Produção de morangos orgânicos

O cultivo natural possibilita uma melhor qualidade de vida e saúde dos produtores

O morango orgânico é uma fruta limpa, saudável e com sabor bem mais intenso

A produção de alimentos com técnicas baseadas na agricultura orgânica é, sem duvida, uma realidade de ordem mundial. Vários são os países que se organizam buscando uma política de governo para tratar exclusivamente do desenvolvimento da agricultura com base nos princípios orgânicos.

Geralmente as pessoas associam o morango com uma cultura difícil e que utiliza uma grande quantidade de agrotóxicos na sua produção. Isso muitas vezes inibe o consumo da fruta. No entanto o cultivo orgânico de morangos se faz sem o uso de agrotóxicos, utilizando um sistema que utiliza apenas recursos naturais.

Hoje os consumidores estão mais conscientes dos problemas e das necessidades de se consumir produtos mais saudáveis e quando se fala em alimentos do futuro procuram-se alimentos in natura, com qualidade, e livre de agrotóxicos.

Cultivado no sistema convencional o morangueiro pode receber em média 45 pulverizações com agrotóxicos, motivo pelo qual já se encontra na lista negra dos alimentos campeões de resíduos químicos. Entretanto, a prática de alguns produtores orgânicos tem mostrado que existe viabilidade técnica, econômica, social e ecológica da produção orgânica de morango.

O morango orgânico é uma fruta limpa, saudável e com sabor bem mais intenso. Além disso, o cultivo natural possibilita uma melhor qualidade de vida e saúde dos produtores, que muitas vezes acabam intoxicados pelos agrotóxicos usados nas lavouras convencionais.

O fator econômico é outro atrativo para os produtores, como o cultivo ainda é novo no mercado, a oferta é pequena e o preço da fruta é elevado, no entanto a procura pelos consumidores aumenta a cada dia, eles preferem pagar mais e ter certeza de estar consumindo um produto de qualidade que não fará mal a saúde.

O Brasil é o terceiro maior país com áreas destinadas à plantação de orgânicos: 1,8 milhões de hectares. O apoio à produção orgânica está presente em diversas ações do governo brasileiro, que oferece linhas de financiamento especiais para o setor e incentiva projetos de transição de lavouras tradicionais para a produção orgânica.

O curso de Produção de Morangos Orgânicos, promovido pelo Centro de Produções Técnicas – CPT vem divulgar os conceitos e as práticas desta técnica para produzir morango sem o uso de agrotóxicos e adubos químicos, desenvolvendo uma produção de baixo custo, pequeno impacto ambiental e maior preço final do produto. No curso você receberá informações dos Professores e Pesquisadores Afonso Peche Filho, do Instituto Agronômico de Campinas e José Dahir Porto de Luca, Engenheiro Agrônomo da Associação de Agricultura Orgânica e produtor com vasta experiência em produção orgânica. O curso conta, também, com a participação especial do Engenheiro Agrônomo Aurélio Carpalhoso de Abreu, especialista em produção de morango.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada à ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.  

Com as informações sobre a Produção de Morango Orgânico os agricultores terão a possibilidade de se inserir num mercado de excelentes perspectivas, considerando a crescente demanda por produtos de melhor qualidade e o forte apoio do governo à produção orgânica.

Cursos Relacionados

Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças - Sistema de Produção Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças - Sistema de Produção

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce Curso Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Citros Curso Cultivo Orgânico de Citros

Com Prof. Paulo Antônio

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

fatima drabeski

27 de ago de 2015

Olá, gostaria q se vc pudessem me mandar informações sobre morangos orgânicos e convencionais e a diferença de sabores e acidez entre um e outro é pra um trabalho escolar. Se puderem atender obrigado att fatima

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá, Fátima!

Agradecemos sua sugestão, assim que possível vamos publicar uma matéria pontuando estas diferenças.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

silmara santos

30 de jun de 2015

Achei muiiiiitoooo!!!!legaaaalll!!!!Adoooorooooo morango!!!!!

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá, Silmara!

Que bom que gostou. Ficamos felizes.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Eronides Vital de Barros.

