WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"doencas-dos-perus"

Criação de perus: doenças, alimentação e reprodução

Sabendo-se que os perus são muito sensíveis às doenças, principalmente na primeira fase de vida, é muito importante que o criador tenha em mente que nunca deverá deixá-los junto com outras aves nos primeiros 90 dias de vida. As piores vilãs para a criação de perus, ou seja, aquelas que podem sim comprometer o sucesso da criação, são as galinhas. Elas transmitem doenças como a entero-hepatite, uma das mais graves para os perus.

Perus - você sabe como iniciar uma criação doméstica?

A criação doméstica de perus (galiformes do gênero Meleagris, originário da América do Norte) é apontada como uma atividade em grande crescimento no Brasil. Graças às suas condições de clima, solo e tecnologia, o País produz 337 mil toneladas de carne de peru por ano, das quais 90% são direcionadas à exportação, já que o consumo interno fica muito restrito à época de Natal. Mas a atividade não para por aí; outras vantagens ainda podem ser acrescentadas à atividade: com seus detritos produz-se um esterco de qualidade superior ao de boi ou cavalo; suas penas são aproveitadas para usos diversos e seus ovos, apesar de serem de grande qualidade para o consumo humano, são destinados à incubação.

Criação de perus - infraestrutura necessária

Na criação doméstica, os perus podem ser mantidos confinados ou, então, soltos em cercados. As infraestruturas podem ser simples, porém devem ser sempre muito bem higienizadas e é muito importante que os perus recebam toda assistência e controle possível, de forma a garantir o sucesso da criação.

Doenças aviárias do tipo virose

Várias doenças atacam as aves. A maioria delas são respiratórias. Quando bem tratadas e tendo o manejo correto, tornam-se muito mais resistentes a esses fatores patogênicos. A prevenção de algumas doenças pode ser feita por meio de vacinas, no entanto, nem todas possuem essa proteção. As principais doenças aviárias são:

Doenças bacterianas na avicultura: clostridiose

O complexo de doenças que causam as clostridioses é um tema relevante na área de medicina veterinária. Essas doenças são causadas por bactérias que produzem toxinas violentas que atacam o plantel avícola. “A clostridiose não afeta apenas o frango e as galinhas, atinge também aves aquáticas, codornas e perus”, explica Marcelo Dias da Silva, professor do Curso CPT Avicultura – Produção e Principais Doenças.

Diagnóstico bovino 100% certo? Conheça melhor as doenças!

É impossível chegar a um diagnóstico sem conhecer as doenças, sendo necessário classificá-las quanto à sintomatologia e quanto a causa para auxiliar esse processo, explica Dr. Paolo Antônio Dutra Vivenza, professor do Curso CPT Clínica Médica de Bovinos. Dessa forma, tem-se:

Doenças do maracujá: controle da Bacteriose

A bacteriose é uma doença causada pela bactéria Xanthomonas campestris pv passiflorae Per, sendo uma das doenças mais importantes da cultura, especialmente quando associada à Antracnose. As lesões geralmente são mais facilmente perceptíveis nas folhagens internas da planta. Começam no limbo por pequenas pontuações translúcidas de aspecto aquoso, que depois evoluem para uma coloração mais escura, quando então podem tomar diversos formatos, dificilmente arredondados, e com o tamanho médio de 3 a 4 mm.

Doenças da Seringueira - Antracnose do Painel e Cancro da Haste

A Antracnose do Painel é uma doença do tronco, do painel de sangria da seringueira, causada pelo fungo Colletotrichum gloeosporioides, presente, principalmente, nos seringais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso. Os sintomas se assemelham aos do cancro estriado.

Criação de perus: reprodução, postura de ovos, incubação e sexagem

A proporção entre aves deve ser de 1 macho para 8 a 10 fêmeas. Os perus selecionados para a reprodução podem ficar em liberdade até que se formem os lotes destinados à postura. Definida esta etapa, as aves devem ser presas em cercados, já que necessitam de maior assistência e para que, futuramente, seja mais fácil a colheita dos ovos.

Plantação de tomate - doenças causadas por bactérias

Muitos alimentos são jogados fora, porque não atendem ao padrão para a sua comercialização. Entre os fatores que influenciam diretamente na perda dos alimentos estão as doenças. O tomateiro pode ser atacado por diversas doenças, causadas por fungos, bactérias, nematoides ou vírus. Pode, também, apresentar distúrbios fisiológicos causados por falta ou excesso de nutrientes, falta ou excesso de água no solo, exposição excessiva ao sol e outros fatores ambientais.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!