WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"doencas-e-pragas-do-cajamanga"

Pragas e doenças em cogumelos comestíveis? Isso é possível?

Pragas e doenças em cogumelos comestíveis? Isso é possível? Sim, é! Tal como todas as culturas de interesse agronômico, pragas e doenças podem limitar a produção de cogumelos comestíveis, além de prejudicar a aparência e qualidade final do produto. “Para manter o cultivo com baixo índice de contaminações, doenças e pragas são essenciais todas as medidas de higiene: pasteurização eficiente do substrato ou esterilização no cultivo axênico, controle preventivo de pragas que são vetores de contaminantes e patógenos e tecnologia de cultivo a mais controlada possível, desde a fase de colonização do composto pelo cogumelo”, afirma Fernanda Silveira Bueno, professora do Curso a Distância CPT Cultivo de Cogumelo Shiitake em Substratos, em Livro+DVD e Curso Online.

Produção de acerola - principais pragas e doenças da aceroleira

As pragas e doenças que atacam a aceroleira sempre trazem prejuízos ao produtor, atrapalhando o sucesso do investimento. Portanto, é imperativo fazer inspeções constantes na plantação com o objetivo de identificar todos os problemas no pomar de acerola. Neste sentido, é primordial atestar a presença de pragas, tais como a Mosca-das-frutas, Cochonilhas e os Pulgões, além das doenças, como a Mancha-das-folhas, Verrugose e Antracnose.

Principais pragas e doenças do morangueiro

Para prevenir pragas e doenças no morangueiro, o primeiro passo é escolher mudas de boa procedência, com boas condições fitossanitárias. Vale lembrar que mudas sadias facilitam o controle de doenças bacterianas, viróticas e fúngicas, além de nematoides. Caso contrário, a produção de morangos pode chegar a perdas imensuráveis, com sérios prejuízos ao produtor.

Controle das pragas e doenças do pessegueiro

As pragas e as doenças sempre são uma ameaça a qualquer cultura, mesmo para aquelas que são conduzidas de forma adequada. No Brasil, as pragas que atacam o pessegueiro são relativamente poucas. Já as doenças são consideradas como um dos principais problemas que surgem durante a condução do pomar. A sua intensidade varia de acordo com as condições climáticas, com a cultivar implantada, com a localização do pomar, com o tipo de solo, os tratos culturais, o ataque de insetos e o estado nutricional das plantas. Com o controle adequado das pragas e doenças, os riscos de perdas na produção podem ser reduzidos satisfatoriamente.

Quais as pragas e doenças mais comuns em roseiras?

A ferrugem é uma das doenças mais agressivas à roseira. Ao ser acometida por esse mal, surgem manchas amarelas na superfície e nas laterais das folhas da planta. Quando a doença está em estágio avançado, as folhas não recuperam a pigmentação e caem. Essas folhas com ferrugem devem ser removidas e eliminadas para não passar para as demais roseiras.

Plantação de Pepino em estufas - principais pragas e doenças

O cultivo em estufa oferece boas condições para o pepino, mas é condição ideal para a maioria das pragas e doenças. Por isto, o monitoramento deve ser feito diariamente e caso não haja possibilidade de agir preventivamente, o controle deve ser feito com o surgimento dos primeiros sinais ou sintomas das pragas e doenças. Entre as doenças que mais atacam a produção de pepino em estufas, estão:

Tomate hidropônico - controle doenças e pragas e obtenha sucesso na produção

O aumento na produtividade do tomateiro produzido por meio de cultivo hidropônico vem superando o cultivo em solo. Segundo os produtores que vêm trabalhando com o cultivo de tomates hidropônicos, o número de doenças e pragas que causam danos econômicos são muito menores do que em lavouras de campo. No entanto, para evitar que alguma doença ou praga ataque seus pés de tomate, o produtor experiente deve ficar atento às suas plantas e fazer o controle necessário, o que trará o sucesso da produção

Pomar - como combater as principais doenças e pragas sem o uso de agrotóxicos

Um pomar é atacado por inúmeras pragas e doenças, que acabam trazendo problemas sérios para o volume e para a qualidade da produção final. Sem dizer que as plantas ficam altamente debilitadas e podem vir a morrer. O controle de pragas e doenças não pode sofrer descuido. Isto é, não pode existir dificuldades operacionais. Por isso, os pomares devem ser planejados de forma a garantir essa e outras práticas.

Pragas e doenças da violeta – e como combatê-las!

As violetas são flores amplamente utilizadas para decorar ambientes e são facilmente encontradas em muitos lares. Porém, toda a sua beleza pode ser prejudicada por conta de pragas e doenças que as atacam e que podem até matá-las. Por isso, é preciso ficar atento ao cuidar de violetas.

Pragas e doenças do maracujá - controle preventivo

O controle preventivo de pragas e doenças do maracujá, após a germinação, é imprescindível para se obter boa produtividade da cultura, bem como evitar prejuízos ao produtor. Há, no mercado, produtos bastante eficientes como o Cartap, o Óxido Cuproso, o Oxicloreto de Cobre e a Agrimicina. No entanto, todo o cuidado é pouco, pois todos são bastante tóxicos, por isso, sua aplicação deve ser feita mediante todos os cuidados prescritos no rótulo e com a utilização de Equipamento de Proteção Individual (EPI). Além disso, esses produtos devem ser prescritos por um engenheiro agrônomo, que deverá orientar sobre sua utilização.

Fique por dentro das novidades!