Trato dos cães - como limpar as orelhas

Trato dos cães - como limpar as orelhas

 

Os ouvidos do cão são delicados e sensíveis, instrumentos bem afinados que o permitem captar sons bem longe da frequência auditiva humana. Considerando o quanto as pessoas são exigentes em relação a seus equipamentos de som, você pensa que todos entenderiam como é importante cuidar do “sistema de som” de alta qualidade de um cão.

As infecções causadas por corpos estranhos podem danificar seriamente essas criações maravilhosas.

A higiene dos ouvidos dos cães deve levar em consideração alguns fatores, como:

-Produção natural de cerúmen: essa produção pode variar de acordo com cada animal, e, às vezes, no mesmo animal, um ouvido apresenta uma maior quantidade de cerúmen do que o outro;
-Presença de pelos no conduto auditivo: existem algumas raças que apresentam certa quantidade de pelo no interior do conduto auditivo. Contudo, alguns profissionais preferem não retirar o pelo, pois este atua como uma proteção natural contra umidade;
-Forma das orelhas: cães com as orelhas caídas, como o Cocker Spaniel Inglês, apresentam uma maior tendência para os problemas decorrentes da má higiene do ouvido, pois devido à forma das orelhas esta cria um micro ambiente onde existe pouca luz, umidade e calor, que contribuem para o aparecimento de certos problemas.

A limpeza dos ouvidos dos cães deve ser encarada como um ato preventivo. O proprietário responsável não deve deixar o cão chegar ao estado limite. Por isso, recomende aos donos criar o costume de examinar os ouvidos do cão desde pequeno, pois assim ele vai se habituar com o manuseio, não fazendo deste um problema.

Como limpar:

-Coloque o cão no colo, ou de forma que a sua cabeça esteja bem apoiada;
-Dobre a orelha sobre a cabeça e examine para ver como está o ouvido;
-Ao dobrar a orelha do cão, coloque o polegar na base da orelha. Quando colocar o dedo no conduto, vai sentir o seu polegar do lado de fora — este é o limite adequado e seguro até onde pode ir;

OBS.: Costuma-se usar álcool e éter para limpar os ouvidos dos cães, porém já existem produtos mais modernos e muito mais eficazes, disponíveis em bons pet shops e clínicas veterinárias, que, além de limpar, previnem o aparecimento de otites.

-Limpe todo o conduto, passe um pouco de algodão embebido no produto, para promover uma higiene e prevenção final;
-Massageie delicadamente com o intuito de fazer com que o produto atue uniformemente;
-Retire o excesso de secreção e de produto com um algodão ou gaze;

OBS.: Evite enfiar objetos pontudos como cotonetes e pinças, pois podem causar danos no animal.

A frequência dessa limpeza é um fator que vai variar de acordo com os fatores citados antes, mas pelo menos uma vez por semana deverá examinar o ouvido do cão.

Lembre-se de que, preventivamente, devemos habituar o filhote a esses tipos de cuidado, retirando com os dedos os pelos que enchem o interior da orelha. É importante que o conduto auditivo esteja limpo e seco, em especial para aqueles cães de orelhas caídas.

-Em raças com pelos dentro dos ouvidos, coloque o pó medicinal para ouvidos e arranque esses pelos;

-Enrole um chumaço de algodão com os dedos, esfregue o algodão seco dentro do ouvido para retirar o excesso de cera;

-Se a sujeira não sair com o algodão limpo, pingue um pouco de óleo mineral no algodão e faça a limpeza.

Dicas:

-Não aprofunde muito o algodão dentro do ouvido para não causar problemas;
-Não pingue nada dentro do ouvido de cães. Isso pode causar sérios problemas;
-Todas as raças devem ter as orelhas limpas com regularidade;
-O dono do animal deve aprender a limpar as orelhas do cão em uma escala semanal. Assim, protege o cão de infecções do ouvido;
-O tratador deve examinar e limpar as orelhas do cão em cada visita para o banho e a tosa;
-Se observar um acúmulo de cera ou uma secreção amarronzada, acompanhada de um forte odor, não toque o interior do ouvido. Avise o proprietário para procurar um veterinário urgente (você ainda ganhará a confiança dele).

O ouvido externo, também chamado de pavilhão auditivo, é o mais vulnerável a ferimentos e infecções, uma vez que está exposto a objetos estranhos e sujeira. Manter o ouvido externo limpo é a primeira providência de defesa contra problemas.

OBS.: As orelhas saudáveis são rosadas na parte de dentro, sem cheiro ruim ou secreções aparentes.

