WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "cruzamento-egua" ()

Técnicas de cruzamento em ovinos

A técnica do cruzamento procura utilizar as vantagens proporcionadas pelo fenômeno genético da heterose, também conhecido como vigor híbrido, que acontece quando carneiros e ovelhas de duas raças diferentes são acasalados. Nesse fenômeno, muitas características dos descendentes acabam se mostrando superiores à média dessas mesmas características presentes nos pais. É importante lembrar que a heterose ocorre, mas em menor grau, quando é promovido o acasalamento entre um animal de raça pura e um mestiço.

Cruzamento absorvente de ovinos de corte: como fazer?

Segundo Edson Ramos de Siqueira, professor do Curso a Distância CPT Criação de Ovinos de Corte, em Livro+DVD e Curso Online, "No cruzamento absorvente, o objetivo é formar animais puros a partir de cruzamentos, em vista das dificuldades de se conseguir um grande número de fêmeas puras para a criação". Assim, cruzam-se fêmeas de uma raça base de qualquer característica genética, com carneiros de uma raça pura (raça-alvo).

Cruzamento triplo em ovinos de corte: como fazer

O cruzamento triplo é aquele em que se usa três raças, com características distintas. Por exemplo: sobre um rebanho base de ovelhas tipo carne adaptada, utiliza-se carneiros de uma raça de boa produção de leite e bom porte. A fêmea meio-sangue será, então, acasalada com reprodutores de raças especializadas para carne, obtendo-se, assim, o cordeiro para o mercado.

Cruzamento industrial aproveita fenômeno natural da genética

O cruzamento industrial, produzindo animais cujo vigor híbrido promove um ganho genético rápido, superior ao do seus pais, está sendo usado há décadas no Brasil, gerando rápido ganho qualitativo para nosso rebanho.

Cruzamento industrial é mais vantajosos em função da expressão máxima da heterose

O Brasil está passando por uma fase de amadurecimento, como produtor e exportador de carne de qualidade, na qual a busca por novos caminhos para a pecuária tem sido uma constante no país. Os próximos anos e os próximos passos serão importantes para o futuro pecuário brasileiro, que tem a missão e a condição de se manter como o maior produtor e exportador de carne bovina do mundo.

Caprinos da raça Anglo Nubiana são excelentes na produção de leite e carne

Os caprinos Anglo Nubianos, animais resultantes dos cruzamentos de cabras Nubianas, originárias do Sudão (Vale do Nilo), com cabras comuns da Inglaterra, são uma raça de dupla aptidão: carne e leite. Foram introduzidos no Brasil em meados de 1927 e facilmente se adaptaram ao ambiente tropical, exceto nas regiões úmidas. São largamente encontrados na Bahia, Pernambuco, Piauí e Ceará, assim como em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. O Estado de São Paulo possui um dos plantéis geneticamente mais apurados do Brasil, mas é na região Nordeste que se encontra o maior volume de animais e criadores. Trata-se de uma raça de caprinos muito utilizada em cruzamentos, visando sempre a obtenção de animais cada vez mais aptos à produção de leite e carne.

Raças de canários de porte com penas frisadas

Os canários de porte com penas frisadas surgiram de inúmeros cruzamentos para aprimorar as características já existentes na ave. Desses cruzamentos, surgiram o padrão da raça de plumagem frisada. Entretanto, esse grupo não possui subgrupos como os canários de plumagem lisa, pois são considerados como um todo. O que importa é principalmente o porte da ave.

Cruzamentos e melhoramento genético aumentam a produção de leite

Temos, no Brasil, um quadro no qual o rebanho adotado pelos produtores, na maioria das propriedades, caracteriza-se principalmente por cruzas de raças bovinas, tendo a predominância e preferência de cruzamentos entre zebuínos e raças europeias, que, no caso desta, predomina o uso da raça Holandesa.

Como escolher bodes e cabras para a reprodução de caprinos

A escolha das matrizes (cabras) e dos reprodutores (bodes) que serão utilizados é importante tanto para a aquisição de caprinos quanto para a seleção daqueles nascidos na propriedade e que entrarão no programa de acasalamento ou serão vendidos. É necessária uma definição bastante clara dos objetivos e das condições de infraestrutura e de recursos do criatório, para que se possam estabelecer metas, traçando o perfil do animal necessário.

Híbridos apresentam desempenho superior para produção de leite a pasto

Sistemas de produção de leite utilizando gado europeu puro especializado podem apresentar bom desempenho em determinadas regiões tropicais. Contudo, os animais são mais exigentes em manejo, principalmente em quesitos como alimentação e cuidados sanitários. Desde que isso seja satisfeito de modo econômico, pode ser viável e recomendável a utilização de sistemas de produção com gado europeu para produzir leite.

Fique por dentro das novidades!