WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Medicina natural: Babosa (Aloe spp.)

A Babosa propaga-se por rebentos (brotações que ocorrem na base da planta), que são plantados diretamente no campo. Espaçamento de plantio: 0,50 por 0,70 m.

A Babosa não deve ser ingerida por mulheres durante a menstruação e a gravidez

A Babosa propaga-se por rebentos (brotações que ocorrem na base da planta), que são plantados diretamente no campo. Espaçamento de plantio: 0,50 por 0,70 m. Colher as folhas adultas, antes da floração. Para extração da resina, deixar a planta pendurada com a base para baixo, por 1 a 2 dias.

- Parte utilizada: folhas.
- Indicações: queimaduras, ferimentos na pele, queda de cabelo, vulneraria e vermífuga.
- Modo de fazer: colocar pedaços da polpa (parte interna da folha) sobre a região afetada, 3 vezes ao dia.
- Modo de fazer utilizando-se o sumo: dependurar a folha fresca cortada na base, até escoar todo o sumo e usá-lo sob a forma de compressa. A polpa e o sumo deverão ser conservados na geladeira.
- Modo de fazer utilizando-se o suco: uso interno do suco fresco como anti-helmíntico.
- Cultivo: prefere ambiente seco e clima quente. Propaga-se por rebentos (brotações que ocorrem na base da planta), que são plantados diretamente no campo. Espaçamento de plantio: 0,50 por 0,70 m.
- Colheita e beneficiamento: colher as folhas adultas, antes da floração. Para extração da resina, deixar a planta pendurada com a base para baixo, por 1 a 2 dias; o sumo obtido deve ser seco ao sol e, depois, transformado em pó. O pó é empregado pela indústria cosmética.
- Toxicologia: não deve ser ingerida por mulheres durante a menstruação e a gravidez. Deve ser evitado o uso interno quando se tem hemorroidas. Não usar internamente em crianças.

Saiba mais sobre as plantas medicinais, acessando os seguintes tópicos:


Medicina natural: plantas medicinais que tratam e curam doenças comuns
Medicina natural: Alecrim
Medicina natural: Alfavacão
Medicina natural: Arruda
Medicina natural: Bálsamo
Medicina natural: Boldo Verdadeiro
Medicina natural: Calêndula
Medicina natural: Capim Cidreira
Medicina natural: Capuchinha
Medicina natural: Cavalinha
Medicina natural: Dente-de-Leão
Medicina natural: Erva Cidreira
Medicina natural: Funcho
Medicina natural: Guaco
Medicina natural: Hera Terrestre
Medicina natural: Hortelã
Medicina natural: Levante
Medicina natural: Malva
Medicina natural: Manjericão
Medicina natural: Melissa
Medicina natural: Mentrasto
Medicina natural: Mil-em-Rama
Medicina natural: Poejo
Medicina natural: Sabugueiro
Medicina natural: Sálvia
Medicina natural: Tomilho
Medicina natural: Transagem ou Tranchagem

Conheça os Cursos CPT da área Plantas Medicinais.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!