Resultados da busca para "centro-oeste"

Culinária da região Centro-Oeste: Empadão Goiano

A culinária da região Centro-Oeste tem suas tradições fundadas nas típicas festas populares que, por sua vez, receberam influência direta dos povos indígenas da região. Pode-se citar como exemplo da herança culinária indígena a farinha de mandioca, ingrediente muito utilizado em muitos pratos típicos da região Centro-Oeste. Mas não se pode deixar de destacar a utilização de muitos temperos especiais nessa culinária, como o açafrão, o gengibre, a jurubeba, o pequi, a guariroba, entre outros.

Culinária do Centro-Oeste tem um prato típico em cada estado

Constituída pelos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e o Distrito Federal, a região Centro-Oeste tem na sua culinária tradições fundadas nas típicas festas populares que, por sua vez, receberam influência direta dos povos indígenas da região.

Centros de trabalho da cozinha comercial

Em uma cozinha comercial, é preciso ter áreas para preparação dos alimentos e das formulações e uma área para cocção. O centro de trabalho é uma área dentro da cozinha que agrupa os equipamentos, utensílios e materiais usados para a manipulação de um certo tipo de alimento. O projeto dos centros de trabalho deve ser feito atendendo aos seguintes requisitos: ter baixo custo de implantação; evitar contaminação dos alimentos; dar segurança e conforto para os trabalhadores; e evitar o fluxo cruzado de pessoas e equipamentos.

Centro hípico de qualidade tem cocheiras de qualidade

Centro hípico de qualidade é aquele que zela pela integridade física do animal e, por assim ser, leva em consideração o conforto e a qualidade de vida dos cavalos ali instalados. Neste sentido, engam-se aqueles que acham que, para alojá-los, qualquer espaço cercado por paredes e protegido por um teto basta. Portanto, “antes de iniciar um projeto para a construção das cocheiras em centros hípicos, também conhecidas como baias ou estábulos, conforme a região, devemos nos atentar para diversos fatores, afirma Dr. Haroldo Vargas Leal Júnior, professor do Curso a Distância CPT Como Montar e Manejar um Centro Hípico - Modalidades, Instalações, Manejo Sanitário e Primeiros Socorros, em Livro+DVD e Curso Online. São eles:

Vai criar um centro hípico? Tenha em mente alguns fatores!

Atualmente, muitos centros hípicos são antigos haras que foram reaproveitados ou sofreram algumas adaptações; outros, são frutos de grandes investimentos, visando a uma atividade prazerosa e lucrativa.

Ensino centrado no aluno: estratégia boa ou ruim? Utilizar ou não?

Instrução centrada no estudante é uma abordagem ampla de ensino que inclui substituir aulas expositivas por aprendizagem ativa, responsabilizando os estudantes por sua própria aprendizagem e usando aprendizagem em ritmo pessoal e, ou aprendizagem cooperativa (em grupos). “Outra maneira de centrar o nosso ensino no estudante inclui passar problemas abertos e do tipo que requer raciocínio criativo e crítico, exercícios de redação reflexivos, envolvendo os estudantes em simulações e desempenho de papéis”

Regiões que enfrentam a seca têm esperanças renovadas com a chegada da Primavera

Ao que tudo indica, a Primavera - estação das flores para muitos e dos temporais para os meteorologistas - trará chuvas às regiões do Brasil que enfrentam a seca. Mesmo dentro da média, no decorrer da estação, as chuvas voltam a cair no Centro-Oeste, Sudeste e no interior do Nordeste, renovando as esperanças de quem vive da terra e para a terra.

Tem paixão por cavalos? Crie um centro hípico!

Os centros hípicos estão localizados, principalmente, em zonas suburbanas ou rurais, caracterizam-se por criar cavalos em espaços menores e com maior liberdade, não é preciso construir instalações muito dispendiosas como nos clássicos clubes hípicos, onde cada cavalo alojado ocupa permanentemente a sua baia.

Ensino individual - O ensino centrado no aluno

Instrução centrada no estudante é uma abordagem ampla de ensino que inclui substituir aulas expositivas por aprendizagem ativa, responsabilizando os estudantes por sua própria aprendizagem e usando a aprendizagem em ritmo pessoal e, ou aprendizagem cooperativa

Embrapa Suínos e Aves (CNPSA), excelência em melhoria animal

Com evolução no mercado de suínos e aves, nas décadas de 60 e 70, houve a necessidade de se expandir a suinocultura e avicultura no Brasil. Por isso, a Embrapa criou o Centro Nacional de pesquisa de suínos em 13 de junho de 1975. Três anos depois, em 1978, o Centro recebeu a tarefa de promover pesquisas com aves, passando a se chamar Centro Nacional de Pesquisa de Suínos e Aves, hoje denominado Embrapa Suínos e Aves ? CNPSA.

Atendimento Online
Quer Facilidade