WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "como-surgiu-o-cruzamento-do-caipirao" ()

Técnicas de cruzamento em ovinos

A técnica do cruzamento procura utilizar as vantagens proporcionadas pelo fenômeno genético da heterose, também conhecido como vigor híbrido, que acontece quando carneiros e ovelhas de duas raças diferentes são acasalados. Nesse fenômeno, muitas características dos descendentes acabam se mostrando superiores à média dessas mesmas características presentes nos pais. É importante lembrar que a heterose ocorre, mas em menor grau, quando é promovido o acasalamento entre um animal de raça pura e um mestiço.

Cruzamento absorvente de ovinos de corte: como fazer?

Segundo Edson Ramos de Siqueira, professor do Curso a Distância CPT Criação de Ovinos de Corte, em Livro+DVD e Curso Online, "No cruzamento absorvente, o objetivo é formar animais puros a partir de cruzamentos, em vista das dificuldades de se conseguir um grande número de fêmeas puras para a criação". Assim, cruzam-se fêmeas de uma raça base de qualquer característica genética, com carneiros de uma raça pura (raça-alvo).

Raças de canários de porte com penas frisadas

Os canários de porte com penas frisadas surgiram de inúmeros cruzamentos para aprimorar as características já existentes na ave. Desses cruzamentos, surgiram o padrão da raça de plumagem frisada. Entretanto, esse grupo não possui subgrupos como os canários de plumagem lisa, pois são considerados como um todo. O que importa é principalmente o porte da ave.

Cruzamento triplo em ovinos de corte: como fazer

O cruzamento triplo é aquele em que se usa três raças, com características distintas. Por exemplo: sobre um rebanho base de ovelhas tipo carne adaptada, utiliza-se carneiros de uma raça de boa produção de leite e bom porte. A fêmea meio-sangue será, então, acasalada com reprodutores de raças especializadas para carne, obtendo-se, assim, o cordeiro para o mercado.

Fila Brasileiro: conheça as características desse cão

O fila brasileiro foi a primeira raça reconhecida pela Federação Internacional de Cino filia (FIC). Ele surgiu a partir do cruzamento de cães trazidos pelos holandeses, por volta de 1600, com animais já existentes no Brasil. Naquela época, era utilizado pelos colonizadores na conquista do território, protegendo as comitivas dos Bandeirantes de ataques de índios e animais como onças e suçuaranas, e mais tarde, para a contenção e recaptura de escravos fugitivos. Posteriormente, sofreu modificações para ser usado para guarda, caça e pastoreio.

Onde e quando surgiram as ideias que deram origem à República?

Muito se houve falar sobre a República, mas você sabe responder onde e quando surgiram os primeiros movimentos para a sua formação? Não? Pois bem, vamos aos devidos esclarecimentos então: as primeiras ideias de organização democrática do Estado surgiram na Grécia antiga. Ao longo de sua história, por vários séculos antes de Cristo, os gregos elaboraram conceitos estéticos, filosóficos e políticos que ainda hoje se encontram vivos nas sociedades ocidentais.

Cruzamento industrial aproveita fenômeno natural da genética

O cruzamento industrial, produzindo animais cujo vigor híbrido promove um ganho genético rápido, superior ao do seus pais, está sendo usado há décadas no Brasil, gerando rápido ganho qualitativo para nosso rebanho.

CURIOSIDADE: Como e quando surgiu o hipismo, você sabe?

A amizade entre o homem e o cavalo remonta os princípios da civilização, quando o animal começou a ser usado como meio de locomoção, conduzindo os soldados nas guerras, participando das famosas caçadas à Inglaterra.

Cruzamento industrial é mais vantajosos em função da expressão máxima da heterose

O Brasil está passando por uma fase de amadurecimento, como produtor e exportador de carne de qualidade, na qual a busca por novos caminhos para a pecuária tem sido uma constante no país. Os próximos anos e os próximos passos serão importantes para o futuro pecuário brasileiro, que tem a missão e a condição de se manter como o maior produtor e exportador de carne bovina do mundo.

Cruzamento industrial em bovinos

Os avanços tecnológicos na pecuária, visando ao aumento da produtividade e rentabilidade, continuam surgindo a cada dia. Graças a isso, o Brasil é o maior exportador de carne bovina do mundo, tanto em volume como em faturamento. As exigências por aumento de qualidade tornaram os frigoríficos bastante exigentes de seus fornecedores, que são os pecuaristas. Da mesma forma, para produzir cortes que atendam às aspirações dos consumidores brasileiros, as empresas precisam de carcaças de alta qualidade.

Fique por dentro das novidades!