WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

O gado Jersey é conhecido pela produção de leite com alto teor de sólidos

Entre outras características raciais estão a precocidade, a fertilidade e a longevidade

 

 Vaca Jersey. Foto: Assisbrasil.org

A raça Jersey é originária da Ilha de Jersey, que fica no Canal da Mancha, localizado entre a França e a Inglaterra. O leite produzido por esse gado é famoso por uma de suas principais qualidades, o alto teor de sólidos, como a gordura.

Mas, apresenta também outras características importantes para a pecuária leiteira, como fertilidade, precocidade e longevidade, além de sua capacidade de adaptação aos diversos sistemas de produção e aos climas.

História


O gado Jersey está no Brasil há mais de 100 anos. Sua história começou no Rio Grande do Sul, o pecuarista reponsável pela introdução do gado na região chamava-se Joaquim Franciso de Assis Brasil. Em 1896, chegou ao país os primeiros bovinos da raça, eles vieram do rebanho pertencente a Rainha Vitória, a propriedade de onde saíram esses animais chamava-se Granja de Windsor.

Assim, começaram a ser formados os rebanhos mestiços e puros, por meio de cruzamentos entre vacas da região gaúcha e touros da raça Jersey. Em 1985, foi realizado o registro genealógico da raça, ou seja, o chamado Herd Book. Já em 1930, o Ministério da Agricultura do Brasil oficializou a raça e oito anos depois surgiu a Associação de Criadores de Gado Jersey. Em anos posteriores, surgiu também a associação do RS.

Ao longo dos anos, o gado Gersey ganhou espaço em outras regiões. Portanto, além do Rio Grande do Sul, destacam-se na produção da raça Jersey os estados de Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais.

Características raciais

Embora seja de origem europeia, esse gado leiteiro apresenta boa adaptabilidade aos diferentes climas, inclusive ao tropical. Mas, para que essa adaptação seja bem sucedida, ela dependerá da realização de um bom manejo. Ela também possui adaptabilidade em relação aos sistemas produção.

Outra característica da raça é a precocidade. As novilhas da raça são precoces. Sendo assim, a primeira cobrição deverá ser controlada conforme o peso.

Quanto ao leite, esse apresenta alto teor de sólidos, como gordura. Trata-se de um leite gorduroso. Por isso, é propício para a produção de derivados, como iogurte, manteiga, requeijão, queijo e outros produtos lácteos.

O gado Jersey é longevo, o que aumenta a sua vida reprodutiva. Além disso, possui diferenciais como uma alimentação de custo menor em relação a outras raças e uma conversão alimentar eficiente.

No que diz respeito às características físicas, entre elas, citam-se:

– Animal de pequeno porte.
– Pelagem de tons pardo-escuro ou amarelo-claro, sendo mais escura na face e nas extremidades do corpo. Os touros têm pelagem mais escura.
– A cabeça é pequena, com perfil côncavo. Os chifres são curtos, finos e dirigidos para frente. As orelhas são curtas e finas.
– O pescoço é esbelto e médio.
– O corpo é alongado, o tórax é estreito, os membros são curtos, pouco musculosos. O úbere é bem conformado e possui boa irrigação sanguínea.

Por Luci Silva

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Jorge Luiz Martins

31 de ago. de 2018

Estou com um projeto, estou me aposentando e queria montar um pequeno laticínio no meu sitio. Estou estudando a raça Jersey, pois pelo que me informam está seria a raça correta. Não quero fazer nada no amadorismo e sim profissional e com padrão, CIF aprovado e tudo. Para isto necessito de um curso para saber como posso iniciar, tendo principio, meio e fim. O curso poderia ser presencial ou online, só preciso saber se vocês tem um curso especifico para está raça, e se tiver me oriente como posso realizar. Agradeço a sua atenção Jorge Martins

Resposta do Portal Cursos CPT

31 de ago. de 2018

Olá Jorge,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. Para mais informações, nossas consultoras entraram em contato.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

adson

6 de jan. de 2013

Devido o leite da vaca jersey ser muito gordo não consigo fazer com que a massa do queijo fique firme o que devo fazer.

Resposta do Portal Cursos CPT

8 de jan. de 2013

Olá, Adson!

Ficamos felizes por sua visita e comentário em nosso site.

Vários fatores podem estar fazendo com que o queijo produzido não fique com a massa firme. Por isto, recomendamos que procure um técnico de latícinios para acompanhar toda a sua produção e lhe auxilie nos possíveis erros que estão acontecendo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!