Tratamento e captação de água no campo

Técnicas simples melhoram a qualidade de vida no campo e auxiliam na preservação dos recursos hídricos

Embora o Brasil concentre a maior reserva de água doce do planeta, é preciso que esse recurso seja consumido com muita cautela, pois a quantidade de água doce potável tem sofrido uma diminuição drástica nos últimos anos em virtude do desperdício, do mau uso e do desmatamento de áreas próximas a reservas aquíferas. Uma das principais causas de contaminação dessa pequena parcela de água potável é a utilização dela para limpeza e higienização. Dessa forma, de nada adianta possuirmos um grande volume de água se há uma degradação constante, tornando-a impossibilitada para consumo. Para se ter uma ideia da dimensão desse problema, estudos realizados no meio rural comprovaram que 98% da água analisada estava contaminada, apresentando coliformes fecais. Esse resultado é surpreendente por se tratar de um lugar que deveria ter um grau bem menor de poluição.

Causas e consequências da contaminação da água

O consumo da água potável deve ser feito de maneira consciente para evitar o desperdício

As consequências do alto índice de contaminação dos recursos hídricos são muitas e bastante prejudiciais à saúde do ser humano, pois ao ingerir o líquido ou os alimentos infectados por ele, podemos desenvolver doenças graves. O professor Marcelo Henrique Otenio, bioquímico e especialista em Gestão Ambiental e Recursos Hídricos, explica que essas enfermidades podem ser transmitidas diretamente pela água ou veiculadas por parasitas encontrados em organismos que vivem nela. Segundo Otoni, as doenças mais comuns são a cólera, a diarreia, a leptospirose, a hepatite, a esquistossomose e a giardíase. Contudo, através do tratamento adequado da água e do esgoto, é possível diminuir o risco dessas enfermidades em índices significativos.

O especialista em Recursos Hídricos afirma que toda e qualquer atividade produtiva afeta, ainda que em graus diferentes, a água natural disponível. A atividade agropecuária, por exemplo, necessita de alta demanda desse recurso e as condições dele interferem diretamente na qualidade do produto. Vale ressaltar que o manejo adequado dos animais é de extrema importância na preservação não só da qualidade e do volume do recurso hídrico mas também do solo. A infiltração da água da chuva não pode ser prejudicada, pois esse processo é essencial para que haja o abastecimento dos mananciais.

Captação de água no meio rural

Em alguns lugares, onde a disponibilidade de água já atingiu um estado crítico, a captação pluvial tem sido utilizada como um meio alternativo e eficiente. Todavia, Otenio alerta para o fato de que esse procedimento tem alguns pontos negativos, como o alto custo da instalação de fontes de captação e armazenamento, o índice elevado do pH ácido e a poluição atmosférica presente em grande parcela do volume que é captado em centros industriais. Vale lembrar que quanto maior é a superfície disponível para a captação, maior é a probabilidade de se conseguir uma boa quantidade de água. Aconselha-se a dispensar o que é captado nas primeiras chuvas a fim de garantir a limpeza da superfície de captação.

Poço tubular contaminado pela fossa

Quando o meio de captação de água é o poço, deve-se tomar um cuidado especial com a sua borda, evitando que a água da chuva ou outros elementos sejam escoados para dentro dele. Para tanto, é necessária a construção de uma barreira em concreto ou alvenaria, de aproximadamente 50 cm ou 70 cm. Uma tampa de concreto em cima dessa barreira também é fundamental para que o poço permaneça fechado e protegido de qualquer tipo de impureza. Além disso, é interessante a instalação de uma bomba manual ou elétrica para garantir a qualidade da água, pois ela dispensaria o uso de cordas e baldes, objetos sujos que poderiam contaminar a água. Providenciar o revestimento interno do poço e um selo sanitário também são atitudes que garantem a salubridade.

Poços caipiras são aqueles construídos por escavação até a profundidade em que haja água. É preciso ter cuidado primeiramente com o local de perfuração para que a água não corra o risco de ser infectada. Locais próximos aos animais, por exemplo, não são indicados. É imprescindível que a construção do poço seja feita sempre acima da construção da fossa, evitando contaminação através do lençol freático. A instalação de uma bomba para a captação da água não é um procedimento muito barato, porém é o ideal para garantir a qualidade da água durante o seu percurso que vai do poço à residência. Em localidades onde ainda não haja luz elétrica, é preciso investir em outro tipo de energia, como a solar ou a eólica, antes de instalar a bomba.

Poços tubulares, ou artesianos, são bem menores que os poços caipiras, porém com uma estrutura bastante semelhante quanto aos cuidados tomados para que não haja contaminação da água captada. Desse modo, os tubulares também necessitam de barreira na parte superior, tampa, revestimento interno e de selo sanitário. Além disso, é indispensável construí-los em locais com chance mínima de contaminação. A maioria dos poços tubulares tem a bomba como principal auxílio de captação de água.

