Resultados da busca para "o-grao-de-mostarda-e-resistente"

Criação Orgânica de Cabras Leiteiras - resistência aos anti-helmínticos

O desenvolvimento de resistência, pelos nematoides, a diversos grupos químicos de anti-helmínticos está sendo reconhecido, atualmente, como um problema de grande importância. Até épocas relativamente recentes, resistência aos anti-helmínticos em nematoides estava se desenvolvendo lentamente em condições de campo (em comparação com resistência a antibióticos em bactérias). Contudo, é provável que a resistência se torne amplamente difundida dada à relativa falta de grupos de anti-helmínticos quimicamente diferentes, introduzidos durante a década passada.

Horta - como plantar Mostarda (Sinapis alba)

Considerada uma erva daninha em algumas situações, a Mostarda pode ser cultivada no jardim de casa. Suas sementes (amarelas, beges ou castanho-claras e de sabor picante) são utilizadas na preparação de molhos para uso em churrascos, pizzas, saladas e muitas outras preparações culinárias. Suas folhas podem ser consumidas cozidas se colhidas antes da floração, mas seu uso como verdura também não é muito comum.

Staphylococcus aureus - uma bactéria de fácil combate, mas de toxina muito resistente

A intoxicação por Staphylococcus aureus é a doença de origem alimentar mais comum em vários países do mundo e resulta da ingestão de alimentos contaminados com a toxina produzida por Staphylococcus aureus. Enquanto esse microrganismo é de fácil destruição, a sua toxina é extremamente resistente, já que pode subsistir a uma ebulição de até 4 h.

Enduro equestre - você sabe o que é?

O Enduro equestre é uma competição de percursos de longa duração que toma lugar em trilhas naturais (bosques, estradas de terra e demais cenários do meio rural) e exige alta resistência física do conjunto (cavalo e cavaleiro). Os percursos são realizados em trilhas predeterminadas pela organização da prova, com extensão que varia de 20 km a 160 km. O objetivo que predomina nessa modalidade é o condicionamento físico dos atletas, cavalo e cavaleiro.

Babás: conheçam 7 doenças ou problemas mais comuns em crianças

A saúde das crianças, assim como a dos adultos e idosos, depende da prevenção contra doenças e da resistência do organismo a elas. Essa resistência, por sua vez, é promovida pelo sistema imunológico, conhecido como sistema de defesa do organismo. É importante que as babás saibam, principalmente aquelas que cuidam de crianças muito novas, que ao nascer os bebês possuem apenas os anticorpos que receberam da mãe durante a gestação e esses anticorpos lhes permitem lidar com germes e microrganismos presentes no meio ambiente, defendendo-os de doenças. Até o nono mês de vida, os bebês gradativamente perdem os anticorpos herdados de suas mães e formam os seus os próprios, através do contato com os microrganismos. Este contato estimula o desenvolvimento do sistema de defesa, atingindo seu amadurecimento por volta de 2 anos de idade.

Gir: gado dócil, resistente, de dupla aptidão

O Gir surgiu na região de Gir, no Sul da Índia, em um território bastante hostil, habitado por animais selvagens, como os leões. Embora dócil, esse animal sobreviveu aos perigos da região, defendendo-se bravamente contra os leões, habitantes das florestas. Por isso, o animal tornou-se conhecido como boi-de-luta e, propositalmente, seus chifres passaram a se posicionar para baixo e para trás, o que facilitava sua batalha contra as feras.

Pavões - principais doenças, sintomas, como evitá-las e tratamento indicado

Os pavões são aves muito resistentes a doenças e raramente apresentam problemas. Isso acontece somente quando essas aves não são devidamente manejadas ou vacinadas. Aves vindas de outros plantéis também podem ser fonte de contaminação. As principais doenças que podem vir a acometer os pavões e as aves, em geral, são:

Galinhas ornamentais ou exóticas - principais raças inglesas e americanas

Além de terem uma bela plumagem, as galinhas ornamentais ou exóticas vindas da Inglaterra e dos Estados Unidos são bastante resistentes e de fácil manejo. Além disso, não exigem muito espaço para serem criadas, muito menos gastos exagerados com a manutenção do criatório. Entretanto, essa rusticidade e facilidade de manejo não descartam algumas exigências, como a higiene do ambiente onde as galinhas exóticas são criadas, bem como o zelo do avicultor em relação a aves tão belas.

Como alimentar os bezerros para a produção de vitelos

Colostro é a secreção da glândula mamária no início da lactação, podendo durar de três a seis dias. Também conhecido como leite sujo, o colostro não tem valor comercial, mas é ele que garantirá a sobrevivência dos bezerros, logo após o nascimento, fornecendo a ele os anticorpos para que crie resistência a doenças. Em virtude do tipo de placenta da vaca, que impede a transferência de anticorpos para o feto, os bezerros nascem praticamente desprovidos de defesas contra os agentes de doenças que os desafiarão no período neonatal. Assim, os anticorpos maternos, denominados imunoglobulinas, são transferidos aos recém-nascidos quando da ingestão do colostro.

Zebuínos no Brasil - raça Nelore e Nelore Mocho

O primeiro casal de Ongole ao chegar ao Brasil foi em 1875. A princípio, o Nelore era cruzado com o Guzerá, tanto quanto com outras raças que chegavam da Índia, pois na concepção antiga "tudo era Zebu". Devido ao fato de os criadores gostarem de orelhas grandes, característica que diferenciava o gado europeu do indiano, ganhavam destaque os produtos que mais se assemelhavam ao Guzerá (Guzonel). Com isto, o Nelores, de curtas orelhas caía em depreciação e menos prestígio. Apenas na década de 1950, o Nelore passou a frequentar as Provas de Ganho de Peso nos concursos, mostrando ser um animal realmente precoce e de alta velocidade de ganho de peso. Por se tratar de um gado rústico, exigir pouca mão de obra, ser resistente, precoce e também pelo fato de as vacas não precisarem ser recolhidas aos currais no momento da parição, o Nelore começou a ?ganhar o mundo?, desbravando fronteiras agropecuárias antes inimagináveis. Com isto, a vaca Nelore garantiu o predomínio da raça no país inteiro. Pela primeira vez, o pecuarista podia ter um gado que exigia pouco trabalho, permitindo que a atenção ficasse voltada para o melhoramento zootécnico. Desde 1955, o Nelore nunca mais parou de aumentar seu efetivo e hoje predomina na maior parte do território pecuário nacional.

Atendimento Online
Quer Facilidade