WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "espassamento-das-mudas-de-cafe" ()

Café orgânico - produção de mudas de meio ano e de um ano

Produzir mudas para a produção orgânica de café é bem diferente do sistema de formação para o cultivo convencional. Algumas modificações são necessárias para atender as normas intrínsecas à agricultura orgânica. A formação de mudas sadias e bem desenvolvidas é uma etapa fundamental para que o cafeicultor tenha sucesso.

Mudas de café: da localização do viveiro à semeadura

Para produzir mudas de café em viveiros, devemos avaliar alguns aspectos importantes, como localização, luminosidade, tipo de substrato e semeadura. Dessa forma, serão desenvolvidas mudas de qualidade e, consequentemente, será obtido um café de alto valor no mercado.

Receitas com café: Pavê Gelado de Café e Sorvete de Café

O café é tema de reiterados estudos e muitas conclusões indicam um caminho já bem conhecido pelos apreciadores dessa bebida: o café é benéfico à saúde. Além da cafeína, o café apresenta lactona cuja atuação beneficia o cérebro, estimulando a memória, a atenção e a concentração. Da mesma forma, o consumo de café diminui a ocorrência de apatia e de depressão. A bebida também pode prevenir o consumo de drogas e álcool.

Formação de mudas de café em saquinhos

O acirramento da competição internacional exige do cafeicultor maior eficiência, que é, também, uma condição necessária para que ele se mantenha na atividade. A competitividade pode ser conseguida pela alta produtividade de cafezais adequadamente instalados. Um dos fatores fundamentais para o sucesso na cafeicultura empresarial é a produção de mudas vigorosas e sadias. Principalmente, quando se considera que o cafeeiro é uma cultura perene e que os erros cometidos na fase inicial de implantação, dificilmente, poderão ser sanados.

Quais os grãos de café mais produzidos no Brasil?

Nosso país lidera como um dos maiores produtores e exportadores de café do ranking mundial. De todos os estados, Minas Gerais é o que mais produz e exporta café, além de abranger praticamente a metade da produção nacional. Atualmente, os grãos de café mais produzidos no Brasil são o arábica e o conilon (ou robusta).

Café da manhã: um diferencial de peso dos melhores hotéis

Pão francês, pão integral, pão de queijo, pão com parmesão, pão de mandioca, ovos mexidos, ovos fritos, tapioca, variados sucos naturais e em caixinhas, iogurtes, geleias, manteiga, frios variados (mussarela, presunto, peito de peru, salame, lombo defumado), frutas (mamão, melão, melancia, goiaba, maracujá, banana, ameixa) em pedaços ou inteiras, deliciosos salgados, bolos diversos (chocolate, pão de mel, banana, bolo de pera, brigadeiro, formigueiro e os típicos da região), batatas, waffles e panquecas, queijos, como o gouda e o brie, tortas de frango ou de camarão, crepes doces e salgados, enfim, quando o assunto é café da manhã, diversificar o café da manhã é essencial, principalmente quando se trata de um diferencial de peso do hotel.

História do café, da bebida café e das cafeterias

A palavra café vem do árabe Kahoua ou Qahwa, o excitante, e designa o fruto do cafeeiro. Essa planta é originária da Etiópia, no centro da África, onde faz parte da vegetação natural. Por meio dela, prepara-se uma bebida por infusão de água quente com seus grãos torrados e moídos. Atualmente, o Brasil é o maior produtor mundial de café, sendo responsável por 30% do mercado internacional de café e o segundo maior consumidor, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Princípios básicos seguidos pelos maiores produtores de café orgânico

Os produtores de café orgânico acatam severamente dois princípios básicos: I. Não utilizam agrotóxicos, que desequilibram o solo, a planta e eliminam os inimigos naturais; II. Os sistemas de produção orgânica geram um equilíbrio solo/planta pelo uso da matéria orgânica, produzindo plantas mais resistentes a pragas e doenças. Os principais países produtores de café orgânico certificados são México, Peru, Guatemala, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador, Brasil e Colômbia. A produção mexicana foi a primeira a ter a certificação orgânica e, atualmente, é o com maior produção mundial. Segundo o Conselho Mexicano do café, os produtores de café orgânico são principalmente camponeses indígenas dos Estados de Chiapas, Oaxaca, Vera cruz e Guerrero. No Brasil, as principais regiões produtoras de café orgânico são o Espirito Santo, o sul de Minas e o interior de São Paulo, além dos Estados da Bahia, do Ceará e Paraná.

Café orgânico - a produtividade da lavoura depende dos conhecimentos sobre o sistema de plantio

Qualquer cafeicultor deseja que seu cultivo tenha alta produtividade. E, para que isso ocorra, é necessário conduzir a lavoura com o máximo de conhecimento sobre os fatores que favorecem o melhor crescimento e desenvolvimento para a maior produção da planta. Um desses fatores essenciais para o sucesso da produção de café orgânico é a boa escolha do local onde se instalará a lavoura. Assim, quanto mais informações sobre o plantio na cafeicultura orgânica, maior será o sucesso e o lucro com o cafezal.

Classificação do café para torrefação

Antes de seguir para o processo de torrefação são avaliados diferentes padrões de qualidade do café, os quais são estabelecidos de acordo com os seguintes critérios, como a presença de impurezas; o tamanho e cor dos grãos; e as características sensoriais, ou seja, o aroma e o sabor do café, entre outros. A avaliação desses parâmetros é feita por meio da classificação do produto, a qual deverá ser feita antes do café ser armazenado.

Fique por dentro das novidades!