WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"como-fazer-um-tanque-para-criar-tilapia"

Qual tipo de solo é melhor para escavar tanques e criar tilápias?

Vai criar tilápias em tanques escavados? Saiba, então, que estudar o tipo de solo do local de escavação dos tanques é muito importante para o sucesso de seu empreendimento. “É muito importante levar em consideração o tipo de solo, uma vez que ele influencia diretamente na vazão de água que irá abastecer a piscicultura”, afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso a Distância CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

Criação de tilápias: dimensionamento dos tanques

O dimensionamento, isto é, a determinação do número de tanques que será necessário, bem como a capacidade de cada um deles, deverão ser estabelecidos em função do volume de produção de peixes que se deseja obter. Essa é uma etapa que deve ser feita com critérios, pois, trabalhar com um número de tanques além do necessário elevará o custo de implantação da piscicultura, além de ocupar maior área do terreno, sem necessidade. E, por outro lado, se o número de tanques for inferior ao necessário, não será possível produzir a quantidade de peixes desejada.

Como esvaziar tanques de terra para uma nova remessa de alevinos

Precisa esvaziar tanques de terra para receber uma nova remessa de alevinos? Então, faça-o corretamente. “Após a captura e transferência dos peixes do tanque de recria para os de engorda, será preciso esvaziá-lo para fazer a sua preparação correta, visando ao recebimento de nova remessa de alevinos”, afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso a Distância CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

Pacas em cativeiro: o que fazer após a cria?

Em cativeiro, poucas horas depois do nascimento o tratador deve recolher a cria para fazer alguns procedimentos pós-parto. É importante que esse manejo seja rápido, para evitar possível rejeição da cria pela mãe. O primeiro deles é a pesagem, para se avaliar o estado do filhote e iniciar o acompanhamento do ganho de peso; depois, o tratador deve fazer a cura do umbigo, utilizando-se, para isso, uma solução de iodo. Esse cuidado é importante, porque o umbigo é uma porta de entrada para infecções.

Além de tanques escavados, em quais estruturas recriar tilápias?

A recria de tilápias pode ser feita em outras estruturas diferentes dos tanques escavados, podendo ser destacados os hapas, os tanques elevados ou suspensos de fluxo contínuo ou com recirculação de água, afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

Como construir tanques para criação de tilápias

Para quem quer investir em criatórios de tilápia, dois tipos de tanques são essenciais. Entretanto, a construção e instalação de cada tipo de tanque são distintas. Os tanques de terra são escavados no terreno, mais adequados para a fase de recria da tilápia. Já os tanques-rede são instalados em lagos, rios ou açudes, próprios para a fase de engorda da tilápia

Fases da criação de pavões - cria, recria, crescimento, jovem e adulto

As fases pelas quais passam os pavões, desde o seu nascimento até a sua morte ou comercialização, quando criados em cativeiro são: cria, recria, crescimento e jovem. A fase de cria tem seu início no primeiro dia de vida e vai até o 30º. A recria inicia-se a partir do 30º e perdura até o 60º dia. A fase de crescimento dura dos 2 meses de vida ao 6º mês de idade dos pavões. A partir de então, os pavões entram na fase jovem. Esta, por sua vez, inicia-se no sexto mês de vida da ave só termina quando os pavões completam 2 anos de idade. A partir de então, ou seja, dos 2 anos de idade, os pavões entram na fase adulta.

Criação de tilápias - características e finalidade dos tanques-rede

Na criação comercial de tilápias, os tanques-rede são estruturas apropriadas para serem utilizadas na fase de engorda dos peixes. São gaiolas de telas especiais, que podem ser colocadas dentro de represas ou rios. No interior dessas gaiolas, os peixes serão mantidos em confinamento durante um período de aproximadamente 120 dias (quatro meses), quando, então, atingirão o ponto ideal de abate. Para utilizar os tanques-rede de forma correta, será necessário que o piscicultor tenha conhecimento a respeito dos aspectos construtivos dos mesmos e das formas corretas de instalação nas represas.

O que fazer e o que não fazer em situações de emergência

Se você estiver no local de uma emergência, analise a situação por alguns segundos, considerando alguns aspectos extremamente importantes. Eles o ajudarão a saber o que fazer e o que não fazer em situações de emergência, para que tudo corra bem e a vítima tenha grandes chances de sobreviver. Antes de aproximar-se da vítima, examine a área para ver se há perigos imediatos, sempre perguntando a si mesmo se a situação é segura.

Crias em crescimento: qual a sua importância nos apiários?

Considerando que o pólen é a fonte de proteína da colmeia, e que as crias são as principais consumidoras desse alimento, pode-se concluir que o sucesso da colmeia está diretamente ligado à presença de crias em crescimento no maior número possível. Então, todo o manejo deve estar voltado para que a colmeia tenha sempre uma grande quantidade de crias, o que depende do volume de posturas da rainha, e do espaço para que elas sejam feitas.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!