WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Orquídeas - irrigação

Orquídeas - irrigação

 

A irrigação é um dos fatores mais importantes para o cultivo das orquídeas. É preferível que a planta sofra pela falta de água do que pelo excesso. Dentro de uma estufa, em um clima quente e seco, as plantas precisam diariamente de água. A temperatura da água deve ser sempre igual à do ambiente para evitar o choque térmico nas orquídeas. Quando a temperatura está fria, a rega deve ser alternada, dia sim, dia não.

Evite usar água clorada. Para se conseguir uma água sem cloro, basta deixar a água de irrigação descansando por 24 horas. Após esse período de descanso, o cloro vai desaparecer e a água estará pura. Como as orquídeas, através de suas raízes, folhas e bulbos, absorvem a umidade do ar, é bom que nas temporadas de chuvas não se faça a irrigação das orquídeas. Apenas com as paredes e chão das estufas molhados, a orquídea ficará satisfeita.

Quando as orquídeas se abrem, utiliza-se pouca água, pois elas entram em um período de repouso, precisando apenas de uma leve pulverização. Plantas com folhas finas e delgadas ou sem pseudobulbos exigem mais regas do que aquelas com pseudobulbos grossos.

Todas as orquídeas que estiverem soltando brotos e raízes novas precisam ser molhadas com mais abundância.

As orquídeas recém-plantadas não devem receber água por 7 a 12 dias.

O substrato da orquídea nunca deve ficar encharcado, pois corre o risco de apodrecer.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT da área Floricultura, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas (CPT), entre eles o Curso Cultivo de Orquídeas para Fins Comerciais ou Hobby.

Por Andréa Oliveira.

Acesse os links abaixo e conheça mais sobre as orquídeas:

Nomenclatura

Classificação

Grupos

Estrutura

Formas de propagação

Comercialização

Como plantá-las em vasos, árvores ou cascas de árvore

Adubação

Luminosidade

CUIDADOS COM AS ORQUÍDEAS

Combate a pragas e doenças

Defensivos caseiros

ESPÉCIES DE ORQUÍDEAS

Acacallis cyanea Lindl

Cattleya bicolor Lindley

Cattleya elongata Barb.

Cattleya forbesii Lindley

Cycnoches chlorochilon Klotzsch

Cycnoches haagii Barb.

Dendrobium nobile

Fonte: www.orkideas.com.br

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!