WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"como-plantar-pimenta-dedo-de-moca"

Geleia de pimenta com abacaxi: aprenda a fazer

Geleia é uma espécie de conserva, de aspecto gelatinoso e brilhante, preparada com frutas naturais, mais açúcar. De acordo com Roseane Mendonça de Figueiredo, professora do Curso CPT Produção e Processamento de Pimenta, "Uma boa geleia deve apresentar as seguintes características: ser clara, macia, gelatinosa, brilhante e quase translúcida. Deve ter cor atraente e aroma característico da fruta utilizada". Nesta receita, deve-se utilizar pimentas com ardume de médio a alto, como ocorre com a pimenta malagueta ou a dedo de moça. Aprenda, agora, como produzir uma deliciosa geleia de pimenta com abacaxi:

Tipos de pimentas mais consumidas no Brasil

As pimentas pertencem ao gênero Capsicum. As Capsicum annuum são originadas do México e do Norte da América Central. Já as Capsicum frutescens são originadas da América do Sul. As primeiras são as designadas pimentas doces, como o pimentão e as últimas, pimentas picantes, como a tabasco. Além de conferirem um sabor todo especial aos pratos, a capsaicina contida em algumas espécies de pimenta alivia dores de cabeça e dores musculares, além de melhorar a digestão. Tais propriedades são encontradas na Malagueta, na Dedo-de-Moça e na Cumari. Estas representam a grande maioria das pimentas cultivadas no Brasil. Já a pimenta-do-reino pertence a outro gênero e a substância que causa sua ardência recebe o nome de piperina.

Horta - como plantar Pimenta Dedo-de-Moça (Capsicum baccatum)

A Pimenta Dedo-de-Moça (Capsicum baccatum) possui de 8 a 10 cm de comprimento. É especialmente usada para fabricar molhos, na produção de temperos e, ainda, utilizada para realçar o sabor de várias receitas culinárias. Mas o motivo de adicioná-la como tempero nas refeições, sanduíches e salgadinhos, é mesmo pela ardência que provoca ao ser mastigada.

Pimenta - propriedades e benefícios do seu consumo para a saúde

Rica em vitaminas A, E e C, ácido fólico, zinco e potássio, além dos princípios ativos capsaicina, que age como um analgésico no organismo, e piperina, a pimenta, tanto do gênero piper (pimenta-do-reino) como do capsicum (pimenta vermelha), traz diversos benefícios à saúde, acelerando o metabolismo do nosso organismo, auxiliando na liberação de endorfina (o hormônio do prazer), ajudando na desobstrução dos vasos sanguíneos (podendo evitar ataques cardíacos ou derrames cerebrais) e atuando no tratamento da rinite aguda. Além disto, seus princípios ativos combatem a ação danosa dos radicais livres no organismo que, por sua vez, estão relacionados com doenças degenerativas como o Parkinson e o Alzheimer.

Qual o melhor tipo de solo para plantar pimenta, você sabe?

As pimentas são plantas rústicas e se desenvolvem bem em uma grande variedade de solos, mas os mais indicados são os solos profundos, leves, férteis e bem drenados, com pH entre 5,5 a 7. A pimenta não tolera solos encharcados, sendo essa uma das principais limitações quanto ao solo a ser utilizado. “Devem ser evitados solos salinos ou com elevada salinidade, uma vez que as pimentas, assim como pimentão, são moderadamente sensíveis”, afirma Roseane Mendonça de Figueiredo, professora do Curso CPT Produção e Processamento de Pimenta.

A produção de pimenta tem grandes perspectivas e potencialidades no mercado

O mercado para as pimentas no Brasil está sofrendo grandes modificações pela exploração de novos tipos de pimentas e pelo desenvolvimento de produtos com grande valor agregado. Sendo assim, há grandes perspectivas e potencialidades do mercado de pimentas pela versatilidade de suas aplicações culinárias, industriais, medicinais e ornamentais.

Dores de cabeça, dores musculares e má digestão? Cure com pimenta

Além de animar em qualquer prato, as pimentas fazem bem à saúde. Pesquisas científicas atuais mostram que a mesma substância que confere gosto picante às pimentas - a capsaicina - alivia dores de cabeça, dores musculares e melhora a digestão. Esses benefícios são encontrados nas pimentas do gênero capsicum (malagueta, dedo-de-moça, cumari).

Receita picante? Aprenda a fazer picles de pimenta

O picles de pimenta mais procurado no mercado é o considerado bem ardido, por isso, deve ser fabricado com pimentas com alto teor de capsaicinoides, como a pimenta malagueta e a cumari. Entretanto, picles feitos com pimenta dedo de moça também são muito procurados e apreciados pelos consumidores. Para controlar o botulismo, o picles de pimenta deve ser fabricado em solução de vinagre, não se utilizando álcool ou óleo para esse fim.

É viável plantar pimentas em regiões frias? Não, não é!

Ocorre boa produção das pimenteiras quando as condições ambientais são adequadas ao seu desenvolvimento, crescimento e frutificação, que é a parte que vamos utilizar. “Por ser a pimenta uma planta de origem tropical, as condições relacionadas às condições edafoclimáticas para o seu desenvolvimento, como a temperatura, o regime de chuvas, a umidade relativa do ar e a luminosidade são característicos de plantas tropicais”, afirma Roseane Mendonça de Figueiredo, professora do Curso a Distância CPT Produção e Processamento de Pimenta, em Livro+DVD e Curso Online.

Fonte de renda e lucro certo? Cultive pimenta-do-reino!

A pimenta-do-reino produzida no Brasil é exportada para dezenas de países nas formas de pimenta preta, pimenta branca e pimenta verde ou em salmoura; sendo que a maior parte é de pimenta preta. É usada em larga escala como condimento, proporcionando sabor agradável e facilitando a digestão dos alimentos, sendo consumida também pelas indústrias de carnes e conservas e, ainda, nas indústrias farmacêuticas.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!