WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "como-fazer-para-galinha-da-angola-nao-voa"

Galinha D`Angola - sua criação pode gerar lucro certo para o produtor

A galinha D'Angola surgiu, como o próprio nome já diz, em Angola, na África. Muito conhecida também como guiné, galinha-do-mato, capote, capota, sakué, pintada ou fraca, é uma ave bastante procurada no mercado, pois além de fornecer carne e ovos. Sua carne tem consistência firme e é muito saborosa, sendo comparada a do faisão. Muitos a criam como ornamental, pois possui penas muito bonitas. Por ser muito barulhenta e estressada, a Galinha D'Angola é usada como animal de guarda, além de colaborar com o equilíbrio biológico, pois devora lagartas, formigas, carrapatos, cobras e escorpiões.

Dicas sobre a criação de galinhas caipiras

O setor da avicultura que produz carne de galinha caipira está em constante expansão devido à boa aceitação do mercado. Ao contrário do que muitos pensam, o termo “galinha caipira” diz respeito à forma como a galinha é criada, não a uma raça de galinhas. É muito procurada por ser considerada mais saudável, pois sua alimentação é natural e sua criação é livre.

Galinha D'angola - saiba tudo sobre a criação dessas aves

As galinhas d'angola são aves de grande beleza, de plumagem alvinegro, barulhentas e de carne muito saborosa e calórica. Por possuir gosto muito característico, parecido com o do faisão, sua carne é muito apreciada na gastronomia para a confecção de pratos finos e pode ser encontrada em restaurantes sofisticados por todo o país. Típicas do norte e do nordeste do Brasil, elas fornecem aos criadores três opções de comercialização: da carne, dos ovos e para a ornamentação, fazendo com que muitos empreendedores apostem nesta atividade sob a promessa de lucro garantido. No entanto, apesar de fácil criação, muitos cuidados devem ser dispensados às galinhas d'angola nos primeiros meses de vida, principalmente quanto a alimentação, temperatura, instalações e manejo.

Hábitos e características da galinha da angola

Galinhas da angola, ou numida melagris galeata, constituem uma espécie avícola cujas características são bastante próximas às dos faisões. Essa ave é originária da África e foi trazida para o Brasil pelos portugueses durante o período de colonização. Mesmo depois de tanto tempo sendo considerada um animal domesticado, a galinha da angola ainda apresenta traços dos seus hábitos selvagens. Elas voam sempre que se sentem ameaçadas e escondem seus ninhos em locais de difícil acesso quando são criadas soltas na propriedade.

O que fazer e o que não fazer em situações de emergência

Se você estiver no local de uma emergência, analise a situação por alguns segundos, considerando alguns aspectos extremamente importantes. Eles o ajudarão a saber o que fazer e o que não fazer em situações de emergência, para que tudo corra bem e a vítima tenha grandes chances de sobreviver. Antes de aproximar-se da vítima, examine a área para ver se há perigos imediatos, sempre perguntando a si mesmo se a situação é segura.

Por que algumas galinhas comem os próprios ovos?

Quando bem alimentadas e em condições favoráveis e adequadas de manejo, as galinhas têm excelente produção de ovos. Já o contrário, ou seja, quando há uma carência de nutrientes na alimentação das galinhas, é possível notar que a casca dos ovos ficam moles, com aparência de plástico, flexíveis e vulneráveis à quebra. Tendo contato com o conteúdo dos ovos e descobrindo que ele é rico em proteínas e gordura e que a casca é uma boa fonte de cálcio, as galinhas começam a quebrar e comer os ovos de propósito. Para piorar a situação, as outras aves passarão a imitar a companheira.

Como é o aparelho reprodutor de uma galinha?

O aparelho reprodutor de uma galinha difere sensivelmente do que se observa entre os mamíferos. A maior parte do desenvolvimento embrionário se dá fora do organismo materno. Por isso, a célula reprodutiva feminina é envolvida por grande quantidade de material nutritivo, necessário à alimentação do embrião.

Confira as raças de galinha poedeira e para abate

As galinhas apresentam corpo coberto por penas com coloração própria da raça. As cores mais comuns são preta, branca e marrom - a quantidade de penas varia de uma espécie para outra. Embora as galinhas sejam consideradas aves de pequeno porte, algumas raças podem chegar a 7,0 kg, como a Paraíso Pedrês.

Galinhas poedeiras devem possuir boa taxa de postura e ovos de bom tamanho

O ovo de galinha é um alimento muito conhecido e apreciado na alimentação humana desde a antiguidade. Criar galinhas para produção de ovos não é uma atividade difícil, já que a tecnologia para produção está completamente dominada e vem só melhorando ao longo dos anos.

Galinha caipira - aprenda sobre o controle de doenças das aves criadas no chão

O manejo sanitário é a limpeza e a desinfecção das instalações e dos equipamentos do aviário onde se cria galinha caipira. De preferência, um lote de frango caipira não deve utilizar a mesma cama de outro lote, pois os riscos de contaminação das aves são enormes. É mais vantajoso fazer a remoção da cama, que pode ser vendida como esterco. Removida a cama, a área deve ser limpa e desinfetada com uma solução de formol a 5%. É muito importante eliminar os focos de contaminação do lote anterior para evitar o surgimento de doenças, que prejudicam a produção das galinhas caipiras.

Fique por dentro das novidades!