WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Qual a lógica de trabalhar com APLs em municípios?

A lógica é a de que esse determinado serviço seria mais caro para cada empresa individual, pois não seria realizado com uma constância que garantisse alguma escala razoável

Qual a lógica de trabalhar com APLs em municípios?   Artigos Cursos CPT

 

A lógica é a de que esse determinado serviço seria mais caro para cada empresa individual, pois não seria realizado com uma constância que garantisse alguma escala razoável, mas, quando centralizado e demandado pelas várias empresas do cluster, teríamos aí uma escala que possibilitaria a redução dos custos de acesso a esses serviços. “Investimentos em infraestruturas essenciais também promoveriam esses ganhos”, afirma Brenner Lopes, professor do Curso a Distância CPT Como Implantar um APL - Arranjo Produtivo Local.

Economias de aglomeração


Que se referem à situação da redução de custos decorrentes da situação de empresas similares concentradas numa mesma localidade e demandando alguns dos mesmos insumos. Um exemplo das economias de aglomeração seria a instituição de uma central de compras de determinados insumos para um conjunto de empresas de um arranjo produtivo local;

Incidências de externalidades


Que se referem à situação em que o consumo ou produção de um determinado bem, em um determinado mercado, impactam o consumo e a produção em outros mercados. Por exemplo, em alguns arranjos produtivos locais, pode-se verificar a presença diária de trabalhadores de outros territórios, que se deslocam pela manhã para trabalhar no território em que se encontra o APL e retornam à noite para seus territórios de origem. A renda gerada pode determinar incentivo à oferta de determinados bens em territórios vizinhos àqueles em que estão localizados os arranjos produtivos locais. Isso significa a renda gerada no APL, cria uma demanda por bens que não estão presentes no território do Arranjo Produtivo Local;

Redução das assimetrias informacionais


Que se referem à situação em que os atores do mercado, por exemplo, compradores e vendedores, não dispõem do acesso ao mesmo nível de informação sobre os bens transacionados. Um bom exemplo disso seria o acesso a serviços financeiros, por parte, principalmente, dos pequenos negócios.

Em geral, algumas organizações não tem um acesso razoável às instituições financeiras, por dificuldade em discernir o risco de crédito para a maior parte das empresas de pequeno porte. Assim, a criação de um fundo garantidor de crédito, cujos cotistas seriam as próprias empresas de um determinado arranjo produtivo local, poderiam disponibilizar aos bancos as garantias necessárias para prover acesso a crédito em condições normais às empresas de um determinado arranjo produtivo local.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Quer que seu município prospere economicamente? APLs nele!
- Como os APLs são compostos, você sabe?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT da área Gestão Empresarial.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!