3 de out de 2013

Eu estou tentando trabalhar com produtos orgânico, com projeto de horta nas escolas e gostaria de trabalhar com morango. Como posso fazer para adquirir informações sobre o morango. Para obter informações sobre meu trabalho digite professor Eronides projeto de horta nas escolas municipais.

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá, Eronides!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações sobre a produção de morango orgânico nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

anna leticia

4 de jun de 2013

gostaria de mais informações pois pretendo fazer uma plantação de morangos e hortaliças orgânicos e não como prepara a terra e nem cultivar os mesmos

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá, Anna Letícia!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Preparo do solo para produção de morangos: os canteiros podem ser feitos de forma mecânica ou manual e deve ser realizada de preferência bem próxima da época do plantio. A altura é variável e dependente da drenagem interna do solo, sendo que 20 cm é uma média. A largura varia de 1,00 a 1,20 m, e a distância entre canteiros é de 50 cm.

Para cultivar os morangos de forma orgânica é necessário o uso de análise de solo, e após os resultados devemos realizar os cálculos para atender às exigências do solo e da planta com fontes de fertilizantes orgânicos.

Plantio do morango orgânico: com relação à épocas de plantio, podemos dizer que o morangueiro é bastante sensível ao fotoperíodo, sendo que, para a produção de mudas, a planta preisa ter o crescimento vegetativo estimulado, e isso acontece sob condições de dias longos e temperaturas elevadas, e, para a produção de frutos, a planta tem que ter o florescimento estimulado e isso acontece sob condições de dias curtos e temperaturas amenas ou baixas.

Diante desses fatos, há duas épocas para o plantio: produção de mudas: setembro a outubro e produção de frutos: fevereiro a maio.

Em plantios destinados à produção de frutos, recomenda-se utilizar de 65 mil a 80 mil mudas por hectare e os espaçamentos mais utilizados são o 30 x 30 cm, 30 x 35 cm, 35 x 35 cm e 40 x 30 cm, sendo que as plantas devem ficar dispostas em plantios quadrados ou em quincôncio, que é um método em que as mudas são dispostas em xadrez, uma em cada canto e uma no centro, ou seja, grupos de cinco plantas, formando um quadrado com quatro e fincado uma muda no centro.

Hortaliças Orgânicos, o solo: o manejo do solo em estufa deve obedecer aos mesmos critérios para áreas abertas, que é baseado na correção do solo contra acidez e dificiência de nutrientes (após a análise do solo, de macro e micronutrientes), rotação de culturas, adubação verde, consorciação de culturas e cobertura morta com palha.

A cada dois anos, deve-se utilizar uma adubação verde dentro de estuda, de 60-90 dias, com milho e mucuna anã ou crotalária mucronata, irrigados por aspersão, que depois devem ser incorporados ao solo, pois essas culturas terão efeito sobre os fungos, bactérias e nematóides do solo, além de reciclarem os nutrientes não utilizados nos cultivos anteriores.

Plantio das hortaliças: uma vez que se decide pelas culturas que serão cultivadas, toda a infra-estrutura deve estar preparada para que as culturas possam ser conduzidas em bom termo. Se o produtor optou por um módulo mínimo econômico (2000 m²), ele deve iniciar com a estrutura mínima que permita o preparo, o plnatio, o desenvolvimento, a condução, a colheita e a comercialização.

O plantio das hortaliças na estufa deve ser feito já dentro de um estufa própria para isso, o viveiro de mudas. O viveiro se diferencia da estuda comum, basicamente pelo sistema de irrigação e nebulização áerea. No viveiro, o plantio é feito em bandejas, sobre bancadas, a uma altura de 80 cm a 1,0 m do solo. As bancadas podem ser de madeira, metal, arame e bambu. As bandejas podem ser de isopor, plástico, madeira ou papelão. O substrato deve ser preparado a partir de um composto orgânico bem curtido, podendo ser comprado ou preparado no sítio.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

 

pedro lopes de oliveira

16 de mar de 2013

Gostaria de saber como fazer para comprar aqueles tubos feito sacos de plastico + ou- de 6 a 8 metros de comprimentos?

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá, Pedro!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações recomendamos que procure uma casa agropecuária em sua cidade ou região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade