WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"como-montar-uma-pastelaria-com-caldo-de-cana"

Cachaça Orgânica: moagem da cana e decantação do caldo

Assim que é descarregada na indústria, a cana deverá ser moída. O sistema de moagem, utilizando a cana picada, permite obter maior quantidade de caldo dos colmos e também facilita o armazenamento dos bagaços. À medida que o caldo vai sendo extraído pelas moendas, ele será direcionado para o tanque de decantação. Nesse tanque, os restos de folhas e os pequenos pedaços de bagaço ficarão retidos em telas finas de nylon; a areia será depositada no fundo do tanque; e, assim, o caldo ficará limpo dessas impurezas. Quanto ao bagaço da cana, deverá ficar, temporariamente, armazenado no depósito apropriado.

Como montar um pastel

Assim que chegou ao Brasil, com os imigrantes chineses, principalmente em São Paulo, o pastel conquistou de vez a preferência nacional, tornando-se uma opção de alimentação rápida, nutritiva e com grande aceitação popular, devido ao baixo custo. Hoje, com menos de meio dólar, em qualquer parte do Brasil, é possível consumir, no mínimo, um pastel com um copo duplo de caldo de cana.

Fabricação da rapadura: correção da acidez do caldo

Depois da limpeza do caldo da cana-de-açúcar, por coa e decantação, ele deverá ser levado para os tachos, onde se realizará a primeira etapa da fabricação da rapadura, ou seja, a correção da acidez. Ela se faz necessária porque o caldo de cana é ligeiramente ácido. Assim, devido à complexa composição química do caldo, se o aquecimento do mesmo for feito sem se reduzir um pouco sua acidez

Pastelaria: 5 receitas, doces e salgadas, com deliciosos recheios para pastéis

Sempre fresco e frito na hora, o pastel, acompanhado de suco, refrigerante ou um delicioso caldo-de-cana com limão, caiu no gosto popular. Quando feito de acordo com as normas de higiene e saúde, com produtos de primeira qualidade, aliado a um bom atendimento, em um ambiente agradável e limpo, o sucesso da pastelaria é certo.

Pastelaria: um ramo de negócio lucrativo

Por ser um alimento simples, nutritivo, de baixo custo e muito gostoso o pastel caiu nas graças do gosto popular brasileiro. Encontrados em lanchonetes, feiras e casas especializadas, o pastel é um salgados mais consumidos pelos brasileiros e se for acompanhado de um geladinho caldo de cana, então, melhor ainda.

Criação de caprinos de corte - monta e estação de monta

A monta pode ser feita o ano todo, com os reprodutores sendo mantidos junto às matrizes durante todo o tempo. Entretanto, na criação de caprinos de corte pode ser escolhido um período específico para a monta, com duração pré-definida, em épocas mais favoráveis à fertilidade das fêmeas, e também em função da definição de períodos mais favoráveis ao nascimento das crias, em função da disponibilidade de forragem nas pastagens. Além disso, a concentração da atividade reprodutiva determina, também, a concentração dos nascimentos, permitindo a produção de lotes de animais mais padronizados para o abate. Essa concentração da atividade reprodutiva é chamada de estação de monta.

Cana-de-açúcar - principais variedades, qualidade e rendimento

No Brasil, até o século XIX, a cana-de-açúcar utilizada para fabricar rapadura era a crioula. Depois, veio a caiana, que é mais resistente a pragas, e, posteriormente, surgiram inúmeras outras variedades, como a cana rosa, fita, bambu, carangola, cabocla, preta, entre outras. A variedade da cana-de-açúcar está entre os principais fatores de produtividade e de qualidade dos produtos da cana-de-açúcar. A variedade ideal é aquela que atende às exigências quanto ao rendimento e à qualidade, uma vez que são considerados os requisitos-chave em qualquer atividade produtiva. Por isso, tanto a produtividade quanto a qualidade são, hoje, os temas mais discutidos em sistemas de produção de diversas áreas.

Calda Bordalesa: o que é, para que serve e como utilizar?

A calda bordalesa é um fungicida que surgiu no século passado, na região de Bourdeaux, na França, para o controle de míldio em videiras. Ela resulta da mistura de sulfato de cobre com cal virgem, diluídos em água. O seu uso é permitido na Agricultura Orgânica por ser o sulfato de cobre um produto pouco tóxico, e por melhorar o equilíbrio nutricional das plantas. A preparação mais comum da calda bordalesa se dá na proporção de 1 parte de cal virgem e 1 parte de sulfato de cobre para 100 partes de água.

Adubação nitrogenada e fosfatada em cana-de-açúcar: como fazer

A explicação para este fato é que, na rizosfera (região próxima das raízes) da cana-planta, existem grandes populações de bactérias assimbióticas que fixam mais nitrogênio, já que o solo foi preparado recentemente e a sua maior aeração facilita o aumento da população bacteriana.

Destilação da cachaça: do caldo de cana à aguardente

Vai construir um alambique? Então, conheça uma parte do processo de fabricação da cahaça que vai do caldo de cana à aguardente. “O caldo de cana, após o seu preparo e durante a fermentação, é denominado de mosto. Após a fermentação adequada, recebe o nome de vinho. A aguardente é separada do vinho pela operação de destilação, que se baseia na diferença do grau de volatilização dos seus componentes”,

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!