Resultados da busca para "conservas-e-temperos"

Como temperar chocolate: aprenda e faça deliciosos ovos de páscoa

Vem chegando a páscoa e você decidiu que de agora em diante irá preparar os seus próprios ovos de chocolate. Seja para uso próprio, para presentear familiares e amigos ou para comercializar, saber temperar o chocolate é fundamental para que o seu trabalho seja um sucesso. Quando falamos em temperar o chocolate, estamos nos referindo ao esforço para levá-lo a uma temperatura ideal para que se consiga encher as formas de ovos de páscoa, glacear bolos e muitas outras decorações sem que ele quebre ou esfarele. Então, se você ainda não domina bem a técnica, siga o passo a passo abaixo e tenha muitos sucessos como confeiteira!

Sal grosso ou tempero: qual usar em carnes para churrasco?

Na maioria das vezes, o sal é o único tempero necessário para se obter um ótimo churrasco. É importante deixar claro que carnes para churrasco não precisam ser temperadas; usa-se apenas o sal para acentuar o paladar, o sabor dessas carnes. E a quantidade a ser colocada deverá ser determinada com bastante cuidado pelo churrasqueiro, apesar de na literatura encontrarmos recomendações para usar uma quantidade de sal equivalente a 2% do peso da peça de carne que será utilizada.

Preparando temperos para o dia a dia

Os temperos são os grandes responsáveis por dar sabor a qualquer prato. Basta saber combiná-los e dosá-los que o resultado não será algo diferente de uma comida saborosa. Na nossa rotina, às vezes costumamos desprezá-los, usando o que é mais simples e rápido, acabando por perder aquele gostinho de comida caseira.

O Mundo das Conservas

A necessidade de aproveitamento dos excedentes da produção em época de safra, a tendência crescente de se consumir produtos naturais e a necessidade de complementação da renda familiar, tem incrementado, nos últimos anos, a produção de conservas artesanais ou caseiras. A fabricação de picles, pasta de alho e corantes constitui uma dessas atividades que vem sendo desenvolvida por um grande número de fabricantes.

Fatores que interferem na conservação dos alimentos

A conservação dos alimentos está diretamente ligada à capacidade de sobrevivência ou de multiplicação dos microrganismos presentes nos mesmos. Os fatores que interferem na conservação dos alimentos podem ser intrínsecos, quando relacionados com as características próprias do alimento, ou extrínsecos, quando relacionados com o ambiente no qual o alimento se encontra.

Como marinar carnes - seleção da carne, temperos utilizados e passo a passo da marinação

A marinação de carnes faz com que elas tenham uma sobrevida maior, o que facilita o seu consumo. Há 5000 anos, este método era utilizado somente para a preservação de alimentos. Hoje, o ato de marinar é utilizado, acima de tudo, para conferir sabor, amaciar, adicionar ou retirar umidade; e preservar as carnes. A marinação, então, confere as seguintes vantagens: padronizar totalmente os temperos com as carnes , obtendo sabor igual, tanto no seu interior quanto em sua parte periférica; tornar as carnes mais macias e suculentas; aumentar a vida de prateleira, conservação, das carnes; e aumentar a tolerância ao assamento em altas temperaturas, sem que as carnes desidratem excessivamente. A grande curiosidade é que por possuírem sabor ácido, as carnes marinadas combinam com pratos como purês, suflês, polenta, saladas, batatas, não podendo faltar, é claro, o arroz branco.

Tipos de silos para armazenar e conservar excessos de lavouras, pastagens e capineiras

O confinamento é uma ótima alternativa na entressafra, e o sucesso econômico dessa atividade depende estritamente da eficiência de ganho de peso proporcionado pelos animais confinados. Neste sentido, fornecendo-se uma alimentação de qualidade, durante todo o ano, garante-se um bom desempenho a todo o rebanho, possibilitando rentabilidade ao pecuarista. A boa dica, então, é utilizar os excessos de produção de lavouras, pastagens e capineiras, no período de chuvas, conservados para serem utilizados em épocas de menor fartura de forragem. Essa conservação, por sua vez, pode ser feita em silos ou na forma de fenos.

Alimentos perecíveis e não perecíveis: como conservá-los?

Segundo Fabiano Bueno, professor do Curso a Distância CPT Preparação e Montagem de Cafés e Tábuas de Frios, em Livro+DVD e Curso Online, "A conservação dos alimentos deverá ser feita, levando-se em consideração as suas características. E, para isso, é necessário que exista uma infraestrutura adequada". Sendo assim, o local deverá ser limpo e arejado, mas a luz do sol não deverá incidir diretamente nas embalagens dos produtos. Além disso, as janelas deverão ser protegidas, externamente, com telas, para evitar a entrada de pragas. Por essa mesma razão, as portas deverão possuir fechamento automático, além de proteção de borracha na parte inferior. Para fazer a colocação dos produtos, seja nas estantes ou nos paletes, é muito importante agrupá-los em lotes e seguir o princípio PVPS (Primeiro que Vence, Primeiro que Sai). Isso quer dizer que você deverá deixar à frente as embalagens com menor prazo de validade, para serem utilizadas primeiramente.

Como se fabrica temperos desidratados?

Celso Trindade e Maria Luiza Sartório, professores do Curso a Distância CPT Cultivo e Uso de Plantas Condimentares, constituído de Livro+DVD, ponderam que as plantas condimentares são ingredientes indispensáveis nas cozinhas mais sofisticadas do mundo, mas no nosso dia a dia elas são responsáveis por transformar pratos comuns em deliciosas iguarias.

Produtor agrícola: Você sabe extrair e conservar sementes de pimenta?

Para a extração e conservação das sementes, os frutos selecionados devem ser cortados ao meio e suas sementes retiradas com auxílio de uma faca ou de uma colher. “Em seguida, deve ser retirada a mucilagem que envolve a semente, esfregando-a com cal, areia ou cinza, lavando-as em seguida com água corrente”, afirma Roseane Mendonça de Figueiredo,professora do Curso a Distância CPT Produção e Processamento de Pimenta, em Livro+DVD e Curso Online. Por fim as sementes são colocadas sobre um papel absorvente, por um período de dois a seis dias para secarem, sempre à sombra.

Atendimento Online
Quer Facilidade