WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "maleficios-do-nim" ()

Nim - benefícios, exigências climáticas, tipo de solo, toxidade e temperatura ideal de cultivo

Cultivado em inúmeras regiões do País, o Nim, além de utilizado como alimento em algumas regiões do mundo, é amplamente usado, principalmente, como planta medicinal. É possível encontrar no mercado uma gama de produtos, como sabonetes, dentifrícios, creme para a pele, xampu e creme condicionador para os cabelos, todos apresentando o Nim em sua composição química. Quando adicionado em xaropes, ele produz efeito antitussígeno e expectorante, combate a asma, enfisema pulmonar, bronquite, sinusite, úlcera e gastrite, infecções uterinas e impotência sexual. Os extratos da folha da planta são base para a fabricação de produtos comerciais utilizados para diabetes, cura de problemas dermatológicos, espinhas e acne, além de infecções bacterianas e virais, antisséptico, purificador do sangue, vermes intestinais e malária crônica. Fora do Brasil, principalmente na Índia e no Paquistão, existem produtos à base do óleo da amêndoa do Nim, indicado como anti-hiperglicêmico, antisséptico, calmante, cicatrizante de ferimentos, sedativo local e contraceptivo.

Nim - sistema de propagação das mudas, plantio e manejo da cultura

Uma muda de boa qualidade é essencial para o sucesso do cultivo de nim. Para que consiga alcançar seus objetivos, então, é necessário que o produtor possua alguns conhecimentos básicos sobre as etapas de produção do Nim, como a forma sistemática de propagação das mudas, a forma como se processa o plantio e como deverá ser o manejo da cultura do Nim. Sem este conhecimento prévio, o produtor poderá por a perder todo o seu investimento.

Chá de nim: erva medicinal com ótimos efeitos terapêuticos

O conhecido nim é, na realidade, chamado Neem (Azadirachta indica). Trata-se de uma árvore originária da Índia. Esta planta pertence à família do mogno e do cedro. São de porte grande com até 30m de altura e 2,5m de diâmetro. Uma característica interessante da nim é que esta possui ótima resistência às secas. É fornecedora de madeira, mas sua principal qualidade está nas propriedades medicinais e terapêuticas, que estão nas sementes, folhas e cascas.

As pragas andam atacando sua lavoura? Nim nelas!

A azadiractina, ou os extratos de nim que a contêm, são bastante promissores para uso em programas de manejo integrado de pragas, afirma Edmilson José Ambrosano, professor do Curso a Distância CPT Cultivo e Uso do Nim, em Livro+DVD e Curso Online. As razões são as mais diversas. Veja:

Pragas e doenças afetam o Nim? Isso é possível?

Apesar de o Nim ter propriedades inseticidas, há certos insetos que se alimentam das diversas estruturas da planta. Muitos deles, felizmente não ocorrem no Brasil, afirma Edmilson José Ambrosano, professor do Curso a Distância CPT Cultivo e Uso do Nim, em Livro+DVD e Curso Online. Pragas que atacam o Nim: - Percevejo verde da soja (Nezara viridula):

Nim: a extraordinária planta medicinal e inseticida natural

Eficiente no controle de pragas agrícolas, o Nim não polui o meio ambiente e não intoxica os aplicadores, tornando-se um grande inseticida natural. Conhecida na Índia, há mais de dois mil anos, a árvore denominada Nim (Azadirachta indica A Juss), tem sido utilizada como planta medicinal no tratamento de uma infinidade de doenças

Conheça a ação do Nim sobre os insetos

O Nim contém mais de 30 substâncias terpenoides com propriedades inseticidas, repelentes, que reduzem a alimentação dos insetos. Possuem, também, propriedades fungicidas e nematicidas. “Dessas substâncias, a mais eficaz é a azadiractina, além da salanina, meliantriol, nimbina e nimbidina. Todas as partes da planta possuem esses compostos ativos, porém, é no fruto que se encontra a maior concentração”

Nim - um agente biológico eficaz no controle natural de pragas

A Azadirachta indica A. Juss., mais conhecida como Nim, tem sua origem na Índia e foi introduzida em nosso país somente em 1986, trazida das Filipinas. É uma árvore que não se adapta a climas abaixo de 20ºC, pois é bastante sensível a baixas temperaturas. Por isso, para cultivar o Nim, as temperaturas ideais estão entre 21 e 32ºC. Quanto ao plantio, este deve ocorrer no início das chuvas, contanto que haja bastante incidência de sol. Geralmente, após 30 dias do plantio, faz-se um replantio para que a cultura prospere.

Nim - principais subprodutos das sementes e das folhas

A parte mais nobre do Nim é a semente. Esta deve ser extraída do fruto, manualmente, ou por meio de uma despolpadeira. Após sua secagem em local sombreado, seu extrato é produzido de forma simples e com baixo custo. Entretanto, o extrato também pode ser retirado das folhas frescas ou secas em meio aquoso. Daí sua grande viabilidade quanto cultura, já que pode gerar lucro certo ao produtor.

Nim - principais pragas suscetíveis à Azadiractina

Até 1966, 413 espécies de insetos foram relatadas como sensíveis à ação do Nim, entre elas, lagartas e besouros. Entretanto, quase todas as pesquisas sobre a ação da Azadiractina nestas pragas foram realizadas no exterior e, portanto, com espécies que não ocorrem no Brasil. Além disso, os testes foram feitos com extratos obtidos de diferentes formas, aplicados por períodos e de modos diversos, tornando inviáveis comparações ou indicação das doses empregadas.

Fique por dentro das novidades!