A vegetação protege a nascente e permite a infiltração da água da chuva no solo

Captação de água nas nascentes e cloração

Quanto às nascentes, mais conhecidas como minas, a captação de água depende da sua disposição no solo. Quando este for plano, é recomendável que se construa uma caixa de alvenaria com tampa ao redor da nascente a fim de protegê-la. No entanto, se o solo for íngreme, a caixa de alvenaria não é recomendada, pois uma grande porção do solo teria que ser retirada para o nivelamento do terreno. Aconselha-se, nesse caso, a preservação da vegetação próxima à nascente, pois além de protegê-la, a vegetação facilita a infiltração da água da chuva no solo.

É válido ressaltar que a cloração é indispensável, independente da finalidade, ou seja, o cloro precisa ser adicionado à água se esta for destinada ao consumo humano ou às atividades agropecuárias. A função do cloro é desinfectar, diminuindo o risco da transmissão de doenças para o ser humano. Outros agentes químicos também têm essa função, porém o cloro é o mais utilizado. Recomenda-se também que seja feita a coleta e a posterior análise da água para uma avaliação mais precisa do seu grau de contaminação.

No curso Tratamento de Água e Esgoto na Propriedade Rural, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, você encontra todas as orientações para iniciar o tratamento de água e esgoto no campo. Há também informações sobre como proceder de maneira correta na técnica que você escolher, visando tanto a melhoria da qualidade de vida das pessoas que lá residem quanto a preservação e recuperação do recurso hídrico disponível. Através de demonstrações no DVD e de desenhos no próprio livro, é possível visualizar cada técnica detalhadamente. Elas são sugestões simples e eficientes de tratamento da água e do esgoto local, permitindo que o proprietário instale um sistema de saneamento básico na sua residência.

Por Camila Guimarães Ribeiro

Cursos Relacionados

Curso Tratamento de Água no Meio Rural Curso Tratamento de Água no Meio Rural

Com Prof. Francisco Viana

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Compostagem de Lixo em Pequenas Unidades de Tratamento Curso Compostagem de Lixo em Pequenas Unidades de Tratamento

Com Prof.ª Maria Esther

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Recuperação e Conservação de Nascentes Curso Recuperação e Conservação de Nascentes

Com Prof. Dr. Paulo Sant’Anna

R$ 412,00 à vista ou em até 12x de R$ 34,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Perfuração de Poços Artesianos e Semiartesianos Curso Perfuração de Poços Artesianos e Semiartesianos

Com Prof. Francisco Markowicz Júnior e Prof. Joaquim...

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Restauração Florestal em Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal Curso Restauração Florestal em Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal

Com Prof. Dr. Sebastião Venâncio

R$ 480,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Tratamento de Água e Esgoto na Propriedade Rural Curso Tratamento de Água e Esgoto na Propriedade Rural

Com Prof. Dr. Marcelo Otenio

R$ 480,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Giovana Rocha Veloso

19 de set de 2017

Olá você tem algum consultor para indicar no Estado de Goiás que apoie no desenvolvimento e implantação de plano de manejo de agua em penas propriedades, que inclua captação, reaproveitamento e recuperação de nascentes?

Resposta do Portal Cursos CPT

19 de set de 2017

Olá, Giovana.

Aguradecemos sua visita e comentário em nosso site. Infelizmente não podemos ajudar.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Marilda de Fátima Umbelino

9 de ago de 2016

Necesito me informar sobre meios eficases e corretos para manutenção nascente e como fazer a captação sem prejudicar a mesma.

Resposta do Portal Cursos CPT

9 de ago de 2016

Olá Marilda,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Eduardo Pinto de toledo

14 de set de 2015

Olá boa tarde vou fazer um poço caipira em minha chácara e observei que lá a terra é preta e arenosa sera que isso influi no gosto da água? Desde já agradeço

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de set de 2015

Olá, Eduardo!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Solos arenosos são aquele que têm uma quantidade maior de areia do que a média (contêm cerca de 70% de areia). Eles secam logo porque são muito porosos e permeáveis: apresentam grandes espaços (poros) entre os grãos de areia. A água passa, então, com facilidade entre os grãos de areia e chega logo às camadas mais profundas. Os sais minerais, que servem de nutrientes para as plantas, seguem junto com a água. Por isso, os solos arenosos são geralmente pobres em nutrientes utilizados pelas plantas.

A terra preta, também chamada de terra vegetal, é rica em húmus. Esse solo, chamado solo humífero, contém cerca de 10% de húmus e é bastante fértil. O húmus ajuda a reter água no solo, torna-se poroso e com boa aeração e, através do processo de decomposição dos organismos, produz os sais minerais necessários às plantas.

Os solos mais adequados para a agricultura possuem uma certa proporção de areia, argila e sais minerais utilizados pelas plantas, além do húmus. Essa composição facilita a penetração da água e do oxigênio utilizado pelos microorganismos. São solos que retêm água sem ficar muito encharcados e que não são muito ácidos. 

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Glauco Nogueira

3 de jul de 2014

Boa tarde, a água da minha casa é de mina pois moro numa chácara, observei que durante um banho de banheira a camiseta branca de algodão que eu mergulhei na banheira ficou de coloração azul clara e depois que secou ficou verde clara. O que será que pode ter ocorrido? vcs saberiam me dizer?

