Resultados da busca para "fontes-de-contamina"

Produção de embutidos: o que pode contaminar os alimentos?

Para a contaminação dos alimentos acontecer, é necessária a existência de uma fonte, que representa o veículo transportador do material estranho até o alimento limpo. Esta fonte é denominada "fonte contaminante", afirma Newton de Alencar, professor do Curso a Distância CPT Produção de Embutidos, em Livro+DVD e Curso online.

Contaminação cruzada: você sabe o que é?

A contaminação cruzada ocorre quando produtos contaminados entram em contato direto ou indireto com alimentos prontos para o consumo. “Como exemplo, podemos citar os alimentos crus armazenados em cima de alimentos cozidos; e mãos contaminadas em contato com equipamentos e utensílios mal higienizados”, afirma Newton de Alencar, professor do Curso a Distância CPT Produção de Defumados, em Livro+DVD e Curso Online.

Como evitar a contaminação de alimentos em supermercados

Os alimentos, para serem consumidos, precisam ser manipulados com muito cuidado e critérios, para que não ocorra contaminações que causam incômodos ou doenças aos seres humanos. Para que isso aconteça, é preciso adotar técnicas de segurança alimentar, que consistem em manter os alimentos livres de elementos nocivos à saúde humana. Quais são as fontes de contaminação? Como os microrganismos se desenvolvem? O que eles podem causar nos alimentos e nos consumidores? O que fazer para evitar as fontes contamidoras?

Alimentos congelados - cuidados para evitar a contaminação alimentar

Principais causas de contaminação dos produtos congelados: Uso de alimentos cozidos que estão contaminados por bactérias venenosas; Cozimento insuficiente dos alimentos; Contaminação cruzada entre alimentos crus e cozidos, durante as fases de preparação e armazenamento; Manipuladores infectados; Uso incorreto e descuidado dos restos de alimentos; e Contaminação cruzada, devido à ignorância e ao descuido nas técnicas de limpeza e desinfecção.

Contaminação direta e contaminação cruzada de alimentos

Sabemos que bactérias, fungos e vírus são microrganismos que se reproduzem em grande velocidade, infectando e contaminando os alimentos, se estes não estiverem acondicionados corretamente, climatizados, aquecidos ou refrigerados. "A regra de boas maneiras e práticas de higiene é manter tudo sempre limpo, não deixando alimentos expostos, e nem resíduos em cantos, frestas e utensílios sujos", afirma Aldo Alves, professor do Curso a Distância CPT Capacitação de Maître, em Livro+DVD e Curso Online. Isso, além de evitar que insetos e roedores sejam atraídos, dificultará a proliferação de bactérias e fungos nocivos à saúde.

Fonte de energia renovável e fonte de energia não-renovável: diferença

É importante que a humanidade se preocupe seriamente com o impacto das atuais políticas energéticas sobre a sociedade e o meio ambiente. Basicamente, as diversas formas de energia utilizadas na Terra pelo homem podem ser agrupadas em duas categorias, ou seja, uma composta pelas fontes de energias renováveis e a outra composta pelas não-renováveis.

Como os alimentos se contaminam e como evitar que isso aconteça?

Os alimentos são excelentes substratos onde se desenvolvem numerosas espécies e variedades de microrganismos, por vários fatores ambientais. De todos os microrganismos, as bactérias são as de maior participação nos processos de contaminações de alimentos, pois atuam sob numerosos tipos de substratos, sob diferentes faixas de temperatura e de pH, bem como de condições do meio ambiente.

Saneamento rural - como obter água de boa qualidade para o consumo

Muitas pessoas acreditam que o meio rural, por estar longe da poluição das cidades, está livre de agentes nocivos à saúde, principalmente quando se pensa em água de boa qualidade para o consumo. Este pensamento não condiz com a verdade, uma vez que até mesmo nos campos a água, importante instrumento para a sobrevivência dos seres vivos, pode ser responsável pela ocorrência de surtos, por conter impurezas e agentes contaminantes transmissores de doenças. Porém, é perfeitamente possível preservar a qualidade da água rural, adotando técnicas e cuidados simples que evitam que os mananciais recebam fontes de contaminação, altamente indesejáveis. Entre as técnicas, citam-se:

Como os alimentos se contaminam

A contaminação dos alimentos ocorre devido à presença de microrganismos (bactérias, fungos, leveduras, vírus, entre outros), causando mau cheiro, sabor ruim e modificando a sua aparência natural. Em alguns casos, o alimento se encontra contaminado, mas as modificações não são perceptíveis, o que é ainda mais perigoso.

Águas naturais cada vez mais contaminadas transmitem doenças infecciosas no meio rural

Trabalhos científicos realizados pela Embrapa têm mostrado que em determinadas regiões até 98% das águas naturais analisadas apresentaram bactérias de origem fecal, que é o parâmetro indicativo de poluição por esgoto. Esses trabalhos foram realizados em áreas rurais, onde era de se esperar menor poluição dos recursos hídricos. A água microbiologicamente contaminada pode transmitir grande variedade de doenças infecciosas, de diversas maneiras: diretamente pela água (provocada pela ingestão de água contaminada); causadas pela falta de limpeza e de higiene com água e veiculadas por parasitas encontrados em organismos que vivem na água.

Atendimento Online
Quer Facilidade