WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "engorda-de-carpas-capim" ()

Gramas e gramados - como fazer o controle de plantas daninhas

As plantas daninhas, como o Capim-pé-de-galinha, o Capim marmelada e o Capim braquiária, quando crescem, interferem no desenvolvimento da grama, causando prejuízos na produção, competindo com a cultura por água, luz e nutrientes, exercendo, em certas vezes, inibição química. Alguns estudos mostram que 20 a 30% da produção nacional de grama se perde por causa do ataque de plantas daninhas, além de elas serem hospedeiras de pragas e doenças. As práticas mais difundidas para o controle das plantas daninhas são: o arranquio, a capina, a roçada e, por fim, o controle químico.

Carpas comuns e carpas coloridas (Nishikigois)

A palavra carpa vem do alemão Karpfen. É um peixe teleósteo de nome científico Cyprinus carpio (L.), da família da família Cyprinidae. Muito encontrado em lagos de água doce e rios da Ásia (mais especificamente da China), Europa e África, pode ser criado em vários ambientes, adaptando-se bem a tanques externos. Possui escamas cicloides bem grandes, podendo revestir todo seu corpo ou apenas alguns aglomerados em certos pontos, dependendo da variedade. Possui um corpo bastante arqueado no dorso e mais retilíneo na região ventral. Possui uma boca pequena, repleta de barbilhões curtos, ao invés de dentes. Os machos diferenciam-se das fêmeas pela grande nadadeira ventral. É um peixe ovíparo e come todo o tipo de alimento. Pode chegar a 1,2 m e 20 kg.

Aprenda sobre a planta daninha capim-amargoso

O capim-amargoso (Digitaria insularis) é uma das plantas daninhas mais prejudiciais a cultivos de grãos, como milho e soja. São mais de dois anos de ciclo produtivo com propagação por sementes e desenvolvimento de rizomas – espécie de caule enraizado, que cresce horizontalmente, o que favorece a sua rebrota.

Carpa japonesa comum: reprodução natural em viveiro

A carpa japonesa comum atinge a maturidade sexual com um ano de vida, mas, para a produção comercial, é recomendado utilizar fêmeas com pelo menos quatro anos, e machos a partir de dois anos de vida. “Isso é importante para obter gametas vigorosos e em maior quantidade, o que resultará em maior número de alevinos com maior potencial de desenvolvimento”, afirma Manoel Braz, professor do Curso a Distância CPT, Produção de Alevinos, em Livro+DVD e Curso Online.

Capivara - manejo alimentar no sistema intensivo de criação

Os pastos mais frequentemente oferecidos são o capim-fino e a grama estrela. Porém, como o custo de cercar com tela de alambrado é o principal gasto para o estabelecimento da criação de capivaras no sistema semi-intensivo, seria mais interessante cercar apenas uma pequena área em volta de uma lagoa ou açude (10 a 20 m de margem) e o plantio de uma forrageira de alta produtividade fora da área do criadouro, realizando-se o corte e o fornecimento diariamente. A preferência tem sido pelo capim elefante (Napier ou Camerom) cortados em intervalos de 60 dias na estação das águas. Durante a estação seca, em virtude da menor produtividade desse capim, pode-se realizar o fornecimento intercalado com cana-de-açúcar, rolão-de-milho ou ração.

Para engordar novilhos basta soltá-los no pasto. Certo ou errado?

Errado! Na engorda e terminação de novilhos exclusivamente em pasto, os cuidados com o manejo da pastagem devem ser intensos. "A quantidade de forragem de boa qualidade disponível vai influenciar o consumo sob dois aspectos: primeiro, a qualidade do alimento ingerido; segundo a quantidade que o animal consegue consumir", afirma Adilson de Paula Almeida Aguiar, professor do Curso a Distância CPT Terminação de Bovinos em Pasto, em Livro+DVD e Curso Online.

Criação de perus - período de engorda, forma de abate e raças comerciais

Os perus comem, em média, desde o nascimento até o abate (28 semanas), 35 kg de ração e o período de engorda dura de 20 a 60 dias. Quando filhotes, período pós-nascimento, os perus devem ficar 24 horas sem comer. Passado esse tempo, a alimentação deve ser, preferencialmente, com ração balanceada composta por 26% de proteínas, até os 30 dias de idade. A partir de 1 mês de vida, o criador deverá fornecer a ração de crescimento, composta com 18 a 20% de proteína, mas, na falta desta, podem receber a de adultos. O "verde", encontrado nas pastagens, não deve faltar nunca, além de os filhotes poderem receber, ainda, quirera de milho (canjiquinha de milho), ovos cozidos picados, verduras picadas, pão com leite e aveia.

Gado de corte: tipos de currais de engorda

Há vários tipos de currais de engorda para bovinos. Estes diferem uns dos outros pela disposição dos piquetes, dos bebedouros e dos corredores de alimentação, pela forma e localização do cochos, pela presença ou não de cobertura de cochos, entre outros. O tipo de confinamento a ser implantado dependerá da propriedade, do sistema de produção e do capital disponível.

Criação de capivara - a alimentação no sistema semi-intensivo

Os pastos mais frequentemente oferecidos são o capim-fino e a grama estrela. Porém, como o custo de cercar com tela de alambrado é o principal gasto para o estabelecimento da criação de capivaras no sistema semi-intensivo, seria mais interessante cercar apenas uma pequena área em volta de uma lagoa ou açude (10 a 20 m de margem) e o plantio de uma forrageira de alta produtividade fora da área do criadouro, realizando-se o corte e fornecimento diariamente. A preferência tem sido pelo capim elefante (Napier ou Camerom) cortados em intervalos de 60 dias na estação das águas.

3 alimentos são fundamentais para a engorda de bois em pasto. Descubra!

Oferecer forragem de qualidade, tenra e nutritiva é o primeiro passo para um bom manejo. Esse será o objetivo básico do manejo das pastagens. “É necessário considerar, entretanto, que mesmo forrageiras de altíssima qualidade proporcionam ganho de peso moderado, em razão de ser um fator limitante a capacidade do animal de ingerir e digerir forragens

Fique por dentro das novidades!