WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"curso-para-manutencao-e-conserto-de-tanque-resfriador-de-leite"

Tanque de expansão e sala de resfriamento de leite: cuidados essenciais

O tanque de resfriamento de leite, também conhecidos como tanque de expansão, é um bom investimento para o produtor. Porém, como eles têm custo elevado, a escolha de um equipamento de qualidade é de fundamental importância, pois problemas como falta de acabamento sanitário, ineficiência do compressor, dificuldades em colocar o leite dentro do tanque entre outros podem comprometer o investimento.

Tanques de resfriamento de leite: uma solução para os produtores leiteiros

O aumento da conservação do leite, resultante do seu resfriamento, traz vantagens, como a redução de custos, sabor mais agradável, redução da quantidade de leite desclassificado por acidez e maior flexibilidade de processamento de derivados de melhor qualidade. Possibilita, também, a coleta em dias alternados.

Tanques de resfriamento de leite - benefícios, instalação e cuidados especiais com o equipamento

Preocupados com a atual situação do transporte do leite cru, produtores, administradores de cooperativas e setores do governo buscam meios alternativos para contornar o problema. Atualmente, o transporte de leite cru, em latões, é o meio mais utilizado no Brasil. Esse transporte é feito por carreteiros autônomos, e o leite é coletado nos chamados pontos de coleta, em latões de até 50 litros.

Qualidade do leite: resfriamento e transporte

A qualidade do leite é determinada essencialmente pela contagem de bactérias nele presentes (abaixo de 100.000 UFC/ml). A qualquer alteração na temperatura do tanque de refrigeração, as características qualitativas do leite são comprometidas, com consequente deterioração do produto. Em menos de 3 horas após a ordenha, o leite deve ser resfriado a 4ºC.

Leite - importância, variedades, classificações e categorias

O leite, importante complemento na alimentação, é o primeiro e o principal alimento que ingerimos durante aos seis primeiros meses de vida. É um alimento rico em vitaminas, nutrientes, sais minerais, proteínas e é de extrema importância na dieta alimentar.

Leite - cor, viscosidade, densidade e acidez

O leite fresco possui um sabor ligeiramente adocicado, principalmente devido ao seu alto conteúdo de lactose. Entretanto, todos os elementos do leite, inclusive as proteínas que são insípidas, participam de forma direta ou indireta na sensação de sabor. Sua cor deve ser branco-amarelada e opaca, sua viscosidade na escala de 2,2, sua densidade medida a 15ºC ou corrigida para esta temperatura e a acidez variando entre 6,6 e 6,8. Estas são características essenciais para um leite de qualidade, além do fator higiene.

Laticínios - a importância do consumo do leite e seus derivados para a saúde humana

Os laticínios são produtos derivados do leite, como o queijo, o iogurte, a manteiga, o creme de leite, o doce de leite, entre outros. Seu consumo é extremamente importante para a manutenção da saúde humana, atuando junto à imunologia passiva, modulação do sistema imunológico, proteção contra hipertensão, proteção contra osteoporose, prevenção do câncer, entre outros. Alguns importantes alimentos funcionais também são derivados do leite, como os leites fermentados, iogurtes e outros produtos lácteos fermentados. São alimentos nutritivos, naturais ou enriquecidos com aditivos alimentares que reduzem o risco de doenças, além de oferecerem vários benefícios à saúde, inerentes à sua composição química.

O que diz a IN77 sobre o armazenamento do leite na propriedade?

A normativa estabelece que o leite deve ser coado na propriedade rural antes de ser enviado ao resfriador. Apesar de já ser uma exigência do RISPOA, a IN 77 admitirá apenas dois tipos de sistemas: os resfriadores de expansão direto ou resfriadores em placa.

Leite - 10 recomendações para produzir leite de qualidade

Produzir leite com qualidade requer atenção a detalhes, que podem passar despercebidos, mas que influem no produto final. A seguir, é apresentada uma lista de atividades que devem ser observadas como rotina. A lista poderá ser usada para conferir se os procedimentos recomendados estão sendo seguidos ou para implementar ações onde elas não estejam sendo contempladas.

Leite - fatores que influenciam na acidez

A acidez do leite pode ser avaliada por meio da determinação do pH em aparelhos apropriados, ou por métodos de titulação. Neste caso, a acidez é expressa em graus Dornic (ºD). A legislação brasileira considera normal o leite que apresenta acidez titulável entre 15 e 18ºD. O leite fresco normal não contém ácidos, mesmo assim ele apresenta uma acidez detectável pela técnica da titulação. Isto indica que a substância química usada na técnica de titulação combina com algumas substâncias presentes no leite fresco e lhe confere esta acidez aparente.

Fique por dentro das novidades!