Procure por objetos estranhos. Se o cão passa muito tempo do lado de fora, especialmente em mato alto ou áreas com madeira, ele pode pegar rabos-de-raposa ou carrapatos em suas orelhas. Remova os corpos estranhos com seus dedos e então limpe as orelhas do cão com óleo mineral.

Nunca use sabão e água, pois a água ensaboada pode causar uma infecção auditiva. Se um corpo estranho estiver incrustado na orelha ou se você não está seguro de retirá-lo, deixe que o veterinário faça isso. O melhor meio de remover é agarrá-lo firmemente no nível da pele com uma pinça e puxá-lo de uma só vez com uma pressão suave e forte.

Fique sempre atento aos primeiros sinais de alerta de uma infecção de ouvido, que não é um problema tão incomum nos cães.

Se o cão agita a cabeça constantemente, tem orelhas doloridas ou vermelhas ou se elas estão com mau cheiro ou têm secreções, encaminhe o cão ao veterinário. A maioria das infecções desse tipo é causada pela falta de circulação de ar e ocorrem mais comumente em raças de orelhas pendentes ou peludas. O ambiente úmido, quente e escuro é o lugar perfeito para que as bactérias e fungos cresçam.

Captando os primeiros sinais, a infecção de ouvido do cão estará logo sob controle, prevenindo complicações mais sérias, que podem levar à perda de audição.

As orelhas dos cães são alvos perfeitos para mosquitos. As picadas recorrentes podem causar dermatite, que deixa as orelhas com crostas e propensas ao sangramento. Para manter o cachorro livre de coceiras, aplique um repelente de insetos seguro para animais nas ore lhas dele, antes de sair.

Se o cão agita frequentemente a cabeça e as patas perto das orelhas, mas não há sinais de infecção, ele pode estar incomodado com ácaros da sarna de ouvido. Eles invadem o canal auditivo e alimentam-se de fragmentos de pele. Um sinal que denuncia a sarna são os fragmentos escuros, que se parecem muito com grãos de café.

Os ácaros de ouvido são muito comuns em filhotes e em cães jovens. Isso porque esses ácaros se espalham facilmente e os filhotinhos gastam muito tempo, um em cima do outro, enquanto brincam e dormem. Se houver outros cães e gatos em casa e um deles começa a ter sarna de ouvido é melhor fazer o tratamento em todos eles.

A maioria dos remédios seguros e eficientes está disponível somente com o veterinário. Então, não espere para entrar em contato.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os cursos da área Como Fazer, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, entre eles o curso Como Fazer Banho e Tosa em Cães.

Por Andréa Oliveira.

Acesse os links abaixo e conheça mais sobre Trato dos Cães:

Cuidados antes de atuar no ramo

Como dar o banho

Secagem dos pelos

Banho a seco

Banho antipulgas

Como combater pulgas

Como combater carrapatos

Cuidados com a pelagem

Limpeza dos dentes

Como cortar as unhas

Cursos Relacionados

Curso Como Montar um Pet Shop - Com Banho, Tosa e Atendimento Curso Como Montar um Pet Shop - Com Banho, Tosa e Atendimento

Com Prof. Dr. José Antônio Viana

R$ 412,00 à vista ou em até 12x de R$ 34,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Perfumaria - Sabonetes, Perfumes, Óleos e Sais de Banhos Curso Perfumaria - Sabonetes, Perfumes, Óleos e Sais de Banhos

Com Prof. Francisco Ferreira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Administrar Pequenas Empresas Curso Como Administrar Pequenas Empresas

Com Prof. Hélvio Tadeu

R$ 468,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Loja de Sucesso - Planejamento, Gestão e Marketing Curso Loja de Sucesso - Planejamento, Gestão e Marketing

Com Prof. Adriano Godoy

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Administração Financeira na Pequena Empresa Curso Administração Financeira na Pequena Empresa

Com Prof. Hélvio Tadeu

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Gestão de Pessoas na Pequena Empresa - Parte 1 Curso Gestão de Pessoas na Pequena Empresa - Parte 1

Com Prof. Hélvio Tadeu

R$ 420,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Bruna Moreira

31 de jul de 2017

Olá, gostaria de saber a data desta publicação....

Resposta do Portal Cursos CPT

1 de ago de 2017

Olá, Bruna.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. A data da publicação é 15 de julho de 2013.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Danielle Silva

1 de jun de 2017

Gostaria de mais dicas

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de jun de 2017

Olá Danielle,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo sobre pet.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade