Resultados da busca para "curso-sistemas-silvipastoris-consorcio-de-arvores-e-pastagens"

Sistemas silvipastoris

Os sistemas silvipastoris são uma modalidade de agrofloresta que integram: árvores, pastagens e animais herbívoros. O interesse pelas árvores como componentes de pastagens é relativamente recente, e surgiu da necessidade de se manter a produtividade e persistência de sistemas de produção animal baseados em pastagens.

As pragas e a falta de diversificação de pastagens

A falta de diversificação provoca o rápido desenvolvimento de pragas e doenças das pastagens como, por exemplo, da cigarrinha das pastagens (que atacam anualmente milhões de hectares de pastagens formadas com forrageiras susceptíveis a elas) e, pior ainda, os casos de ataques severos da cigarrinha-da-cana, que até em um ano passado recente só atacava canaviais e o capim-elefante, mas que agora ataca milhões de hectares de pastagens de capim-braquiarão. Esses ataques foram apontados em 25% dos casos como a terceira principal causa da degradação de pastagens nos Estados do Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima (BARBOSA, 2006).

Sistemas silvipastoris promovem a sustentabilidade na produção do animal a pasto

A definição das espécies adequadas para implantação de sistemas silvipastoris é fundamental para o o sucesso da atividade. Nesse sentido, os objetivos do produtor são muito importantes nessa decisão. A escolha do componente arbóreo-arbustivo de um sistema silvipastoril deve ser feita, principalmente, com base no tipo de exploração pretendida, seja ela a produção florestal (madeira, celulose, resinas etc), animal (leite, carne, lã etc) ou, ainda, um sistema misto em que se obtenham produtos, comercializáveis ou não, tanto do componente florestal quanto do animal.

Empresa de limpeza - sistemas Mop de higienização de pisos

O sistema Mop é composto de equipamentos indispensáveis para se fazer a limpeza rotineira de pisos frios em geral. Existem três tipos de Mop`s amplamente utilizados pelas empresas de limpeza que atuam em todo o país: o sistema Mop pó, o sistema Mop água e o sistema Mop aplicador de cera.

Conheça os sistemas de irrigação por aspersão convencional

Implantar um sistema de irrigação requer uma série de cuidados, com o objetivo de aumentar a produção qualitativa e quantitativamente. Ao aumentar a quantidade e a qualidade dos produtos, o agricultor certamente aumentará o faturamento do negócio. Na verdade, um bom sistema de irrigação por aspersão é uma excelente ferramenta.

Controle de pragas em pastagens: como fazer

Os insetos influem significativamente na degradação das pastagens e por isso devem ser considerados. Destacam-se os cupins, as lagartas, as formigas e a cigarrinhas das pastagens. Os cupinzeiros preverem os solos ácidos, com pH na faixa de 4 a 5,5. “Por isso mesmo, é muito comum sua presença em áreas de pastagens degradadas, onde a fertilidade do solo foi esgotada”, afirma Adilson de Paula Almeida Aguiar, professor do Curso a Distância CPT Recuperação de Pastagens - Método Direto, em Livro+DVD.

Produção de ovinos em diferentes sistemas

A produção de ovinos pode ser realizada em diferentes sistemas: extensivo, semiextensivo e intensivo. Dependendo da região, onde há manejo de pastagens, a taxa de lotação de ovelhas por hectare pode variar. Mas outros fatores também podem determinar essa variação. Os fatores econômicos, por exemplo, levam a criação de ovinos ao sistema intensivo.

Insetos: importantes agentes na degradação de pastagens!

Os insetos influem de forma significativa na degradação das pastagens e por isso não podem ser desconsiderados. Destacam-se, entre eles, os cupins, as formigas, alguns tipos de lagartas e as cigarrinhas das pastagens. Os cupinzeiros ocorrem em solos ácidos, com pH na faixa de 4 a 5,5, sendo muito comum sua presença em áreas de pastagens degradadas, onde a fertilidade do solo foi esgotada. A preferência por solos ácidos indica que a calagem, no médio prazo, tende a causar a diminuição das reinfestações após o controle.

Degradação de pastagens - conheça as principais causas

As pastagens, para serem produtivas, devem ser encaradas pelos pecuaristas como qualquer outra cultura, que, para produzir satisfatoriamente, extraem nutrientes do solo. De toda forragem produzida, parte é consumida pelos animais que devolvem ao solo uma parcela dos nutrientes extraídos, e outra parcela é exportada na forma de leite, carne, ou mesmo matéria orgânica que é empregada como fertilizante em outras áreas.

Sistema orgânico de plantio de café minimiza os problemas de sustentabilidade do setor

O sistema agropecuário tem enfrentado muitos problemas com relação à sustentabilidade. A degradação do solo, a perda da matéria orgânica, a erosão, a contaminação dos alimentos e das águas, a salinização de solos, o aumento da resistência às pragas e doenças e o efeito tóxico nas plantas, animais e nos homens, devido ao intenso uso de fertilizantes e agrotóxicos, tem resultado no declínio da produtividade. E a cafeicultura reflete essa urgente mudança em seu sistema de produção. É aí que entra um novo conceito para a solução desses problemas da cafeicultura: o sistema orgânico de produção de café.

Atendimento Online
Quer Facilidade