WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"como-montar-uma-microcervejaria-e-produzir-cerveja-artesanal"

Produzir cerveja na cervejaria é diferente de se produzir cerveja em casa?

O processo de produção de cerveja é praticamente o mesmo tanto na cervejaria como na produção caseira, com algumas particularidades. Em contrapartida, a cervejaria ganha da produção caseira no quesito precisão, pois possui equipamentos que monitoram e controlam continuamente o tempo, a temperatura e o pH.

Período de maturação da cerveja artesanal

A fase de maturação da cerveja merece destaque por ser o momento em que o aroma e sabor da cerveja são apurados, o que torna a bebida mais refinada. Além disso, alguns elementos, como o DIACETIL, são eliminados. Eles podem deixar o odor e o paladar da cerveja pouco agradáveis devido à presença de enxofre.

Vai fabricar cerveja artesanal? Evite os GRUMOS!

Vai fabricar cerveja artesanal, então dê atenção especial ao tipo de rampa de mostura que irá implantar em sua cervejaria, afim de evitar a formação de grumos. “Os grumos podem ocorrer no momento da mistura do malte com a água aquecida, iniciando a mostura”, afirma Adonay Anthony Evans, professor do Curso a Distância CPT Como Montar Uma Microcervejaria e Produzir Cerveja Artesanal, em Livro+DVD e Curso Online.

Quais equipamentos são utilizados em uma microcervejaria?

Perdendo apenas para os Estados Unidos e China, nosso país é um dos maiores consumidores de cerveja do mundo. Porém, produzida em microcervejarias, a cerveja artesanal, produto que tem ganhado cada vez mais amantes e que caiu nas graças dos brasileiros, representa apenas 1% da produção total do setor cervejeiro do Brasil, de acordo com dados da Associação Brasileira de Bebidas (ABRABE).

Produção de cerveja artesanal: qual a importância do lúpulo?

O lúpulo vai influenciar três características básicas na cerveja: amargor, sabor e aroma. Esses não são os únicos motivos de usarmos o lúpulo na cerveja. Como exemplo, ele também ajuda na estabilidade da espuma e como conservante natural. “À medida que nos aprofundarmos no assunto, você verá que o lúpulo é muito versátil e pode ser utilizado de muitas maneiras diferentes, dependendo do que se espera obter”, afirma Adonay Anthony Evans, professor do Curso a Distância CPT Como Montar Uma Microcervejaria e Produzir Cerveja Artesanal, em Livro+DVD e Curso Online.

Como fazer cerveja artesanal

As primeiras cervejas datam da época dos egípcios e dos sumérios. Entretanto, seu aspecto e sabor nada pareciam com os de hoje. Sua coloração era turva, já que não era filtrada; e seu sabor, extremamente amargo. Com o passar dos séculos, a cerveja disseminou-se pelo mundo, tornando-se popular. Por volta de 1516, primando pela qualidade da cerveja, o Duque Wilhelm IV instaurou a Lei da Pureza Alemã (Reinheitsgebot). A partir de então, a cerveja poderia conter três ingredientes: malte, lúpulo e água. Atualmente, em muitos países, são utilizados vários tipos de malte, além de extratos de café, chocolate, nozes, laranja, entre outros. Assim, em meio às cervejas comuns, surgiram as cervejas artesanais, que vêm ganhando espaço no mercado brasileiro e mundial.

Importância do lúpulo na fabricação de cerveja artesanal

Lúpulo é a flor de uma planta da espécie Humulus lupulus, que pertence à família Cannabaceae, à qual também pertence o gênero cannabis (maconha) que se desenvolve nas regiões temperadas da América do Norte, Europa e Ásia. Essa espécie é uma rosácea liana, ou seja, brota no solo, mas necessita de um suporte para se manter ereta, e pode chegar a 20 m de altura. Para a produção do lúpulo, são coletadas as flores femininas, que são verde-claras e apresentam formato semelhante a pinhas miniaturas, com três a cinco centímetros de comprimento.

7 principais estilos de cerveja artesanal

Em todo o mundo, existem mais de 150 estilos de cerveja artesanal, classificados conforme o método de produção, a origem da bebida, o teor alcoólico, o aroma, o sabor, a cor, dentre outros aspectos peculiares. O estilo de cerveja artesanal Pilsen ou Pilsner surgiu na República Tcheca. Como características marcantes, a bebida apresenta aroma e sabor acentuados pelo lúpulo.

Por que a cerveja artesanal é tão diferente? Diferenças entre cervejas artesanais e industrializadas

As cervejas artesanais se destacam cada vez mais no mercado. Mas para saber escolher os melhores rótulos, é preciso conhecer as principais diferenças entre as bebidas industrializadas e as fabricadas artesanalmente.

Homebrew: passos para fazer cerveja em casa

Homebrew vem do inglês home (casa) e brewing (fabricação de cerveja). Sendo assim, a expressão significa: fazer cerveja em casa. Hoje, são milhares de fabricantes de cerveja caseira espalhados por todo o país. Não é coincidência que somos um dos maiores consumidores de cerveja em nível mundial. Portanto, investir em cerveja caseira é uma oportunidade de negócio lucrativo e promissor.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!