Resposta do Portal Cursos CPT

8 de jul de 2014

Olá, Glauco!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações sobre o que pode estar acontecendo recomendamos que consulte um especialista na área.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Alfredo

22 de fev de 2014

Tenho um poço caipira e estou com dificuldade de encontrar uma pessoa e/ou empresa para fazer a manutenção do poço pois ele ficou sem uso mais ou menos uns 10 anos. Alguém pode me ajudar me indicando pessoa ou empresa que trabalha com MANUTENÇÃO DE POÇO CAIPIRA?

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de fev de 2014

Olá, Alfredo!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Recomendamos que procure por informações em casas especializadas em produtos agrícolas.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

jose luiz pessoa

13 de jan de 2014

Eu gostaria de receber o desenho e como tratar e filtrar a agua de uma pequena nascente na minha propriedade, desde já agradeço, José Luiz pessoa,

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de jan de 2014

Olá, José Luiz!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

O tratamento de águas provenientes de mananciaissuperficiais, como córregos, rios, represas, entre outros deve ser feito em duas etapas: primeiro, será preciso submeter a água a um processo de separação e retenção de partículas sólidas em suspensão, o qu se consegue por meio de dispositivos apropriados que podem ser construídos na própria fazenda. Ems egundo lugar, o tratamento será finalizado com a cloração.

O sistema simplificado de tratamento de águas superficiais pode ser adotado tanto para propriedades ruraus como para pequenas comunidades rurais. Ele deve ser construído, de preferência, em um local onde haja um declive natural do terreno, para que a condução da água entre cada componente do sistema seja feita por gravidade. Esse istema é composto por:

- caixa de captação;

- caixa de areia;

- pré-filtro;

- filtro lento de areia;

sistema de bombeamento; e reservatório central.

Para mais informações sobre como realizar o procedimento passo a passo, conheça o Curso CPT Tratamento de Água e Esgoto na Propriedade Rural.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Luiz Augusto Cardoso

26 de nov de 2013

Gostaria que se puderem, enviar programas sobre abastecimento de povoados rurais e pequenas cidades através de minas, já que acredito que a única solução de abastecimento futuro é conservação de nascentes e pequenos cursos d'água. Existem cidades do interior que são abastecidas utilizando parceria com proprietários rurais.

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de dez de 2013

Olá, Luiz Augusto!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mario Sanches Martinez

16 de jun de 2013

*****Gostaria de receber orientações de como tratar a água de um poço caipira de maneira mais prática. Característica do poço: Encontra-se numa zona rural; Profundidade: 22 metros Diâmetro tubular com 1,20 metros todo revestido com tubos de concreto Contém 3 metros dágua Uso de uma bomba elétrica p tirar água que vai para uma caixa de 2000 L Grato Att.

Resposta do Portal Cursos CPT

18 de jun de 2013

Olá, Mário!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Existem duas formas de tratamento de água:

- Tratamento de água por cloração: primeiramente providencie a realização de uma análise da qualidade da água. para isto, basta coletar uma amostra e encaminhá-la a um laboratório para que uma análise bacteriológica seja realizada, Não havendo presença de coliformes fecais na água, significa que ele não possui contaminação por esgoto e bastará uma cloração para que seja utilziada na propriedade, seja para consumo humano, seja para atender as atividades produtivas específicas.

Uma cloração poderá ser feita por meio de um clorador que deverá ser adequado ao volume de água a ser tratado. Quando o volume de água utilizado diariamente for de no máximo 1.000 L, você poderá utilizar o clorador modelo Embrapa. Já para volumes maiores, de 1.000 L a 5.000 Ldiários, o mais indicado é o clorador de pastilhas. Caso a demanda diária de água tratada seja de mais de 5.000 L, a recomendação é para que se utilize uma bomba dosadora de cloro. A instalação desses cloradores deverá ser feita nas proximidades da residência, em local de fácil acesso, devidamente abrigado das variações climáticas (sol, chuva) e protegido de animais e do trânsito de veículos, por exemplo. Isso é necessário para facilitar a calibração do equipamento; o reabastecimento periódico com cloro; a vistoria; a manutenção; e a conservação do equipamento.

- Tratamento de água com filtração e cloração: o tratamento de águas provenientes de mananciais superficiais, como córregos, rios, represas, entre outros, deve ser feito em duas etapas: primeiro, será preciso submeter a água a um processo de separação e retenção de partículas sólidas em suspensão, o que se consegue por meio de dispositivos apropriados que podem ser construídos na própria fazenda. Em segundo, o tratamento é finalizado com a cloração.

Para mais informações sobre o tratamento de água o CPT - Centro de Produções Técnicas possui o curso Tratamento de Água e Esgoto na Propriedade Rural.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

daylayne

23 de abr de 2012

Gostei muiiiiiiito de estudar captaçao de água

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de abr de 2012

Olá, Daylayne!

Que bom que gostou do artigo "Tratamento e captação de água no campo"!

Não deixe de acessar o site para conferir as novidades em sua área de interesse.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade