WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"banheiro-quimico"

Covid-19: como limpar e desinfetar banheiros corretamente

Precisando aprender limpar e desinfetar banheiros corretamente, a fim de evitar e ou transmitir a contaminação por Covid-19? Isso é bem fácil, “já que os produtos utilizados na limpeza de banheiros são apenas água, detergente germicida do tipo múltipla ação e solução clorada, a 200 ppm”, explica José Osnar Viviani, professor do Curso CPT Como Montar e Operar uma Empresa de Limpeza.

Precisando repaginar seu banheiro? Mármore Fantasia nele!

As técnicas para imitar os mármores são mais fáceis do que as usadas para representá-lo, pois representar exige fidelidade ao mármore verdadeiro; ao imitar você pode age com mais liberdade buscando a aparência do mármore, mas com um potencial enorme de cores e efeitos. Com estas técnicas você poderá dar roupagem nova e estilo a moveis, objetos, paredes e balcões, em especial aqueles com luz direta, como é o caso dos balcões de banheiro.

Vantagens da palhada no cultivo da cana

Após a colheita mecanizada, a área se torna coberta por uma camada de palha resultante dos restos culturais da cana, como pedaços de colmo, ponteiro, bainha e folhas. Nessa palhada, pode ser realizado o manejo conhecido como plantio direto, que melhora as condições do solo biológica, física e quimicamente.

Sabonete líquido: fácil de fazer, prático e gasta menos

O sabonete líquido é considerado menos agressivo que os sabonetes em barra. É ideal para o uso no banho, em lavabos e consultórios, além de banheiros e pias diversas. Substitui o sabonete comum porque é mais prático e geralmente gasta menos. Segundo o Prof. Francisco Marco Ferreira, do Curso CPT Perfumaria - Sabonetes, Perfumes, Óleos e Sais de Banhos, “o sabonete líquido é muito simples de fazer e dependendo do aroma e da essência que você escolher, é possível criar produtos exclusivos”.

Produção do biodiesel e as bases tecnológicas de sua cadeia

Quimicamente falando, os biocombustíveis são considerados uma composição de ésteres etílicos ou metílicos de ácidos graxos de cadeia longa. O processo mais comum para sua produção é a reação de óleo vegetal ou gordura animal com um álcool. A presença de um ácido, uma base ou enzima incentiva a reação, sendo usada como catalisador. Esse processo é conhecido, na indústria, por transesterificação, que proporciona, além do biodiesel, a glicerina. O álcool mais utilizado nessa produção é o metanol, devido ao alto custo do etanol, por isso o processo é conhecido como transesterificação metílica. Essa é a tecnologia mais utilizada no mundo, mas, no Brasil, há algumas usinas que utilizam a rota etílica (CHING e RODRIGUES, 2006).

Manejo químico do solo antes do plantio: por que é importante fazer?

Como são muitos os fatores que atuam sobre a planta, e que irão definir a produção para uma determinada área, nenhuma técnica isolada poderá garantir boa produtividade. As técnicas normalmente empregadas com o intuito de manejar quimicamente o solo são a calagem, a gessagem e a adubação, e a ferramenta rotineira utilizada para definir como isto será feito (principalmente quais os produtos a serem utilizados e quanto aplicar) chama-se análise química de terra.

Óleos essenciais têm uso cada vez mais intenso nos cuidados com a saúde

Óleos essenciais são compostos voláteis extraídos das plantas por processos de destilação, compressão de cascas e nozes, assim como extração por solventes. São considerados a "alma" de uma planta e são os principais componentes bioquímicos de ação terapêutica das plantas aromáticas e medicinais. São quimicamente bem diversificados, assim como possuem diferentes atuações.

Análise de solo define as características químicas adequadas para a produtividade

A produtividade das culturas está sujeita a fatores externos e internos. Os externos consistem da influência do meio ambiente sob o desenvolvimento das plantas, sendo representados, basicamente, pelo clima da região, pelo solo da área onde a cultura será implantada, e pelos tratos culturais dispensados à lavoura. Os internos dizem respeito, especificamente, à cultura em questão, sendo que estão relacionados com a constituição genética das plantas.

Quimigação aplica produtos químicos via irrigação

Para se desenvolverem de forma adequada, as plantas necessitam de nutrientes, luz, oxigênio, gás carbônico e água. Os nutrientes e a água são absorvidos no solo pelas raízes; a luz, que é utilizada para realizar a fotossíntese, vem do sol; e o oxigênio e o gás carbônico encontram-se presentes na atmosfera.

Frutos e hortaliças - conservação química

Os aditivos químicos são incorporados para retardar o crescimento superficial de leveduras, mofos e bactérias, bem como para manter as características de qualidade (cor, sabor, aroma e textura). A preservação química pode ser realizada pelo uso de substâncias químicas naturais ou sintéticas. Os tratamentos químicos, quando utilizados, não devem prejudicar nenhum fator isoladamente do produto. Por exemplo, se utilizado para manter a cor, não deve prejudicar o sabor ou o aroma. Devem ser aplicados, preferencialmente, como aditivos nutricionais tais como o ácido ascórbico (vitamina C) e cálcio. Em alguns produtos, como na alface fatiada, esses tratamentos não são benéficos, porém, a lavagem para a remoção dos fluídos celulares aumenta a vida de prateleira.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!