WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

O que acontece com as novilhas se não receberem forragem sufuciente?

As taxas de crescimento das novilhas podem permanecer baixas, caso não sejam ofertadas quantidades suficientes de forragem nessa fase da recria

O que acontece com as novilhas se não receberem forragem sufuciente?   Artigos Cursos CPT

 

Novilhas muito jovens, com menos de um ano de idade, têm alta exigência nutricional e menor capacidade retículo-ruminal. Sendo assim, as taxas de crescimento podem permanecer baixas, caso não sejam ofertadas quantidades suficientes de forragem nessa fase da recria.

“Para isso, grãos ou alimentos concentrados de qualidade devem ser incluídos na dieta das novilhas para a obtenção de maiores taxas de crescimento”, afirma Juliano Ricardo Resende, professor do Curso a Distância CPT Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento.

De maneira geral, novilhas jovens são alimentadas com dietas contendo entre 40% e 80% de alimento volumoso. À medida que elas crescem, a concentração energética e proteica da dieta diminui, enquanto a concentração da fração fibrosa aumenta.

É importante ressaltar que devem ser evitados alimentos volumosos de baixa qualidade em dietas de novilhas entre três e seis meses de idade. Já para novilhas mais velhas, com idade entre seis meses até a primeira cobertura, essas forragens de pior qualidade podem ser utilizadas, porém sendo suplementadas com alimento concentrado e fontes minerais.

As novilhas com mais de 13 meses de idade já possuem capacidade retículo-ruminal suficiente para obterem elevada taxa de crescimento. Quando alimentadas com volumosos de boa qualidade e com alto teor de energia, como é o caso da silagem de milho, a dieta deve ser ofertada em quantidades limitadas, caso contrário o consumo será alto e os animais poderão ficar supercondicionados, ou seja, obesos. Já o alimento concentrado poderá ser utilizado quando forem ofertados volumosos de baixa qualidade.

Quando as novilhas estiverem prestes a parir, algumas mudanças nos procedimentos da recria serão exigidas, tais como:


a) De um a dois meses antes do parto, o programa de alimentação deverá ser adaptado para preparar a novilha para o parto e a primeira lactação. Nesse momento, os alimentos volumosos de qualidade, juntamente com quantidades crescentes de concentrados, serão necessários para assegurar que a transição entre a gestação e o parto ocorra de forma tranquila e também para condicioná-las, o mais rápido possível, ao alto consumo de matéria seca depois do parto;

b) Uma adaptação no manejo alimentar será necessária para se evitar o supercondicionamento, ou seja, o elevado escore da condição corporal (maior que 3,5) ao parto: novilhas que parem muito magras ou obesas podem desencadear problemas produtivos, reprodutivos e de ordem metabólica, após o parto;

c) Já o terço final da gestação deve ser um período voltado para minimizar o estresse do animal, sem maiores ajustes nutricionais.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Período seco das vacas. O que é isso? Como explicar?

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos a Distância CPT da área Gado de Leite.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!