WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"bovinos-vantagens-e-desvantagens"

Descorna em bovinos: tipos, vantagens e cuidados

Quando se removem os chifres do bezerro, chamamos descorna. Trata-se de um procedimento comum na pecuária, pois evita uma série de problemas. Entretanto, a técnica exige profissionais qualificados e cuidados importantes para melhores resultados. Além de melhorar o desempenho produtivo dos bovinos, a descorna traz inúmeras vantagens ao pecuarista.

Quais as vantagens dos brincos bovinos com identificação eletrônica?

Realizar um controle eficiente do rebanho traz excelentes resultados ao pecuarista. Uma forma de fazer isso é com a identificação de cada animal com os brincos eletrônicos. Além de serem fáceis de aplicar, eles trazem importantes informações sobre o gado. Dessa forma, é possível saber as principais necessidades de cada bovino, o que otimiza a produção e economiza significativamente os recursos.

Diagnóstico bovino 100% certo? Conheça melhor as doenças!

É impossível chegar a um diagnóstico sem conhecer as doenças, sendo necessário classificá-las quanto à sintomatologia e quanto a causa para auxiliar esse processo, explica Dr. Paolo Antônio Dutra Vivenza, professor do Curso CPT Clínica Médica de Bovinos. Dessa forma, tem-se:

Causas de problemas podais em bovinos

Nas pecuárias de corte e de leite, o casqueamento é fundamental para a manutenção do bem-estar e da boa saúde dos bovinos. Caso contrário, os animais tendem a desenvolver lesões podais que, consequentemente, comprometem o desempenho produtivo do rebanho e resultam em sérias perdas econômicas ao pecuarista.

A brucelose bovina é perigosa? Sim! Conheça a doença e aprenda a evitá-la

Gilmar Ferreira, professor do Curso CPT Bovinos de Corte em Confinamento – Instalações, Produção de Alimentos e Escolha dos Animais, ressalta que a adoção de diversas tecnologias na pecuária de corte permite uma criação mais interessante economicamente, mas é necessário evitar que doenças ataquem os animais, o que pode reduzir a produtividade e até causar a morte dos bovinos.

O que é preciso observar na seleção de bovinos de corte para a reprodução?

Gilmar Ferreira, professor do Curso CPT Bovinos de Corte em Confinamento – Instalações, Produção de Alimentos e Escolha dos Animais, destaca que só é possível obter sucesso na criação de bovinos de corte quando o pecuarista detém profundo conhecimento sobre a avaliação dos animais.

Inseminação artificial em bovinos: manejo, sanidade, nutrição e treinamento do inseminador

São muitos os fatores que determinam o sucesso de um programa de inseminação artificial em bovinos, além da aplicação da técnica em si. Os bovinos precisam estar saudáveis, bem manejados e devidamente controlados. Além disso, é fundamental o preparo ou a adaptação de instalações necessárias e o treinamento dos inseminadores. Para obter sucesso na inseminação de bovinos, deve ser dada a devida atenção a todos estes aspectos.

Inseminação artificial em bovinos: tipos de embalagem para sêmen de boi

Atualmente, as embalagens de sêmen bovino mais utilizadas são as palhetas médias ou finas. Entretanto, no Brasil, as mais comuns para a inseminação de bovinos são as palhetas médias. Além destas embalagens, podemos encontrar minitubos, ampolas, ou ainda pellets, mas devido a alguns problemas, como contaminação e falta de praticidade, estes estão caindo em desuso. A palheta média é hoje mundialmente utilizada, em função das várias vantagens apresentadas em relação às demais. Ela é um pequeno tubo plástico, com 133 mm de comprimento, 2,8 mm de diâmetro e volume suficiente para 0,5 mL de sêmen.

Transferência de embriões em bovinos

A transferência de embriões em bovinos visa à multiplicação do número de bovinos nascidos de uma vaca, geneticamente superior, fecundada por um boi também superior, em um menor período de tempo. Em outras palavras, uma vaca de elevado mérito genético que, normalmente, deixaria uma cria por ano por meio de inseminação ou monta, com a TE pode produzir até 20 descendentes por ano. Isso aumenta consideravelmente a produção gerando lucro ao pecuarista.

Timpanismo em bovinos de corte

O criador de gado de corte deve estar atento a enfermidades que podem surgir nos bovinos, como o timpanismo. Esse fenômeno ocorre quando parte da flora bacteriana morre por excesso de algum determinado alimento, que, por consequência, promove a formação de gases provindos da fermentação deste. Além disso, a falta de fibra e de aditivos na dieta do bovino, que estabilizam a ruminação, podem ocasionar ou agravar ainda mais os quadros de timpanismo.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!