, principalmente as que exigem do corpo e da mente um maior esforço. Se o idoso for portador de DA (Doença de Alzheimer), então, todos os esforços para mantê-los ocupados devem ser triplicados. Nestes casos, gerenciar o seu tempo do idoso é fundamental para a sua qualidade de vida.

Cuidador de idosos - hora do banho, como agir?

O momento do banho, para o idoso, muitas vezes nada tem de agradável. Muito pelo contrário, o banho chega a ser extremamente constrangedor, já que demonstra a quão dependente ele está por não conseguir realizar, sequer, a sua própria higiene íntima. Este fato infelizmente causa no idoso a terrível sensação de incapacidade, invalidez, vergonha, desconforto e muita tristeza. Portanto, todo cuidado ainda é pouco, pois o psicológico do idoso é completamente abalado. É preciso que o cuidador de idosos, então, deixe seu cliente o mais calmos e à vontade possível, reduzindo a taxa de estresse e fazendo com que esse momento ruim passo rápido.

Fique por dentro das novidades!