WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pecuarista, você já ouviu falar de esofagostomose bovina? Não? E enterite?

Para você, pecuarista ou especialista da área, a esofagostomose, também chamada de enterite, é uma doença que ataca os bovinos e pode causar grandes transtornos ao produtor

Pecuarista, você já ouviu falar de esofagostomose bovina? Não? E enterite?

Pecuarista, você já ouviu falar de esofagostomose bovina? Não? E enterite? Então vamos lá. Para você, pecuarista ou especialista da área, a esofagostomose, popularmente chamada de enterite, é uma doença que ataca os bovinos e pode causar grandes transtornos ao rebanho e também ao produtor.

Cientificamente, Jackson Victor de Araújo, professor do Curso CPT Prevenção e Controle de Doenças em Bovinos - Verminose, explica que “as espécies de Oesophagostomum são responsáveis por uma grave enterite em ruminantes, especialmente os O. radiatum em bovinos.”

E como a esofagostomose bovina acontece?


Simples. As larvas provocam irritação e inflamação da parede intestinal com formação de nódulos purulentos verde-amarelados na mucosa. Nas fases finais da doença, desenvolvem-se anemia e hioalbuminemia, por causa das perdas de proteína e extravasamento de sangue através da mucosa lesada.

E não para por aí! A formação de nódulos na serosa do intestino grosso interfere na absorção de nutrientes, proporcionando uma reação inflamatória. Estas inflamações, por sua vez, alojam pequenos grânulos parasitários que se transformam em nódulos encapsulados, formados por fibroblastos. No interior dos fibroblastos são encontradas as larvas do Oesophagostomum spp.

E quais sintomas são apresentados pelos bovinos contaminados?


Os sintomas nos animais parasitados são febre, diarreia, anorexia e anemia. Nas infecções agudas de ruminantes, uma grave diarreia verde escura constitui o principal sintoma e há também rápida perda de peso e, às vezes, edema submandibular.

Gostou da matéria? Quer aumentar ainda mais seus conhecimentos sobre o assunto? Leia mais abaixo:


- Drogas e manejo de controle de vermes em bovinos. Aprenda!

Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT Prevenção e Controle de Doenças em Bovinos - Verminose? Assista ao vídeo!


 

Conheça os Cursos CPT da área Gado de Corte.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!