Resultados da busca para "doce-de-figo-em-corte"

Cestinha de figo com musse de limão - aprenda fazer

Quer uma dica para repaginar o velho e delicioso doce de figo e brilhar nesse Natal? A receita da semana é prepara para a mesa de doces lindas cestinhas de figo recheadas com musse de limão, e para deixar o visual ainda mais lindo, pedaços de castanhas sobre fios de ovos. Gostou da ideia? Então, aprenda a fazer!

Doces de fruta em barra - Receita de Doce de Maracujá

Dependendo da produção de frutas de sua propriedade a fabricação de doces de fruta em barra, como o doce de maracujá, é uma atividade muito importante, principalmente, para o pequeno produtor rural, porque agrega valor à sua produção e aumenta a sua renda. Além disso, o doce de maracujá é um doce muito procurado no mercado, além de o maracujá ser uma fruta bastante saudável.

Tipos de cortes em legumes

Um dos objetivos de cortar os legumes de forma padronizada é criar condições para que a cocção e a liberação dos sabores e dos nutrientes aconteçam de maneira uniforme. Portanto, os legumes deverão ser cortados de acordo com o tempo de cocção que lhe será aplicado. Assim, se uma determinada produção exigir que a cocção seja feita mais rapidamente, os vegetais deverão ser cortados em partes menores. Outra razão importante é que a apresentação dos legumes, no prato, ficará mais bonita e atraente.

Petit Gâteau de Doce de Leite - aprenda a fazer

Sabe aqueles dias que bate uma vontade louca de comer um doce com aquele delicioso gostinho de leite e você não sabe exatamente qual é? De repente, para deixar a sua vida ainda mais confusa, você começa a imaginar como seria a sensação de saborear esse doce na temperatura frio e quente ao mesmo tempo? Então, saiba que esse desejo repetindo tem nome e satisfazê-lo e mais fácil do que você imagina. Quer saber qual é? Petit Gâteau de Doce de Leite. Que tal matar a vontade? Se você gostou da ideia, compre os ingredientes abaixo e mãos à obra!

Guia prático para plantar erva-doce

A erva-doce ou funcho (Foeniculum vulgare) é uma planta medicinal perene, que também pode ser cultivada anual ou bienalmente. Originária do Mediterrâneo, a erva-doce pode alcançar 2,5 metros, com folhas de até 40 centímetros e pequeninas flores aromáticas. Desde a época de nossas avós, a erva-doce é utilizada como tratamento natural de cólicas intestinais em bebês.

Aumente sua fonte de renda produzindo doces finos para festas

Nos dias de hoje, é notável a preferência dos consumidores pelos doces finos esperados com bastante ansiedade nos eventos festivos mais requintados. Afinal, ninguém é capaz de resistir ao charme e às tentações provocadas por um bombom feito com ingredientes diferenciados, bem acabado e servido de forma especial.

A indústria caseira de figo cristalizado evita o desperdício da fruta e gera renda ao produtor rural

A indústria caseira de alimentos cristalizados, entre eles o figo, constitui um excelente empreendimento como forma de apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar. A atividade possibilita, além acabar com o desperdício de frutas, gerar uma fonte de renda extra às famílias, agregar valor ao produto, resgatar tradições e, ainda, valorizar os produtos regionais. Para aqueles que querem fazer um melhor aproveitamento da produção e ainda ganhar um dinheiro extra ao final do mês, uma boa dica é a fabricação caseira do figo cristalizado. Veja o passo a passo abaixo e mãos à obra!

Horta - como plantar batata-doce (Ipomoea batatas) de forma orgânica

A batata-doce, cujo nome científico é Ipomoea batatas, é uma hortaliça tuberosa, melhor produzida em clima quente, com temperaturas noturnas e diurnas superiores a 20 graus centígrados, e alta luminosidade. Seu cultivo orgânico é feito, preferencialmente, no período chuvoso e quente. Entretanto, pode ser cultivada, também, em locais com clima ameno, mas que não sejam demasiadamente frios. Normalmente, a época de plantio vai de outubro até janeiro em locais de altitude. Em regiões baixas, com inverno ameno, ou seja, não muito frio, pode ser cultivada o ano todo.

Doces de fruta em barra - o aproveitamento das frutas agrega valor à produção

O aproveitamento das frutas produzidas na propriedade para fabricação de doces de fruta em barra, tais como goiabada, bananada e outros, é uma atividade muito importante, principalmente, para o pequeno produtor rural, porque agrega valor à sua produção e aumenta a sua renda. É interessante, também, como aproveitamento das frutas de final de safra, ou aquelas que não dão classificação adequada para o mercado de frutas in natura. Além disso, possibilita o aproveitamento das partes das frutas que não são utilizadas no processamento de compotas, geleias e doces cristalizados.

A fabricação de doces em calda e compotas aumenta a renda familiar no Brasil

O Brasil, País de enorme extensão territorial, possui todos os fatores desejáveis à produção de frutas. De norte a sul, listam-se inúmeras variedades produzidas para atender ao consumo interno, externo e, também, para a industrialização. No entanto, tamanha demanda acarreta também em prejuízos, já que muitas das frutas, de alguma maneira, acabam se estragando, seja na colheita, no transporte ou até mesmo durante a comercialização. Apesar dos danos físicos sofridos, muitas vezes as frutas não perdem suas propriedades, tornando o descarte uma ação impensada. Essas frutas podem e devem ser reaproveitadas e, quando feitas de forma correta, geram renda extra às famílias. Uma boa forma de fazer do descarte de frutas um lucro real é com a fabricação de doces em calda e compotas.

Atendimento Online
Quer Facilidade