WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"curso-sobre-defensivos-agricolas"

Saiba mais sobre defensivos agrícolas

Os defensivos agrícolas são utilizados no combate a pragas, doenças e plantas invasoras em lavouras e pastagens. Tudo começou no século XIX, com o aumento da população mundial e a expansão das áreas agricultáveis, para aumentar a produção de alimentos. Sem os defensivos químicos, os prejuízos causados pelas pragas e doenças às lavouras podem chegar a 40% (ou mais).

Os defensivos agrícolas são veneno?

Será realmente que os defensivos agrícolas são veneno? Segundo Paracelsus, o pai da toxicologia, podemos conceituar algo como veneno conforme a dosagem. Por esse motivo, os defensivos agrícolas são indicados por engenheiros agrônomos, especialistas no assunto

Recomendações para aplicação de defensivos agrícolas

Os defensivos agrícolas são produtos capazes de proteger as plantações contra as pragas agrícolas, que comprometem a produtividade das culturas, como café, entre outras. Entretanto, os agrotóxicos devem ser usados adequadamente, de acordo com as recomendações de profissionais especializados, como o engenheiro agrônomo.

Produção e qualidade do leite: tire suas dúvidas sobre a IN76 e IN77

As Instruções Normativas 76 e 77 dispõem sobre as etapas de produção do leite cru refrigerado, pasteurizado e do tipo A. Como objetivos, ambas buscam otimizar a produção de leite e melhorar a qualidade do leite, o que traz inúmeros benefícios ao produtor rural e ao consumidor, como aumento da rentabilidade da fazenda pecuária e melhora da reputação do produto no mercado.

Como fazer mudas com sobras de jardinagem

Para fazer mudas com sobras de jardinagem, deve-se estar atento à qualidade do material propagativo, bem como aos métodos de propagação e ao cultivo das espécies ornamentais. Outro fator importante é a disponibilidade de espaço físico para a montagem de um viveiro de mudas. Geralmente, pequenos empreendedores dispõem de pequenas áreas, o que pode ser um fator limitante.

Sobrou arroz? Recrie-o com novas receitas!

Sobrou arroz e você não sabe o que fazer com ele? A dica é recriá-lo. Como? Isso é simples: preparando novas e deliciosas receitas que, com certeza, agradarão a todos da sua família. E tem mais, a melhor parte é que você evitará desperdícios e, é claro, prejuízos. Confira as receitas abaixo, inspire-se e mãos à obra!

Faz medicina veterinária? Aprenda aqui um pouco sobre os urólitos!

Você faz medicina veterinária e precisa saber urgentemente sobre os urólitos? Então veio ao lugar certo! Aqui, de uma forma didática, simples e prática, você será capaz de assimilar bem o principal conceito que aborda essa doença. Vamos lá?

Café orgânico - a produtividade da lavoura depende dos conhecimentos sobre o sistema de plantio

Qualquer cafeicultor deseja que seu cultivo tenha alta produtividade. E, para que isso ocorra, é necessário conduzir a lavoura com o máximo de conhecimento sobre os fatores que favorecem o melhor crescimento e desenvolvimento para a maior produção da planta. Um desses fatores essenciais para o sucesso da produção de café orgânico é a boa escolha do local onde se instalará a lavoura. Assim, quanto mais informações sobre o plantio na cafeicultura orgânica, maior será o sucesso e o lucro com o cafezal.

Administração financeira - despesas fixas e despesas variáveis

Despesas variáveis são aquelas despesas que variam proporcionalmente ao volume de vendas, como, por exemplo, impostos sobre vendas (ICMS, PIS/COFINS, ISS), comissões sobre as vendas, publicidade (quando se determina uma verba sobre as vendas). Despesas fixas são aquelas despesas relacionadas à estrutura da empresa, necessárias ao seu porte operacional e são devidas, independentemente do faturamento. Na empresa comercial, podemos separar as despesas fixas em:

Técnicas de pintura a óleo sobre tela

Antes de se fazer uma bela pintura a óleo sobre tela, o artista deve conhecer todas as técnicas para que o resultado seja o desejado. Deve-se fazer um esboço daquilo que se planeja expressar no quadro. Para isso, pode-se usar lápis HB, 2 B ou carvão. Se for utilizado o carvão, é preciso que o pintor tenha um cuidado maior com possíveis manchas. Para evitar isso, deve-se reforçar o traço, limpando-o, em seguida, com um pano macio, de preferência. Caso o artista seja iniciante, poderá usar a tinta a óleo, diluída em solvente, para cobrir as manchas de carvão, ou ainda, um traço feito a lápis, que passou dos limites. Com esse procedimento, não se corre o risco de perder o desenho.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!