WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "formas-de-avaliar-o-aluno" ()

Avaliação escolar, processo de caráter contínuo e integral

Silva (1992) afirma que "avaliação da aprendizagem é um processo sistemático, contínuo e integral, destinado a determinar até que ponto os objetivos educacionais foram alcançados". Essa definição esclarece que a avaliação escolar implica julgamento de valor: ao se analisar, por exemplo, os resultados de determinada medida, faz-se necessário que se julgue a aceitação ou não desses resultados como uma indicação de que o aluno alcançou o que dele se esperava. Essa conceituação delimita características do processo avaliativo, sugerindo que a avaliação só terá sentido se os objetivos estiverem claramente definidos.

Avaliação do aluno nos ensinos fundamental e médio

O exercício de dar aulas é uma atividade complexa. Além de exigir conhecimento dos professores, essa prática exige outra série de habilidades. Primeiramente, é preciso ter uma boa didática. Na profissão, é necessário que o professor passe o conhecimento que ele possui ao aluno de forma eficiente. Muitas pessoas sabem muito mas não conseguem passá-las adiante.

Como avaliar corretamente os alunos

Dentro de uma concepção pedagógica mais moderna, o aluno precisa participar da construção de seu próprio conhecimento. Nessa visão, em que educar é formar e aprender, construindo o próprio saber, a avaliação não se reduz apenas a atribuir notas. Se o ato de ensinar e aprender consiste na realização em mudanças e aquisições de comportamentos motores, cognitivos, afetivos e sociais, o ato de avaliar consiste em verificar se eles estão sendo realmente atingidos e em que grau se dá essa consecução, para ajudar o aluno a avançar na aprendizagem e na construção do seu saber.

Professor - como ensinar bem para os alunos aprenderem mais em sala de aula

Em sala de aula, o ensino deve ser visto como um processo dinâmico, no qual a participação do aluno nas aulas é fundamental para o seu aprendizado. Para auxiliar os professores nesta tarefa, atingindo principalmente aqueles que menos aprendem, existe uma grande variedade de formas de como uma informação pode ser levada até o aluno, nas quais diversos canais representacionais podem ser combinados.

Inclusão escolar: o que dizer sobre isso?

Incluir não significa apenas receber o aluno com deficiência nas escolas comuns. Educar de forma inclusiva é encontrar um caminho pedagógico para alcançar o aprendizado de cada aluno individualmente, já que as deficiências interferem diretamente no processo de ensino-aprendizagem. "Se não houver boa vontade por parte dos envolvidos no processo de inclusão escolar da pessoa com deficiência, qualquer aparato legal não tem valor", afirma Emiliane Rezende, professora do Curso a Distância CPT Educação Inclusiva e Educação Especial, em Livro+DVD e Curso Online.

Por que os cães latem? Como corrigir os excessos?

O latido é uma das formas de comunicação dos cães e dependendo do cachorro, eles latem para tudo e para todos. Querer que o cão nunca se manifeste é impossível. Como é uma forma de comunicação, existem diversos latidos diferentes para as situações que o cão está vivenciando. Como os latidos de cães, de forma geral, são muito desagradáveis, é necessário conhecer a causa desse latido para poder interferir, corrigindo os excessos de forma correta.

Professor: 3 práticas que comprometem a aprendizagem dos alunos

Se você, professor, ama sua profissão e anseia pela aprendizagem dos seus alunos, saiba que existem três erros cruciais que comprometem a eficiência do ensino em geral dos alunos e, particularmente, das metodologias ativas. São eles: propor atividades triviais, propor atividades muito longas e chamar voluntários para as respostas.

Como o professor da educação infantil deve orientar os alunos nas pesquisas na internet

Ao fazerem um trabalho de pesquisa na internet, os alunos precisarão de orientações para que possam reduzir o tempo perdido e para que os resultados sejam mais satisfatórios. Para isso, o professor deverá coordenar as pesquisas de forma a atingir objetivos específicos, monitorando cada etapa das pesquisas. Deve-se fazer, previamente, uma busca sobre o tema que irá propor aos alunos, identificando possíveis problemas que venham a ocorrer ou elementos que possam dificultar a obtenção de resultados, ou mesmo direcionar os alunos a caminhos inadequados.

7 dicas para melhorar o desempenho escolar

Quer melhorar o desempenho de sua escola? Faça um sólido planejamento das atividades a serem desenvolvidas no decorrer do ano letivo com os alunos. Uma boa forma de iniciar este processo de gestão escolar é analisando o desempenho alcançado no ano anterior. Entram aqui fatores como os indicadores de aprendizagem, as condições oferecidas pela escola aos alunos e professores, as estratégias didáticas, o trabalho da equipe gestora, o trabalho do conselho de classe, entre outras. Fazendo isto, consegue-se obter um balanço sobre quais atividades foram efetivamente aproveitadas no processo ensino/aprendizado dos alunos, podendo a equipe gestora, enfim, definir entre quais atividades deverá manter e quais delas deverão ser modificadas, para que os alunos aproveitem ao máximo os ensinamentos

Professores: conheçam as estratégias para a educação de alunos deficientes

As estratégias de trabalho para a educação de alunos deficientes não diferem muitos das estratégias utilizadas com os alunos não deficientes. O desafio da escola hoje é o de encontrar um caminho pedagógico para alcançar o aprendizado de cada aluno, especificamente, uma vez que as deficiências constituem um grupo bastante heterogêneo com características que interferem diretamente na aprendizagem.

Fique por dentro das novidades!