Resultados da busca para "curso-de-marceneiro-amador"

Marcenaria - a bancada do marceneiro, sua composição, estrutura e finalidade

Também chamada de banco de marceneiro, é a mesa de trabalho de quem trabalha com madeira. Trata-se de uma bancada equipada com morsas e prensas usadas para prender firmemente as peças que estão sendo trabalhadas, e pontos de apoio para uso de várias ferramentas. Geralmente, é feita de madeira dura como jatobá, peroba ou cabreúva, bem seca e sem defeitos.

Formação profissional de marceneiros

A cada ano, especialmente em tempos de crescimento da construção civil, como agora, aumenta o mercado de trabalho para esse profissional e, em consequência, cresce a demanda por marceneiros qualificados, com habilidade, agilidade, atenção, criatividade e precisão. O bom marceneiro conhece os instrumentos da marcenaria e entende profundamente sobre os tipos de madeira e suas características principais.

Com projetos na confecção de móveis é possível sistematizar e otimizar o trabalho

Não há duvida de que a profissão de marceneiro exige do profissional amplos conhecimentos sobre as técnicas de fabricação de móveis, matérias-primas utilizadas e as ferramentas necessárias para desenvolver seu trabalho. Entretanto, além disso, o marceneiro precisa saber como ler, analisar e interpretar um projeto.

Marceneiro: segurança no trabalho

O trabalho na marcenaria não é apenas arte, exige técnicas de quem a pratica e conhecimento de tecnologias variadas, que permitem a fabricação de móveis que possam atender às necessidades estéticas e de conforto do ser humano. Em uma marcenaria, produzem-se móveis residenciais (cama, mesa, armários, entre outros) e comerciais (balcões, vitrines, móveis de escritório, entre outros).

Marceneiro - aprenda as melhores técnicas de pré-acabamento e acabamento para móveis

O trabalho na marcenaria não é apenas arte, exige técnicas de quem a pratica e conhecimento de tecnologias variadas, que permitem a fabricação de móveis que possam atender às necessidades estéticas e de conforto do ser humano. Para isso, o marceneiro deve ser treinado para trabalhar com desenhos, croquis e especificações técnicas em função das fases estabelecidas na execução da fabricação de móveis. Da mesma forma, deve ter conhecimento sobre as matérias- primas, já que é o responsável pela escolha, em relação aos tipos, procedência e utilização de elementos de fixação.

Acabamento em móveis: preparo da superfície, envernizamento, tingimento, laqueamento, selamento e enceramento

Fabricar um móvel sem conhecer as técnicas de corte, preparação e montagem é impossível. Entretanto, em termos comerciais, de nada adianta conhecer essas técnicas, se o acabamento do móvel que está sendo fabricado for mal feito. É o acabamento que, em última instância, dá qualidade visual ao móvel. Além disso, se mal feito, colocará a perder todas as etapas anteriores da fabricação. É por isso que executar bem essa fase é fundamental para o sucesso do trabalho do marceneiro.

Como produzir móveis originais, com qualidade e segurança

A melhor definição que se pode dar à marcenaria é "arte de confeccionar móveis em madeira e seus derivados". Essa é uma área de atuação bastante ampla, com mercado crescente e bem definido. Quando feita artesanalmente, é uma atividade que exige paciência e muita habilidade do profissional. Basicamente, o marceneiro confecciona e repara móveis e peças de madeira, guiando-se por projetos compostos por desenhos e especificações.

Marceneiro - uma profissão de atuação ampla, com mercado crescente e bem definido

A população mundial não para de crescer e junto à ela crescem, também, as moradias. Cada vez mais verticalizada e ocupando menos metros quadrados, essas moradias precisam de adaptações de forma que os espaços internos ofereçam conforto a seus moradores. Confeccionar móveis na medida certa passou a ser, então, uma arte.

Laminação em madeiras para a fabricação de móveis

Os revestimentos permitem que madeiras menos nobres ou as industrializadas, como compensado, MDF, aglomerado e OSB, tenham uma aparência mais agradável, além da redução de custos. Os revestimentos nessas madeiras são feitos com lâminas que podem ser naturais ou artificiais. Os painéis vendidos no mercado, já revestidos, facilitam a vida do marceneiro, tornando o processo de fabricação do móvel mais rápido, evitando desperdícios. Comprar o painel já revestido reduz o tempo de trabalho em aproximadamente 50%. Porém, nem sempre atende às necessidades do cliente. Nesse caso, o próprio marceneiro irá se encarregar de fazer o revestimento.

Marcenaria, um negócio e uma arte

A arte de confeccionar móveis em madeira e seus derivados é a melhor definição que se pode dar à marcenaria, uma área de atuação bastante ampla, com mercado crescente e bem definido. Já a atuação do marceneiro pode ser definida, basicamente, como uma atividade em que ele confecciona e repara móveis e peças de madeira, guiando-se por projetos, compostos por desenhos e especificações.

Atendimento Online
Quer Facilidade