Resultados da busca para "curio"

Curió e bicudo: acasalamento em criatório

De acordo com Fábio Hosken, professor do Curso a Distância CPT Criação Comercial de Curiós e Bicudos, em Livro+DVD e Curso Online, "Em época de acasalamento do curió há grande atividade no criatório, e a atenção do criador deverá ser redobrada. O ninho deverá estar sempre à disposição da fêmea. É feito com uma armação de arame, na qual é encaixado um revestimento de fibra vegetal". Normalmente, faz-se um isolamento visual do ninho, com uma placa de cortiça, por exemplo, na parte externa da gaiola.

Conheça o Curió, o pássaro com canto corrido

O Curió (Oryzoborus angolensis), também conhecido como avinhado e papa-arroz, é nativo do Brasil, também podendo ser encontrados exemplares na Bolívia, no Paraguai e em outros países da América do Sul, sempre a partir de aves que emigram daqui para lá. Pássaro da família dos fringilídeos, a mesma de outros afamados cantores como as patativas e os canários. Existem diferenças morfológicas marcantes entre os Curiós de diversas regiões do país. O bico, a conformação da cabeça e o timbre de voz também sofrem variações. Muitos estudiosos e criadores acreditam se tratar de subespécies que ainda não foram catalogadas.

Conheça o bicudo, pássaro com canto flauteado e gutural

O bicudo (Oryzoborus maximiliani) é um pássaro silvestre considerado nobre e recebe esse nome devido ao grande e largo bico. É um parente muito próximo do curió e, assim como ele, é excelente cantor. Atualmente existem dois tipos de bicudo: o Oryzoborus crassirostris, que pode ser encontrado no Amazonas, e o Oryzoborus crassirostris maximiliani, encontrado no Mato Grosso, em Goiás, em Minas Gerais, na Bahia, no Espírito Santo, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Atendimento Online
Quer Facilidade