Resultados da busca para "lagarto-teiu"

Bicho-da-seda - desenvolvimento larval, limpeza da cama e manutenção dos casulos

Muitas vezes ocorre desuniformidade no desenvolvimento das lagartas na criação, podendo dificultar o manejo. As causas são as mais diversas, mas é preciso prestar atenção principalmente no último trato de cada idade (o último abastecimento antes do sono deve ser fraco), e o primeiro trato quando as lagartas acordam do sono deve ser feito somente quando a maioria das lagartas estiverem acordadas. Ao polvilhar as folhas com cal hidratada, estas ficam secas e assim as lagartas, ao acordarem do sono, não se alimentarão, aguardando o primeiro trato. Dessa maneira, o criador tenta igualar o desenvolvimento das lagartas. Se o criador não conseguir igualar as lagartas, deve separá-las em locais diferentes da esteira. Isso pode ser feito durante o sono, após o polvilhamento com cal; restando ainda lagartas acordadas, faz-se outro fornecimento de ramos e quando as lagartas subirem nos ramos, elas serão transportadas para outra parte da esteira.

Produção de Amendoim - pragas que atacam o amendoinzal

Considerando-se a frequência com que ocorrem e prejudicam a cultura, as principais pragas encontradas no amendoim, são o trips e a lagarta do pescoço vermelho. Cigarrinhas e outras lagartas podem ocorrer, com frequência e, também, danos variáveis. Mais esporadicamente, podem ocorrer ácaros, percevejos, cupins e cochonilhas. As características das principais pragas são apresentadas a seguir:

Formigas cortadeiras e lagartas dos cafeeiros - reconhecimento e controle

As formigas cortadeiras e causam prejuízos às grandes culturas, aos reflorestamentos, aos horticultores, às pecuárias de corte e leite (pastagens), inclusive aos pequenos sitiantes e proprietários de chácaras e casas-de-campo. Além das formigas, o cafeeiro é hospedeiro de lagartas de muitas espécies, algumas delas urticantes, que causam queimaduras (dermatite urticante) nos trabalhadores. Estas são conhecidas como taturanas ou lagartas-de-fogo. Já a lagarta-dos-cafezais, de coloração variável (verde, alaranjada, marrom e preta), não é urticante, mas, da mesma forma, é uma praga que causa sérios prejuízos ao cafeeiro.

Pragas do mamão - Lagarta-rosca (Agrotis ipsilon)

Não é uma praga muito comum à cultura do mamoeiro, mas pode atacar as plantinhas no viveiro, seccionando-as rente ao solo. É uma lagarta de hábito noturno, e que durante o dia abriga-se sob o solo. - Controle O mesmo produto indicado anteriormente para mandarová, assim que os primeiros danos sejam observados, desde que seja verificada a presença da lagarta na planta.

Pragas do milho: controle da lagarta-do-cartucho

O milharal pode ser muitas vezes atacado por pragas. Mas nenhuma delas é tão destrutiva como a lagarta-do-cartucho, cientificamente chamada de Spodoptera frugiperda. Como sempre, a prevenção é a melhor arma contra a disseminação de pragas como essa. Além disso, o agricultor deve conhecer os principais meios de controle da lagarta, pois, caso contrário, o prejuízo será imensurável

Lagarto de boi recheado com toucinho defumado: aprenda fazer

Vai receber uns amigos em casa e quer impressionar na cozinha? Saiba que eu tenho o que você procura. Que tal preparar para os convidados um delicioso Lagarto de boi recheado com toucinho defumado? Ele é fácil de fazer, leva poucos ingredientes e é perfeito! Com as dicas de preparação a seguir, prepare-se, você só receberá elogios. Gostou da ideia? Então, mãos à obra!

Pragas do maracujá - controle de pulgões, percevejos e lagartas

As lagartas atacam o pomar, em períodos secos do ano, de junho a agosto, principalmente as folhas novas. As borboletas colocam seus ovos na face inferior das folhas, de onde saem as lagartas, que passam a comer as folhas, reduzindo a área fotossintética, afetando a produção. Em plantas jovens, os prejuízos podem ser maiores, porque as lagartas podem causar desfolha total, levando-as à morte, no caso de ataques sucessivos.

Controle das principais pragas do milho

Há diversas pragas que atacam a cultura do milho, mas algumas delas, como a Lagarta-rosca, a Cigarrinha-do-milho e a Lagarta-da-espiga, demandam maior atenção por causarem maiores prejuízos às lavouras. Por isso, é necessário que o produtor rural conheça os princípios de controle, considerando o nível de dano econômico e suas formas de controle. Principalmente porque a maioria das pragas pode atuar de diversas formas, dizimando toda a plantação, ou ainda promovendo o apodrecimento das raízes da planta.

Lagarto recheado com molho quatro queijos

Ouvi você dizer que está com vontade de comer carne? É isso mesmo? Então, chegouuuuuuuu a tão desejada receita: Lagarto recheado com molho quatro queijos. E óh, prepare-se! Além de comer até não aguentar mais, você vai lamber o prato! Rsrsrs. Para acompanhar, prepare um delicioso arroz branco, bem soltinho, e salada.

Coco Macaúba - principais pragas que atacam as mudas em viveiros

O viveiro é um local destinado à produção de mudas, portanto, de fundamental importância para a implantação da cultura da macaúba. Entretanto, apesar de apresentar um ambiente mais controlado que as condições de campo, o ataque de pragas pode acontecer. Segundo Dr. Luiz Ângelo Mirisola Filho, professor do Curso a Distância CPT Cultivo e Processamento de Coco Macaúba para Produção de Biodiesel, em Livro+DVD e Curso Online, "A primeira ameaça é contra as sementes, que podem ser atacadas por roedores, que delas se alimentam". Depois da semente germinada, quatro pragas se destacam nos viveiros de macaúba: ácaro vermelho, pulgão, cochonilha e lagarta rosca.

Atendimento Online
Quer Facilidade