WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "difernca-do-macho-da-femea-da-angola" ()

Hábitos e características da galinha da angola

Galinhas da angola, ou numida melagris galeata, constituem uma espécie avícola cujas características são bastante próximas às dos faisões. Essa ave é originária da África e foi trazida para o Brasil pelos portugueses durante o período de colonização. Mesmo depois de tanto tempo sendo considerada um animal domesticado, a galinha da angola ainda apresenta traços dos seus hábitos selvagens. Elas voam sempre que se sentem ameaçadas e escondem seus ninhos em locais de difícil acesso quando são criadas soltas na propriedade.

Galinha D`Angola - sua criação pode gerar lucro certo para o produtor

A galinha D'Angola surgiu, como o próprio nome já diz, em Angola, na África. Muito conhecida também como guiné, galinha-do-mato, capote, capota, sakué, pintada ou fraca, é uma ave bastante procurada no mercado, pois além de fornecer carne e ovos. Sua carne tem consistência firme e é muito saborosa, sendo comparada a do faisão. Muitos a criam como ornamental, pois possui penas muito bonitas. Por ser muito barulhenta e estressada, a Galinha D'Angola é usada como animal de guarda, além de colaborar com o equilíbrio biológico, pois devora lagartas, formigas, carrapatos, cobras e escorpiões.

Galinha D'angola - saiba tudo sobre a criação dessas aves

As galinhas d'angola são aves de grande beleza, de plumagem alvinegro, barulhentas e de carne muito saborosa e calórica. Por possuir gosto muito característico, parecido com o do faisão, sua carne é muito apreciada na gastronomia para a confecção de pratos finos e pode ser encontrada em restaurantes sofisticados por todo o país. Típicas do norte e do nordeste do Brasil, elas fornecem aos criadores três opções de comercialização: da carne, dos ovos e para a ornamentação, fazendo com que muitos empreendedores apostem nesta atividade sob a promessa de lucro garantido. No entanto, apesar de fácil criação, muitos cuidados devem ser dispensados às galinhas d'angola nos primeiros meses de vida, principalmente quanto a alimentação, temperatura, instalações e manejo.

Vai castrar leitões machos? Saiba o que fazer e principais cuidados

A castração dos leitões machos deve ser feita antes dos doze dias de idade; quanto mais novo for o leitão, mais simples será a operação - com uma semana, por exemplo. “O processo exige procedimentos meticulosos quanto à higiene pessoal e dos instrumentos. O tamanho do corte deve ser suficiente para permitir a drenagem adequada”, afirma Dr. Paulo César Brustolini, professor do Curso a Distância CPT Manejo de Leitões do Nascimento ao Abate.

Capivara - organização social, genitália e comportamento social em cativeiro

A organização social das capivaras, tanto em cativeiro quanto em seu habitat natural, é típica, a hierarquia é muito forte, o macho é dominante, por exemplo, é extremamente agressivo contra elementos estranhos ao grupo, o que inviabiliza a introdução de indivíduos de outros grupos, especialmente outros machos.

Como as rãs se reproduzem, você sabe?

Na natureza, a reprodução nos anfíbios Anura (rãs, sapos e pererecas) é precedida por uma vocalização do macho para atrair a fêmea. O acasalamento ocorre na água, com fecundação externa. “O macho abraça o dorso da fêmea, e simultaneamente ocorre a liberação dos gametas e, em consequência, a fecundação.

Alevinos de tilápia - reversão sexual, alimentação, comercialização e transporte

O processo de reversão sexual baseia-se no fornecimento de hormônios masculinizantes às pós-larvas. Esse manejo faz com que as gônadas das fêmeas se desenvolvam em tecido testicular, produzindo indivíduos que crescem e funcionam reprodutivamente como machos. É um método prático e eficiente, originando de 95 a 99% de machos. No entanto os produtores que optarem por produzir alevinos de tilápias para comercialização, deverão atentar-se para o fornecimento dos alevinos, bem como sua padronização.

Abelhas - funções do zangão e das operárias

Os machos da colônia, denominados zangões, possuem a única função de fecundar a rainha durante o voo nupcial. As larvas de zangões são criadas em alvéolos maiores que os alvéolos das larvas de operárias, levando 24 dias para completarem seu desenvolvimento de ovo adulto. Em determinados períodos, os machos são alimentados pelas operárias. Os zangões são maiores e mais fortes do que as operárias, mas não possuem órgãos para trabalho nem ferrão.

Peixes de água doce do Brasil - Mato-Grosso (Hyphessobrycon eques)

O Mato-Grosso é um peixe de escamas. Possui coloração, variando do vermelho brilhante ao vermelho acastanhado, e uma mácula negra próxima ao opérculo. Apresenta dimorfismo sexual, ou seja, diferenças não sexuais entre o macho e a fêmea. O macho possui a nadadeira dorsal negra, já a fêmea não possui pigmentação na parte inferior. Quanto ao corpo, o macho tem forma retilínea e a fêmea, forma roliça. Esse peixe pode alcançar os 5 cm de comprimento.

Criação de perus - reprodução, postura de ovos, incubação e sexagem

A proporção entre aves deve ser de 1 macho para 8 a 10 fêmeas. Os perus selecionados para a reprodução podem ficar em liberdade até que se formem os lotes destinados à postura. Definida esta etapa, as aves devem ser presas em cercados, já que necessitam de maior assistência e para que, futuramente, seja mais fácil a colheita dos ovos.

Fique por dentro das novidades!