WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Semana do Campo CPT!

Resultados da busca para "criar-gado" ()

Fases da criação de pavões - cria, recria, crescimento, jovem e adulto

As fases pelas quais passam os pavões, desde o seu nascimento até a sua morte ou comercialização, quando criados em cativeiro são: cria, recria, crescimento e jovem. A fase de cria tem seu início no primeiro dia de vida e vai até o 30º. A recria inicia-se a partir do 30º e perdura até o 60º dia. A fase de crescimento dura dos 2 meses de vida ao 6º mês de idade dos pavões. A partir de então, os pavões entram na fase jovem. Esta, por sua vez, inicia-se no sexto mês de vida da ave só termina quando os pavões completam 2 anos de idade. A partir de então, ou seja, dos 2 anos de idade, os pavões entram na fase adulta.

Crias em crescimento: qual a sua importância nos apiários?

Considerando que o pólen é a fonte de proteína da colmeia, e que as crias são as principais consumidoras desse alimento, pode-se concluir que o sucesso da colmeia está diretamente ligado à presença de crias em crescimento no maior número possível. Então, todo o manejo deve estar voltado para que a colmeia tenha sempre uma grande quantidade de crias, o que depende do volume de posturas da rainha, e do espaço para que elas sejam feitas.

Por que planejar alternativas de pastagens para o gado de corte?

O normal em propriedades onde se cria gado de corte é planejar diversas alternativas de manejo da pastagem, visando garantir que a produção da pastagem seja antecipada no início das chuvas e prorrogada no início da estação seca. “Além disso, estratégias como diferimento de pastos e suplementação proteica são alternativas tecnológicas de grande valia e custo aceitável, sendo usadas no planejamento alimentar”, professor do Curso a Distância CPT Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte.

Instruções para criar coruja

Ave exótica com bela plumagem, olhos marcantes e hábito notívago, a coruja pode ser criada em cativeiro, contanto que sejam seguidas as instruções adequadas e tomadas as devidas providências legais. Os investimentos iniciais com a aquisição do casal e a organização das instalações compensam, pois algumas espécies de coruja valem uma fortuna.

Tabapuã, gado brasileiro do futuro

Especial - O gado Tabapuã é de origem brasileira e parte de sua história se passa no estado de São Paulo. Mas, com o tempo, avança para outras regiões e hoje é considerado um dos bovinos brasileiros do futuro. Os criadores acreditam no sucesso do gado mocho e o classificam como promissor. Devido às suas qualidades, a tendência é de que ele continue crescendo e ganhando, junto com outras raças, a preferência no mercado de gado de corte.

Girolando, raça leiteira tropical

Especial - O gado Girolando nasceu no Brasil, como resultado do cruzamento entre uma raça zebuína e outra europeia. Assim, trata-se de uma raça leiteira tropical. Portanto, ela reúne qualidades desejáveis em solos brasileiros. O gado Girolando é rústico, como o gado Gir, e produtivo, como o Holandês, o que confere, entre outras características, alto grau adaptabilidade à raça

Gado de corte - uma boa nutrição aumenta o ganho de peso do boi

A nutrição é essencial para a vida saudável do gado bovino, gerando crescimento e ganho de peso regular do boi. Para que haja um bom aproveitamento dos nutrientes pelo bovino, o produtor precisa conhecer, primeiramente, as classificações dos nutrientes e as categorias de alimentos que compõem a dieta dos bovinos de corte. A influência da alimentação é muito grande em todo o processo produtivo da pecuária de corte. A escolha de diferentes sistemas de produção está diretamente dependente dos custos e da disponibilidade dos alimentos a serem fornecidos ao rebanho.

Como alimentar o gado na seca?

Em período de escassez de chuva, uma excelente alternativa de alimentação para o gado é a ensilagem ou silagem. Entretanto, sua produção deve se iniciar ainda na época de fartura, quando há excesso de forragens, como milho, sorgo, capim-elefante, ou outras forrageiras. O processo consiste na fermentação lática da matéria vegetal, o que diminui o pH e possibilita a anaerobiose. Como consequência, a degradação da matéria orgânica é interrompida, conservando o material, sem que este perca suas qualidades nutritivas.

Pacas em cativeiro: o que fazer após a cria?

Em cativeiro, poucas horas depois do nascimento o tratador deve recolher a cria para fazer alguns procedimentos pós-parto. É importante que esse manejo seja rápido, para evitar possível rejeição da cria pela mãe. O primeiro deles é a pesagem, para se avaliar o estado do filhote e iniciar o acompanhamento do ganho de peso; depois, o tratador deve fazer a cura do umbigo, utilizando-se, para isso, uma solução de iodo. Esse cuidado é importante, porque o umbigo é uma porta de entrada para infecções.

Melhores alimentos volumosos para o gado

Os alimentos volumosos podem ser úmidos ou secos, com altas taxas de fibra, ideais para alimentação do gado. Os melhores são as forragens, a silagem, as capineiras e o feno. Além de serem mais acessíveis ao produtor rural, eles suprem as exigências nutricionais dos bovinos, com consequente aumento no desempenho produtivo do rebanho.

Fique por dentro das novidades!